Sua Página
Fullscreen

Fenasucro trará soluções para transição energética global

Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

O Brasil desenvolve uma cadeia integrada e organizada para geração de energia limpa e sustentável. Prova dessa força e representatividade é que o setor bioenergético movimentou US$ 150 bilhões em 2022, segundo dados da Embrapa Agroenergia, que também prevê que a demanda por bioenergia deve triplicar nos próximos anos com a descarbonização, tornando-se pauta central para o mundo. Alinhada a este contexto, a 29ª edição da Fenasucro & Agrocana – que será realizada de 15 a 18 de agosto, no Centro de Eventos Zanini, em Sertãozinho/SP – tem a expectativa de superar os R$ 5,2 bilhões em negócios gerados no ano passado e seguir como vitrine para a apresentação de novas tecnologias e tendências para o setor.

Feira voltada à cadeia de bioenergia, nesta edição, a Fenasucro & Agrocana destacará a transição energética global com foco na sustentabilidade, biocombustíveis e energias limpas. Serão 70 mil metros quadrados de exposição com a presença de mais de 800 marcas, que apresentarão equipamentos, serviços, soluções, novas tecnologias e tendências para o setor.

“Vamos apontar as tendências em bioenergia e oferecer conteúdo técnico de qualidade. Hoje o Brasil é referência na produção de biocombustíveis, temos a maior produção do mundo, então todos os olhares estão voltados para nós e a Fenasucro & Agrocana é propulsora no lançamento de novas tecnologias”, ressalta o diretor da feira, Paulo Montabone.

Local de atualização profissional, relacionamento e geração de negócios para milhares de profissionais de usinas de açúcar, biocombustíveis, bioeletricidade e todos os demais elos desta cadeia produtiva, este ano o evento espera receber mais de 42 mil visitantes, vindos de todo o Brasil e de mais 47 países.

Os mais de três mil produtos de marcas nacionais e internacionais em exposição estarão espalhados por quatro macrossetores: bioenergia, agrícola, indústria e transporte e logística.

“Ao longo deste e dos próximos anos, a expectativa é de forte aquisição de produtos e equipamentos e um estruturamento de toda a cadeia bioenergética. Além disso, várias usinas que estavam ociosas, voltaram a moer em 2023 e há a previsão de construção de novas unidades, o que reflete positivamente na feira”, revela Montabone.

Leia ou ouça também:  Mindify auxilia a medicina com Inteligência Artificial

Sustentabilidade

Uma das novidades deste ano é o lançamento da Rota de Inovação Sustentável, que irá impulsionar e dar visibilidade, antes e durante o evento, aos expositores que apresentarem soluções e tecnologias focadas em sustentabilidade.

Os eventos de conteúdo também estão confirmados nos quatro dias de feira com mais de 100 horas de programação técnica e especializada para atender as demandas sobre geração de energia limpa, de sustentabilidade, eficiência produtiva e de gestão, entre outros temas, com a presença de renomados palestrantes e entidades do setor.

Presidente de honra

Neste ano a Fenasucro & Agrocana tem o executivo Evandro Gussi como presidente de honra. Gussi é CEO da UNICA (União das Indústrias de Cana-de-Açúcar), desde 2019, presidente do Conselho Consultivo da EPE (Empresa de Pesquisa Energética), advogado e foi deputado federal por São Paulo de 2015 a 2019, atuando como coordenador da Frente Parlamentar Mista do Biodiesel e membro da Frente Parlamentar da Agropecuária.

Quando parlamentar, foi autor do projeto de lei que deu origem à Política Nacional de Biocombustíveis, o RenovaBio, programa de incentivo pautado na previsibilidade e sustentabilidade ambiental, econômica e social.

Última atualização da matéria foi há 11 meses


Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Facebook Comments

Espaço Publicitário:
* * * * * * * * * *
Voltar ao Topo
Skip to content
Verified by MonsterInsights