Sua Página
Fullscreen

Espetáculo musical “Cadê o bicho que tava aqui?” chega ao Sesc Garagem no DF

Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

O Sesc Garagem 913 Sul recebe no próximo dia 3 de junho (sábado), o espetáculo musical Cadê o Bicho que Tava Aqui? – Vol III, nome do álbum homônimo do grupo Camerata Caipira, de Brasília (DF). A classificação é livre.

Este novo trabalho traz músicas que completam os dois álbuns anteriores. A pluralidade de ritmos da música brasileira é destaque, sempre com referências de aspectos da fauna do Cerrado.

A intenção do grupo com o novo formato cênico-musical é provocar a curiosidade no público infantil e adulto sobre a riqueza deste bioma brasileiro. “A diversidade da fauna do Cerrado é grandiosa, mas ainda pouco conhecida e valorizada, necessitando da ação respeitosa do ser humano para garantir sua sobrevivência”, destaca a cantora e arte-educadora Isabella Rovo, produtora da Camerata Caipira.

A proposta do espetáculo é envolver a plateia num mergulho sonoro, visual, musical e cênico, ao mesmo tempo em que faz um alerta sobre a importância da preservação de espécies, muitas delas sob ameaça de extinção. Seis novas músicas são apresentadas neste volume 3 de Cadê o bicho que tava aqui?. Três delas, compostas por Isabella Rovo: o samba “Não Cutuca o Tucano”, um samba que explora a repetição de fonemas e sílabas, estabelecendo efeitos sonoros como num trava-língua; “Maracaturga”, uma homenagem às tartarugas com toques do Maracatu de Baque Virado; e “RAPembolado”, que une a linguagem do cordel e do RAP, com participação especial de Gabriel Cabeça, rapper e filho de Isabella Rovo.

Em Abelha Cheia de Bossa, de Nelson Latif, cavaquinista e arranjador do Camerata Caipira, há um resgate da leveza da bossa nova, com influências do samba e do jazz. “Largatiú”, composição de Victor Batista, violeiro do grupo, e do poeta Manoelito Xavier, valoriza as características do lagarto Teiú (ou Tiú), e reafirma a guarânia, ritmo muito conhecido no Mato Grosso do Sul, Paraná e algumas cidades da região Sul. A canção que dá nome à coletânea (Cadê o Bicho que Tava Aqui?”) é assinada por Victor Batista e Manoelito, e apresenta a reunião de diversos bichos do cerrado como cutia, quati, sagui, carcará, e onça pintada, entre outros.

Além de Isabella Rovo, Victor Batista e Nelson Latif, formam o Camerata Caipira o percussionista Sandro Alves e o violonista Edson Arcanjo. O espetáculo tem direção de Andrea Jabor; coreógrafa, diretora de movimento e artista. “Optamos por uma criação que transporta o público à ambientação do bioma do cerrado. Para isso, exploramos recursos cenográficos, com máscaras e adereços feitos pelo artista visual e cenógrafo goiano Marcos Lotufo”, complementa Isabella.

Leia ou ouça também:  Plataforma voltada para nômades digitais tem 5 mil inscritos

Os dois álbuns anteriores de Cadê o bicho que tava aqui? foram lançados entre 2019 e 2021. O terceiro volume, em formato digital com apresentação pelas plataformas digitais, comemora os dez anos do grupo, em temporada aberta em julho de 2022. Além do Sesc Garagem, a agenda inclui nove apresentações exclusivas para estudantes do DF e em espaços culturais de Planaltina, Sobradinho, Ceilândia e Plano Piloto. O projeto conta com recursos do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal.

Canais do grupo:
Site: www.cameratacaipira.com.
Instagram: @cameratacaipira
Facebook: @cameratacaipiraoficial
YouTube: www.youtube.com/@CamerataCaipira

Serviço:
Espetáculo “Cadê o Bicho que Tava Aqui? – Vol III”, com Camerata Caipira
Data e horário: 3/6 (sábado) | 18h
Local: Sesc Garagem 913 Sul | Via W4 Sul Quadra 713/913, Brasília – DF
Telefone: (61) 3218-9146
Classificação etária: Livre, indicado para crianças de seis a 12 anos
Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia entrada) | disponíveis pelo Sympla 

Foto: Berinjela

Última atualização da matéria foi há 11 meses


Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Facebook Comments

Espaço Publicitário:
* * * * * * * * * *
Voltar ao Topo
Skip to content
Verified by MonsterInsights