Sua Página
Fullscreen

Importância de dados em Marketing digital é cada vez maior

Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Uma pesquisa realizada pela TOTVS em parceria com a H2R Pesquisas Avançadas apontou que apenas 5% das empresas acreditam fazer bom uso da inteligência de dados e quase metade (43%) das marcas não são capazes de captar, através de canais de comunicação e de venda online, padrões de consumo de seus clientes.

Neste mesmo estudo, porém, 33% dos entrevistados concordaram que a inteligência de dados é um dos principais desafios a serem trabalhados no meio corporativo nos próximos anos. Isso porque, com o chamado “data abundance”, volume de dados disponíveis cada vez maior, é de grande importância que empresas analisem de forma assertiva estas informações, de modo a obter melhores insights para o desenvolvimento do negócio.

“Se não tiver uma grande análise do funil de vendas, do site, das campanhas, o negócio já estará fadado ao fracasso. Na era do Marketing Digital os dados são mais que valiosos, são necessários”, afirma o fundador da agência de marketing digital Performister Group, Guilherme Freitas.

Em 2019, a pesquisa Maturidade do Marketing Digital e Vendas no Brasil já havia levantado a questão do despreparo das empresas para lidar, de forma específica, com dados em estratégias de marketing. Segundo o estudo, o percentual de empresas que não acreditavam na eficiência de suas estratégias online (32,5%) e das que não mensuravam suas ações de marketing digital (35%) estavam muito próximos. E apenas 4% dos empreendimentos tinham uma estrutura sólida de gestão de dados à época da pesquisa.

Para Guilherme Freitas, o Marketing Digital não existe sem as decisões tomadas a partir de análises de dados. “Somente com dados é possível entender o comportamento do usuário e analisar o funil de vendas, peças fundamentais para desenvolver campanhas assertivas para evolução de compras”, exemplifica.

Leia ou ouça também:  Óticas independentes se destacam no mercado

Análise de dados como estratégia de negócio

A utilização de dados para nortear a gestão empresarial é também conhecida como Inteligência de Negócios, ou Business Intelligence (BI, na sigla em inglês). Esta estratégia é composta, entre outras coisas, pelo desenvolvimento de Indicadores-Chave de Desempenho, ou Key Performance Indicators (KPIs, na sigla em inglês), e Dashboards, uma espécie de painéis para apresentar os indicadores e as métricas. O crescimento desta metodologia é exponencial, mostrando que uma empresa não pode tomar decisões sem dados.

“Com a experiência de mercado e Marketing Digital, ajudando empresas a desenvolver KPIs e Dashboards de acompanhamento, é possível afirmar que ou uma empresa utiliza os dados com eficiência ou ela está propensa a naufragar”, reforça Guilherme Freitas. 

Para saber mais, basta acessar: https://www.performister.com.br/

Última atualização da matéria foi há 10 meses


Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Facebook Comments

Espaço Publicitário:
* * * * * * * * * *
Voltar ao Topo
Skip to content
Verified by MonsterInsights