Sua Página
Fullscreen

Plataforma voltada para nômades digitais tem 5 mil inscritos

Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

O nomadismo digital é um estilo de vida adotado no mundo contemporâneo, no qual os indivíduos não têm um endereço fixo de trabalho. Graças às evoluções tecnológicas e ao cada vez mais amplo acesso da população à internet, que tornaram possível o trabalho remoto, diversas pessoas resolveram passar a realizar suas atividades profissionais enquanto viajam pelo mundo.

Segundo estimativa do Relatório Global de Tendências Migratórias 2022 da Fragomen, empresa global especializada em migração, cerca de 1 bilhão de pessoas serão nômades digitais até 2035.

Outro relatório, denominado “Trabalhando na estrada: as aspirações e a realidade para nômades digitais”, elaborado pela plataforma de negócios MBO Partners, apontou que, em 2022, o número de nômades digitais aumentou 9% em relação a 2021 e 131% em relação a 2019. As principais profissões exercidas por esse tipo de trabalhador são tecnologia da informação (21%), serviços criativos (12%); educação e formação (11%); vendas, marketing e relações públicas (9%); finanças e contabilidade (9%); e consultoria, coaching e pesquisa (8%). O que há em comum entre tais profissões é o fato de poderem ser exercidas remotamente usando ferramentas digitais e a internet.

Já de acordo com o Relatório Tendências de Imigração Q1 2022 – América Latina, da Fragomen, no período pós-pandemia, as políticas de trabalho híbrido adotadas pelas empresas e os programas de imigração de trabalho remoto promovidos por alguns países para atrair investimentos e ajudar na retomada da economia são fatores que têm favorecido o nomadismo digital. Em todo o mundo, há pelo menos 25 países que oferecem esse tipo de programa, entre eles Croácia, Grécia, Barbados, Costa Rica e Emirados Árabes Unidos.

Plataforma brasileira voltada para nômades digitais

No Brasil, a ferramenta de ensino Keep Nomad, que oferece treinamentos para nômades digitais, já possui mais de 5 mil alunos brasileiros ao redor do mundo. Igor Ivanowsky, CEO da Keep Nomad, afirma que ela foi criada em 2021 com a missão de acelerar o processo de nomadismo digital. “Nós recebemos diariamente mensagens de pessoas que largaram o emprego convencional e foram viajar pelo mundo graças ao conhecimento adquirido nos cursos”.

Leia ou ouça também:  Olho no Carro quer crescer 40% em 2023

Na Keep Nomad, estão disponíveis 17 cursos completos sobre modernas profissões do mercado digital, como design, webdesign, SEO, tráfego pago, inteligência artificial, social media, YouTube profissional e edição de vídeos. “São profissões com altíssima demanda, mas há poucos profissionais qualificados para exercê-las. Além disso, oferecemos cursos sobre como viajar o mundo de maneira transformadora, econômica e segura”, diz Ivanowsky.

Recentemente, a plataforma recebeu o prêmio “7 em 7”, oferecido pela metodologia de marketing digital e vendas na internet Fórmula de Lançamento, por ter faturado 7 dígitos – ou seja, R$ 1 milhão – em apenas 7 dias. “Ainda em 2023, esperamos faturar mais de R$ 8 milhões e alcançar o número de 7 mil alunos matriculados”, prevê o CEO.

Para saber mais, basta acessar www.keepnomad.com

Última atualização da matéria foi há 9 meses


Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Facebook Comments

Espaço Publicitário:
* * * * * * * * * *
Voltar ao Topo
Skip to content
Verified by MonsterInsights