Anúncios
Sua Página
Fullscreen

Mais de 1,4 mi de residências têm energia solar no Brasil

Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

O Brasil conta com cerca de 1,47 milhão de sistemas fotovoltaicos e 1,82 milhão de consumidores residenciais de energia solar. As informações são do Portal Solar e demonstram a evolução do segmento, que conta com mais da metade da capacidade instalada (19,85 GW) aplicada a domicílios. Ainda segundo o site, de abril de 2022 até o mesmo mês deste ano, 826 mil brasileiros aderiram ao sistema.

O Portal Solar informa, também, que a energia solar fotovoltaica corresponde a 11% da matriz elétrica brasileira, sendo a segunda maior fonte de energia do país. A projeção do veículo especializado é de que 2023 seja o melhor ano da história para o setor. O interesse crescente pode ser explicado pelos aumentos constantes na conta de luz, pelo baixo custo de manutenção e pela maior facilidade de aquisição do sistema.

Para Pedro Costa, diretor comercial da Iluminus Solar, empresa sediada no Distrito Federal, alguns fatores contribuem para as projeções otimistas: “esse mercado está em contínua expansão devido à geografia favorável e incentivos fiscais, que, somados à conscientização crescente sobre os benefícios ambientais e economia, indicam evolução nos próximos anos”, comenta.

Anúncios

Consumidor deve ter cautela

Nem todas as notícias são boas quando se trata da contratação de uma empresa de sistemas fotovoltaicos. As informações positivas a respeito do setor, principalmente a economia a médio e longo prazo, chamaram a atenção também de golpistas, que se aproveitam da boa-fé de potenciais consumidores interessados na tecnologia. Há denúncias em diversas regiões do país.

Pedro Costa alerta também para os perigos de contratar uma empresa sem credibilidade, certificações e tempo de mercado, o que pode acarretar grandes prejuízos ao consumidor: “consulte o histórico e referências da empresa antes mesmo de solicitar um orçamento. Procure por uma empresa que possua escritório físico e esteja no mercado há, pelo menos, 3 anos”, pondera.

“Dificilmente uma empresa pequena investe em infraestrutura, tanto física como organizacional. Evite preços extremamente baixos, pois podem caracterizar possível fraude, falência ou, até mesmo, empresa que trabalhe com material furtado”, complementa o diretor comercial da Iluminus.

Leia ou ouça também:  Digitalização na venda direta aproxima setor de empreendedores jovens

O Portal Solar recomenda, ainda, checar se os equipamentos da empresa são certificados pelo Inmetro e lembra que a durabilidade dos painéis é longa, com mais de 20 anos de vida útil. Desta forma, Costa reafirma a importância de vislumbrar, também, onde o cliente vê a empresa contratada em alguns anos.

Anúncios

Por fim, o especialista da Iluminus Solar aconselha: “a empresa deve entregar qualidade e segurança nos serviços e equipamentos, da aprovação do projeto, junto à concessionária, até a instalação e vistoria. Prazos e garantias devem estar em contrato”, conclui.

Sobre a Iluminus Solar

A empresa, localizada em Brasília, atua nas áreas de energia solar residencial, comercial, industrial e agrícola. Atualmente, comercializa cerca de 100 kits por mês e calcula que seus clientes já deixaram de emitir cerca de 79 toneladas de carbono, energia suficiente para manter 32 mil geladeiras ligadas.

Para mais informações, basta acessar: www.iluminus.solar

Última atualização da matéria foi há 12 meses

Anúncios

Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Facebook Comments

Espaço Publicitário:
Voltar ao Topo
Skip to content
Verified by MonsterInsights