Beerud Sheth: “Vamos começar a adquirir novas empresas”

 Beerud Shteh

O crescimento exponencial do uso de aplicativos de mensagem, no Brasil e no mundo, mudou para sempre a forma como as empresas se relacionam com seus clientes. E mesmo com o controle da pandemia e a volta à “normalidade”, este novo comportamento dos consumidores deve se acentuar. Foi com esta perspectiva que a Gupshup, líder indiana de mensageria com mais de 6 bilhões de interações/mês apenas na Índia, se tornou o mais novo unicórnio da internet ao receber um aporte de 100 milhões de dólares da Tiger Global Management, na segunda semana de abril, o que elevou seu valor de mercado a 1,4 bilhão de dólares. “O Brasil é um dos maiores mercados quando se fala em uso comercial dos aplicativos de mensagem. E este é um segmento que deve aumentar muito mais, pelas facilidades que oferece no relacionamento entre empresas e clientes. A Gupshup vinha atendendo clientes brasileiros em sua plataforma, que é self-service, por isso decidimos criar uma estrutura local, que também vai atender outros países da América Latina e do Sul.” explica Beerud Sheth, CEO e cofundador da companhia. A Gupshup é uma empresa de tecnologia que desenvolve soluções para que as empresas se relacionem com seus clientes por meio de aplicativos como WhatsApp e SMS, que são apenas o canal de contato. As caixas de diálogo, links e outras interações, são fornecidas por empresas de mensageria.

Quais os diferenciais da Gupshup em relação a seus competidores?

A Gupshup é líder global em mensagens de conversação. Seus diferenciais em relação aos seus concorrentes são a atuação com foco em mercados emergentes como Índia e Brasil, e a oferta de mais inovação, automação, infraestrutura, recursos e preço aos seus clientes.

Esses diferenciais são os princípios que guiam a companhia?

A missão da Gupshup é ajudar as empresas a envolver melhor seus clientes por meio de mensagens de conversação. Nosso princípio é expandir os limites da tecnologia de mensagens, desenvolver os recursos mais inovadores e distribuí-los por meio de uma infraestrutura automatizada.

Quais os conceitos empresariais que norteiam a empresa no mercado?

As empresas desejam se comunicar com seus clientes por meio de telefones celulares, porque é uma forma mais efetiva do que por meio de aplicativos ou sites. Pequenas e grandes empresas estão começando a administrar seus negócios por meio de canais de mensagens como o WhatsApp. Elas podem fazer ações de marketing, de comércio e de suporte por meio de mensagens.

Essas tendências estão presentes globalmente, além do mercado indiano?

Essas tendências são comuns em todo o mundo, especialmente em mercados como a Índia e o Brasil.

Por que a Gupshup decidiu investir no mercado brasileiro de mensagens, criando um ponto de atendimento local aqui no país?

O mercado brasileiro é um dos primeiros a adotar mensagens de conversação, com as empresas locais ou com operação no país oferecendo cada vez mais serviços por meio de mensagens. Por isso, é um mercado muito importante para a Gupshup.

Existem semelhanças entre os usuários brasileiros e os usuários indianos?

Trata-se de um ambiente muito semelhante ao mercado indiano, onde os clientes preferem usar mensagens em vez de sites, aplicativos e e-mails quando se comunicam com as empresas.

Qual é a inovação no serviço de mensagens que a Gupshup traz para os clientes e usuários brasileiros?

A Gupshup oferece uma plataforma automatizada que torna rápido e fácil para as empresas começarem a se comunicar com seus clientes por mensagem via telefone celular. A plataforma é muito robusta e estável, mesmo quando grandes volumes de informação são transacionados. Temos um programa de parceria para empresas de consultoria que é muito popular e oferecemos também muitas ferramentas para construir chatbots usando Inteligência Artificial.

Como o senhor avalia a utilização das soluções da Gupshup pelas empresas brasileiras?

Estamos muito felizes com o crescimento da Gupshup no Brasil, onde já temos uma grande carteira de empresas usando as soluções da Gupshup no país, junto às milhares em todo o mundo.

A procura tem sido grande?

Inicialmente, fomos procurados por causa da troca de informações diretamente entre as empresas – o famoso boca a boca – porque nossa reputação no mercado é muito forte, resultado da performance de nossa ótima plataforma, dos muitos recursos, bons serviços e preços competitivos que oferecemos.

O que mudou na empresa quando ela se tornou um unicórnio?

Muitas coisas mudam. A equipe está crescendo de tamanho rapidamente; estamos criando mais produtos, lançando-os com mais rapidez, fazendo mais marketing, adicionando mais vendedores e melhorando nossa plataforma. Também vamos começar a adquirir novas empresas. A única coisa que não muda é o nosso foco em mensagens de conversação.

Compartilhar:
Voltar ao Topo
Skip to content