Clemilda Thomé: “Posso afirmar que fui muito resiliente”

A empresária
Nascida em 1954, na cidade de Sapopema, interior do Paraná, filha de pais agricultores, Clemilda Thomé foi uma das primeiras empresárias no Brasil a se tornar bilionária ao vender sua empresa Neodent para uma multinacional suíça. Hoje, é uma das mulheres de negócios mais influentes do país. Participa ativamente da gestão de suas empresas, no Conselho de Administração da DSS Holding, mas, tem como seu maior legado, a promoção da educação, que ela acredita ser o maior agente das mudanças e desenvolvimento do país. Exatamente por esse foco, Clemilda, faz parte do Instituto Sou 1 Campeão que oferece cursos voltados para performance física, prosperidade financeira e equilíbrio emocional, ao lado do treinador comportamental Mamá Brito e do ídolo do MMA Rogério Minotouro. Um dos únicos institutos capacitados para oferecer esse tripé do conhecimento como o caminho completo e necessário para ajudar pessoas a executarem planos de vida e de negócios. “Por acreditar que a educação é a base para promover as mudanças e o desenvolvimento de um país, fundei em 2004, ao lado do meu ex-marido, o Instituto Latino Americano de Pesquisa e Ensino Odontológico (ILAPEO), centro de excelência em pesquisa e educação continuada, reconhecido internacionalmente e que em 2016 se transformou na Faculdade Ilapeo com a missão de oferecer formação pessoal, profissional e cidadã de excelência”, afirma.

Clemilda, o que ainda existe da menina que saiu da roça aos 10 anos na empresária bem-sucedida que se tornou?

Cresci em uma família muito humilde, muitos irmãos, poucas possibilidades. Minha família era pobre em termos financeiros, mas falo com orgulho que era milionária em educação, respeito e fé e tenho certeza de que tudo isso me transformou na pessoa que sou hoje. Mesmo em meio às dificuldades, tomei a inciativa de estudar e me dedicar em tudo que eu fazia, porque a vida não é para amadores, mas sim, para batalhadores.

A grande reviravolta da minha vida, começou muito cedo, ainda criança: aos 10 anos precisei sair da minha cidade para estudar, porque não tinha mais escolas na região. Comecei a trabalhar muito nova, ainda criança, mas tinha em mente que seria alguém de sucesso e tenho muita gratidão por ter me tornado uma das primeiras empreendedoras mais influentes do Brasil.

Nunca esqueci de onde vim, das minhas raízes e com certeza tudo o que vivi contribuiu para a formação do meu caráter e de quem sou hoje. Me lembro quando criança do meu pai dando lições que forjaram meus valores e a mulher que sou hoje. Honestidade, família, integridade, perseverança e resiliência são valores que trago daquela época, da menina de 10 anos que saiu da roça.

Nunca esqueça que você é único, especial e merece o melhor desta vida, valorize-se e dê valor também a quem sempre esteve ao seu lado na caminhada da vida.

Qual o papel da resiliência em sua vida?

O que você faz nas dificuldades? É normal encontrarmos adversidades ao longo da nossa jornada e mesmo que pareça pontos negativos e apenas dor, entendo que os desafios são essenciais para nosso crescimento pessoal.

Em Curitiba, no início da minha vida profissional, fiz de tudo um pouco, mas meu sonho era fazer medicina, porém, sem condições financeiras para tal, resolvi fazer instrumentação cirúrgica, para entender melhor a área. Apesar da paixão que crescia pela profissão, certa vez, durante uma cirurgia cardíaca que começou às 07 da manhã e terminou por volta das 17h, o médico-cirurgião me perguntou se gostei da experiência. Não só amei, como disse ao doutor que um dia gostaria de me tornar uma médica como ele. No entanto, o que não esperava é que o especialista, ao invés de me incentivar, fez pouco caso de meu sonho.

Disse que nunca conseguiria, afinal, eu era mulher e não tinha condições para chegar em tal patamar. Sugeriu que cursasse sociologia, psicologia, biologia, ou qualquer outro curso que não fosse medicina. Hoje, de certa forma, eu o agradeço, pois, não desisti e ressignifiquei meu sonho, cursando psicologia e mais tarde, odontologia. Entendi que o sucesso e a realização profissional ainda estariam por vir.

É a maneira como decidimos enfrentar qualquer dificuldade que fará a diferença e definirá se elas serão apenas sofrimentos ou oportunidades de aprender a evoluir. Por isso devemos ser resilientes, ter força e coragem para recomeçar, mudar os planos e ressignificar o que e quando for preciso.

Em quais momentos essa resiliência foi fundamental em seus negócios?

Nos cinco primeiros anos da Neodent. Tínhamos um projeto, mas não tínhamos recursos para investir em pessoal e maquinário. Mesmo assim, começamos e fomos buscar o recurso em instituições financeiras. A maioria negou, mas conseguimos convencer uma instituição e dar em garantia o único imóvel que tínhamos. Todo dinheiro que sobrava era reinvestido na Neodent e na nossa formação. No início da Neodent, senti a necessidade de cursar odontologia para melhor relacionamento com os profissionais da área. Conciliei filhos, a empresa e o estudo. Posso afirmar que fui muito resiliente.

Como conseguir a excelência em um negócio?

Primeiro de tudo, tenha objetivos claros e bem definidos. Abra um negócio, ou seja, empreenda para fazer a diferença, para contribuir de alguma forma para um mundo melhor. Esse foi meu pensamento quando comecei a empreender.

Estude, pesquise, se informe do negócio que pretende abrir, faça networking, converse com pessoas que já passaram por esse processo, tenha mentores para lhe orientar e não tenha medo. Tenha uma equipe com staff de excelência, pois, sozinhos não chegamos a lugar algum!

Esteja disposto a mudar o processo se necessário, pois, nem sempre tudo sai conforme o planejado, ou seja, tenha resiliência e paciência, pois, o sucesso, é a combinação de persistência e consistência.

E não esqueça: nada vence a disciplina de fazer a mesma coisa diariamente!

Qual a importância do networking para projetos bem-sucedidos?

A possibilidade de troca de conhecimento e experiência é enorme. Mas para isso, com humildade, devemos reconhecer a experiência do outro e com a nossa, buscar a inovação.

Quando você vendeu a Neodent para a suíça Straumann foi mais que uma vitória empresarial para você?

Sim. Já tínhamos recebido propostas de outras empresas, mas avaliamos e decidimos que a venda deveria ocorrer para uma empresa com a mesma filosofia da Neodent. E aconteceu. O grupo Straumann é líder mundial em Implantodontia e possibilitou à Neodent um crescimento muito rápido internacionalmente.

O que move a DSS Holding atualmente?

Assim como foi na Neodent e por continuar investindo nas áreas de saúde e educação, somos movidos pela transformação que podemos gerar na vida das pessoas. Como exemplo, posso citar nosso compromisso no Bee.o em utilizar produtos orgânicos e de produtores locais. Muitos desses produtores tiveram uma assessoria da nossa empresa para melhorar os seus produtos. E o resultado é para o consumidor: a certeza de que está consumindo um alimento sem agrotóxico e colaborando para a manutenção de sua saúde. Isso é incrível!

Enxergar oportunidades de negócios em áreas ainda inexploradas ou mesmo exploradas é algo instintivo?

Sim, mas a experiência ajuda muito.

Como a Holding tem passado por esse momento complexo que estamos inseridos?

Tivemos que nos adaptar, respeitando as determinações legais e procurando manter os empregos.

Uma das empresas da Holding é a Faculdade ILapeo. O que a educação representa para você?

A alfabetização é a base da educação, que por sua vez, é um direito de todos fundamentado pela Declaração Universal dos Direitos Humanos (DUDH). No entanto, infelizmente, o acesso ao ensino básico e principalmente de qualidade, ainda é uma realidade para poucos devido às desigualdades sociais.

Um país sem estudo é sinônimo de dificuldade para o acesso à saúde, à informação e ao mercado de trabalho. Não promover a educação, é tirar a chance de um indivíduo expressar sua opinião, exercer sua cidadania, além de colaborar para torná-lo vulnerável à manipulação.

Sempre incentivo o estudo constante aos meus colaboradores. Tenho vários exemplos de profissionais que se formaram com o apoio aos estudos pelas empresas do grupo, pois, eu sei o valor desse bem precioso e como ele é determinante para alcançar o sucesso. Eu mesma sou um exemplo disso. De que vale muito a pena estudar!

Por acreditar que a educação é a base para promover as mudanças e o desenvolvimento de um país, fundei em 2004, ao lado do meu ex-marido, o Instituto Latino Americano de Pesquisa e Ensino Odontológico (ILAPEO), centro de excelência em pesquisa e educação continuada, reconhecido internacionalmente e que em 2016 se transformou na Faculdade Ilapeo com a missão de oferecer formação pessoal, profissional e cidadã de excelência nos mais diversos níveis de ensino como especialização, mestrado e doutorado.

Atualmente, também faço parte do Instituto Sou 1 Campeão, ao lado do meu marido Mamá Brito – treinador comportamental, e Rogério Minotouro, que nasceu para ser uma ferramenta para quem busca por alta performance, com disciplina e dedicação. Modificar a vida de pessoas que procuram transformar dificuldades e diversidades em realização se tornou a minha missão.

Gostaria que falasse um pouco do Instituto Sou 1 Campeão.

O nosso Instituto foi criado a partir da ideia de ajudar as pessoas a terem suas vidas transformadas em todas as áreas de uma maneira sistêmica.

Nós desenvolvemos pessoas através de cursos voltados para a alta performance financeira, emocional e física. Cada um de nós 3, Eu Clemilda, Mamá Brito e Rogério Minotouro, somos especialistas e pessoas de sucesso, com uma vasta experiência de vida em nossas áreas de atuação a saber: Clemilda – empresária e empreendedora de sucesso; Mamá Brito – treinador comportamental dos campeões, que durante 15 anos preparou para vitórias muitos ídolos brasileiros das artes marciais como os irmãos Minotouro e Minotauro, Anderson Silva entre outros; Rogério Minotouro – o ídolo brasileiro de MMA e atleta de alta performance.

No Instituto, os alunos podem aprender sobre desempenho físico, prosperidade financeira e equilíbrio emocional, ou seja, um tripé do conhecimento como o caminho completo e necessário para executarem planos de vida e de negócios. Além disso, compartilhamos histórias reais de superação para motivar os alunos a investirem em si mesmos, afinal de contas, estudar no Brasil nem sempre é acessível, mas acreditamos piamente que nunca é tarde para alcançar os objetivos.

Nós todos somos merecedores do melhor dessa vida e é isso que queremos, ver as pessoas vivendo o seu melhor!

Compartilhar:
Voltar ao Topo
Skip to content