Cristiano Caldas, sócio e diretor comercial do Vacine-me: “A pandemia assume um papel importante e histórico”

O empreendedor

O isolamento social para combater a pandemia de coronavírus fez muitas pessoas optarem por serviços disponibilizados por telefone e pela internet para evitar ir à rua. Uma startup traz como solução para esse público um serviço até então inédito no Brasil, um marketplace de vacinas em domicílio usado através do aplicativo Vacine.me. Desenvolvido no Brasil, a inspiração foi um aplicativo de serviços de delivery de comidas. A proposta do Vacine.me é justamente oferecer aos usuários uma ferramenta que disponibilize todos os tipos, marcas e preços de vacinas, para que seus usuários possam comparar e agendar a aplicação com a clínica que melhor atender seus critérios de decisão, seja ele preço ou marca (os mais comuns), com total segurança e sem taxas no conforto de casa. De acordo com o Ministério da Saúde, em meio à pandemia de Covid-19, a procura por serviços de saúde diminuiu devido ao medo da população de contrair o coronavírus. Nesse contexto, manter o calendário de vacinas em dia tornou-se um desafio que vem sendo enfrentado com campanhas de conscientização sobre o tema. Pela primeira vez em quase 20 anos, o Brasil não atingiu a meta para nenhuma das principais vacinas indicadas a crianças de até um ano completo. “A ferramenta nasceu na hora certa porque devido ao isolamento social causado pela pandemia existe hoje uma grande demanda reprimida que poderá ser suprida pela rede de clínicas particulares presentes no aplicativo, que já conta com mais de 40 clínicas de vacinação”, diz Cristiano Caldas, sócio e diretor comercial da empresa.

Cristiano, como a ideia do Vacine.me se tornou real?

A inspiração foi o iFood. A proposta do Vacine.me é justamente oferecer aos usuários uma ferramenta que disponibilize todos os tipos, marcas e preços de vacinas, para que seus usuários possam comparar e agendar a aplicação na clínica que melhor atender seus critérios de decisão, seja ele preço ou marca, os mais comuns.

Quais os grandes diferenciais do aplicativo?

É o primeiro marketplace de vacinas totalmente desenvolvido no Brasil pela Simples Agência. Nele é possível consultar vacinas, marcas, preços, agendar aplicação em domicílio, criar carteiras de vacinação virtuais para o usuário e/ou dependentes.

É um aplicativo certo na hora certa em sua visão?

A pandemia assume um papel importante e histórico em toda a humanidade. Logo, a condição imposta por ela, trouxe mudanças importantes para toda humanidade. Diante do “novo normal”, as pessoas passaram a ter mais contato com tecnologia de forma a facilitar suas tarefas bancárias, compras, entre tantas outras atividades do dia a dia. O Vacine.me chegou no momento certo, pois, a cultura da população já está mais adaptada a usabilidade de aplicativos em todas as idades. Levamos conforto e principalmente segurança para nossos clientes onde quer que eles estejam.

Um dos pontos interessantes do aplicativo são as ferramentas. Quais dessas ferramentas você gostaria de destacar?

Uma ferramenta que gostaríamos de destacar é a carteira de vacinação virtual para o usuário e /ou dependentes. Nela podemos atribuir os papéis ou documentos que temos guardados há anos em nossas casas. Assim, o usuário e seus dependentes conseguem, em um click, identificar todo o histórico de vacinas.

É possível encontrar todas as vacinas no aplicativo?

Sim, como nossa rede de parceiros é bem variada, muitas vacinas podem ser encontradas através do app, sendo aplicadas em domicílio. Ele oferece imunização para todas as faixas etárias: gestantes, bebês, crianças, adolescentes, adultos e idosos. No Vacine.me você encontra vacinas contra Poliomielite, Difteria, Tétano, Coqueluche Meningite, HPV Bivalente, Meningocócica ACWY e B, Pneumocócica 13 e 23, Rotavírus, Gripe, Hepatite A e B, BCG, HPV, Sarampo, Cachumba, Rubéola, Catapora, Febre Amarela, Herpes Zóster, entre muitas outras que muitas pessoas nem sabem que existem, como é o caso da vacina contra dengue, por exemplo.

O aplicativo também tem um caráter educativo, afinal existem vacinas no app que muitos nem sabem que existem como bem disse…

Sim. Aliás, este sempre foi um dos propósitos do projeto. O Vacine.me já nasceu com este caráter educativo. A população ainda precisa de muito apoio, principalmente da iniciativa privada sobre a divulgação de campanhas e informes importantes sobre vacinas. Neste sentido, fazemos um trabalho recorrente nas redes sociais e também em nosso site (www.vacine.me) através de blogs criados por especialistas e com conteúdo muito rico de informações. Neste trabalho ajudamos a divulgar o Calendário Nacional de Vacinas, HPV – O que é? Outubro Rosa – Vacinas que evitam o câncer entre outras tantas matérias importantes, pois, entendemos ser fundamental na proposta do caráter educativo. O público tem gostado muito e respondido com atenção as matérias publicadas.

O Vacine.me também tem um blog. Esse blog servirá como um guia ou terá outros serviços complementares ao app?

Serve como um guia e busca enfatizar a importância da vacinação, vemos o quanto os números de cobertura vacinal vem caindo nos últimos anos e o quanto estamos em risco com isso. Para quem tem dúvidas sobre quais vacinas existem, ou como e quando tomar determinadas vacinas, o usuário pode consultar nos blogs uma série de informações e calendários de vacinação atualizados da rede pública e particular para todas as idades.

Esse aplicativo terá um caráter revolucionário pelo visto?

Sim. É um processo disruptivo, pois, quebra o curso normal de um processo. Antes as pessoas precisavam ir até às clínicas para realizar uma vacina. Hoje é possível receber a vacina em casa, com segurança, e ainda optar pelo melhor preço ou serviço.

A inovação o moldará?

Sim, certamente. O Vacine.me veio para ficar. A resposta está sendo muito positiva tanto para as clínicas como para o usuário final.

O aplicativo é gratuito?

Sim, 100% gratuito, tanto para as clínicas, como para os usuários. Para as clínicas é um processo muito importante na captação de novos clientes em diversas regiões do país, pois, não existem investimentos em tecnologia ou marketing para participar do programa. Para os usuários, também não tem custos. É só baixar e usar! O aplicativo está disponível através da Apple Store e Google Play.

Quais os pontos que serão fundamentais para a consolidação desse aplicativo e para o seu uso ininterrupto pós-Covid?

A facilidade do acesso às vacinas com segurança, pesquisa de preços e serviços, além de proporcionar melhor controle de vacinas diante da carteira virtual.

Compartilhar:
Voltar ao Topo
Ir para o conteúdo