Daniel Abbud: “Ser um agente Dryve é uma possibilidade”

 Daniel Abbud

Com expertise na compra e venda de carros online, a startup Dryve está revolucionando o mercado de automóveis usados, chegando a R$ 200 milhões de financiamentos processados, modalidade de parcelamento que é responsável por 72% das transações no aplicativo. Somado a isso, a gama de serviços oferecidos aos clientes – contratação de seguro, compra de garantia estendida e parcelamento de débitos veiculares – por meio dos mais de 2.300 agentes autorizados, faz da Dryve um super app de veículos. Desde o primeiro mês do ano, a startup cresce acima de 30% na receita mês sobre mês, reflexo do movimento de um mercado aquecido, já que segundo a Fenabrave – Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores – as unidades usadas negociadas no acumulado do ano ultrapassaram a marca de 10 milhões no mês de agosto, aumento de 48,2% em relação a 2020, sendo a maior alta desde 2004.

O crescimento do mercado ajudou, mas o sucesso das transações na Dryve se deve ao diferencial tecnológico da plataforma.

Com uma sofisticada combinação de algoritmos, o app proporciona velocidade e precisão na aprovação da melhor proposta de financiamento ao cliente, sugerindo a instituição financeira que mais se adequa ao momento econômico do comprador, com valores e taxas atraentes.

“Até então o que víamos eram vendedores e compradores espalhados por diversas plataformas sem conexão entre si e carentes de soluções e produtos agregados para complementar as transações”, explica Daniel Abbud, CEO e fundador da Dryve, fundada em 2019.

Ao lado dos sócios Pedro Gandra, Cesar Pizolato e Gustavo Almeida, que já somam experiências no mundo da inovação, os empreendedores já tinham trabalhado juntos na fintech de cashback Beblue, fundada por Abbud em 2016.

“Somos mais do que um catálogo de carros, somos o primeiro marketplace de serviços que dá suporte a toda vida útil do carro com serviços personalizados e que se adequam ao bolso e necessidade do consumidor”, comenta o executivo.

A startup, que comercializou mais de mil automóveis em 2019, espera encerrar 2021 com ao menos 12 mil vendas concretizadas e 5.000 agentes autorizados – que atuam como consultores independentes – em mais de 450 cidades do Brasil.

“Além de todo o suporte ao cliente na negociação de compra e venda, ser um agente Dryve é uma possibilidade de ser dono do próprio negócio de forma totalmente online, tanto para profissionais que já atuavam no segmento quanto para os que têm interesse em começar”, finaliza Abbud.

Sobre a Dryve:

A startup Dryve é um super app de compra e venda de carros, que reúne em um só lugar mais de 1,5 milhão de anúncios de automóveis usados de todas as plataformas do Brasil.

São mais de 2.300 agentes autorizados que prestam suporte aos clientes na negociação de compra e venda e na indicação de serviços que auxiliam no cuidado da vida útil de veículos seminovos e usados.

Esses profissionais são responsáveis pela oferta de serviços e pelo contato com o consumidor final.

Podem ainda vender o ativo, caso o freguês não queira executar a tarefa por conta própria.

Para utilizar o sistema, eles pagam uma mensalidade à empresa.

O potencial tecnológico de uma sofisticada combinação de algoritmos proporciona velocidade e precisão nas propostas de financiamento ao cliente, sugerindo a instituição financeira que mais se adequa ao momento econômico do comprador, com valores e taxas atraentes.

Até o momento, os sócios captaram cerca de R$ 10 milhões junto a fundos de equity e instituições financeiras.

No próximo ano, esperam fazer uma rodada com veículos de venture para aumentar a presença frente ao consumidor.

Em 2021, a expectativa é chegar a dezembro com um volume de financiamento entre R$300 milhões e R$400 milhões ao mês.

*Com participação da jornalista Analina Arouche.

Compartilhar:
Tags:
Voltar ao Topo
Skip to content