Dilson de Sá: “Entendemos a dor do consumidor”

Dilson de Sá

A Acordo Certo, empresa de renegociação de dívidas 100% online com foco no bem-estar financeiro do consumidor, realizou um levantamento interno para identificar o crescimento conquistado entre os anos de 2019 e 2020. Neste período, o número de acordos anuais da empresa saltou de 1,2 milhões para 4,2 milhões, um aumento de mais de 240%. A base de cadastrados também cresceu: foram 7,9 milhões em 2020, número 101% maior que os cadastros realizados em 2019. Ao todo, já são 15 milhões de brasileiros cadastrados em busca do nome positivo. O ganho em escala é inegável, para Dilson de Sá, CEO da Acordo Certo, o crescimento observado no último ano reforça o posicionamento da empresa, que une valores de uma abordagem sem assédios, empática e acolhedora, à escolha de parceiros estratégicos que venham de fato contribuir para a missão da empresa de se colocar ao lado do consumidor para tornar sua vida financeira mais saudável. “Em um cenário de pandemia, em que as finanças dos brasileiros foram diretamente afetadas, oferecer um produto totalmente online, seguro, rápido e desburocratizado é realmente uma vantagem. Somado ao trato humano que priorizamos, acumulamos mais de 17 milhões de clientes cadastrados, sendo que 7,9 milhões chegaram apenas no último ano”, explica o CEO. A Acordo Certo conseguiu recuperar mais de R$288 milhões em acordos de dívidas em atraso em 2020.

Dilson, qual o insight para a criação da Acordo Certo?

A primeira coisa que nos chamou a atenção foi o tamanho do mercado e o fato dele ser atendido por empresas tradicionais que tem um posicionamento totalmente voltado para o credor. Essas empresas acabam querendo recuperar o crédito a qualquer custo sem se preocupar com o bem-estar e experiência do consumidor. Além disso, necessitam de uma estrutura muito grande para operar, e acreditávamos que conseguiríamos fazer isso através da tecnologia, com uma plataforma escalável, usando a inteligência de dados para arbitrar a ineficiência desse modelo.

Em segundo lugar, nos preocupamos com a experiência que o consumidor tinha ao tentar renegociar suas dívidas. Acreditamos que ao invés do consumidor precisar ficar procurando sua dívida em diversos escritórios, poderia encontrar seus débitos em um único lugar. Com poucos cliques resolveria seu problema, no momento adequado, com total privacidade e com os melhores descontos.

Qual o grande diferencial da Acordo Certo em relação a outras empresas desse mercado?

Nosso principal diferencial no mercado é a preocupação com o consumidor. Queremos que ele sinta que estamos aqui para ajudá-lo a superar uma fase difícil de sua vida, e não para ameaçá-lo. Além disso, somos uma empresa muito baseada em tecnologia. Ela rege todo o nosso modelo de negócio e é com isso que conseguimos garantir essa experiência ao consumidor.

Como a inovação vem moldando o caminho da sua empresa até aqui?

Inovar significa desafiar o modelo atual que está funcionando. Dessa maneira, nem sempre é fácil convencer seu parceiro a aceitar novas ideias. Porém, desde o início tínhamos como premissa que se fosse para fazer igual a todo mundo era melhor não fazer. Ao longo do tempo alguns parceiros apostaram em nossas ideias, como, por exemplo (entregar a carteira toda para gente, algo que era impossível realizar até então em função da estrutura que existia nos escritórios de cobrança tradicionais), os resultados foram aparecendo e com ele a confiança em nosso trabalho. Nem sempre ideias novas funcionam, então o importante é testar pequeno, mas testar muito e quando algo parece promissor daí escalamos.

A Acordo Certo recuperou mais de 288 milhões de reais em acordos de dívidas em atraso no ano passado. O que foi fundamental para essa performance?

Primeiro, a adesão do consumidor na utilização dos canais digitais. É impressionante ver como consumidores de diferentes idades, classes sociais e níveis de instrução conseguem dominar os dispositivos eletrônicos. Nossa plataforma foi desenhada para que o consumidor tenha uma experiência muito fácil e rápida. Dessa forma, a adesão é muito rápida. Não tem muito sentido um consumidor ter que se deslocar fisicamente para ir a uma loja ou agência bancária para resolver seu problema se ele pode fazer isso sentado no sofá da sua casa.

Além desses números, quais outros apontam que o caminho da startup está bem arregimentado mesmo durante a pandemia?

Temos várias coisas que mostram que estamos indo bem mesmo com a pandemia. Primeiro, não paramos de crescer mês a mês. Segundo, o nível de satisfação do consumidor. Medimos o nível de satisfação do consumidor periodicamente e temos um NPS super alto (67), nossa avaliação no Google é 4,6, no Facebook é 5/5, isso significa que o consumidor está engajado e satisfeito com a plataforma. O índice de satisfação do credor também é positivo, eles gostam do nosso serviço. Além disso, a estrutura tecnológica que foi implementada é muito escalável e vem se provando a cada mês.

A aceleração digital trouxe vantagens para o seu negócio. Quais vantagens poderia destacar?

As principais vantagens que posso destacar são a mudança de postura do consumidor, ele acaba adotando o serviço digital e utilizando a plataforma, e a própria transformação da indústria para a digitalização, que favorece a nossa plataforma.

Essas vantagens seriam sentidas mesmo sem essa aceleração?

Elas iriam demorar mais tempo para serem percebidas, mas ainda assim aconteceriam.

Qual a importância da desburocratização para um negócio como esse?

O fato da gente conseguir centralizar todas as dívidas em um lugar só é um ponto fundamental para desburocratizar o processo. O consumidor consegue resolver seu problema em poucos cliques e isso faz toda a diferença para a sua experiência.

2020/2021 estão sendo os anos mais desafiadores para você como empreendedor?

Passei por desafios diferentes ao longo da jornada da Acordo Certo, os primeiros anos foram mais desafiadores. Tirar a empresa do chão é muito difícil, em 2017/2018 éramos só uma promessa, ninguém acreditava na gente, tínhamos pouco dinheiro em caixa e alguns loucos que acreditavam muito na ideia. Fazer isso acontecer foi muito desafiador. Agora os desafios também são enormes, mas são diferentes. A empresa foi adquirida pela Boa Vista, realizar a integração para extrair o máximo de sinergia desse novo cenário é o foco agora. O desafio é continuar crescendo e garantir uma boa experiência para o consumidor.

Como você traduziria o mote da Acordo Certo que é focar no bem-estar financeiro das pessoas?

Entendemos a dor do consumidor, então a pessoa que está inadimplente, está com problemas em casa, não está dormindo, tem problemas sociais, não tem crédito, sua vida está em um momento muito ruim. Tudo o que queremos ao ajudar o consumidor a resolver esse problema é ajudá-lo a sair dessa fase de sofrimento e ter bem-estar… é alívio, é não ter mais esse tipo de preocupação.

Quais os planos da fintech para 2021?

Os principais planos para este ano é fazer a integração com a Boa Vista o mais rápido e fluída possível, conseguir melhorar ainda mais a oferta de serviços para o consumidor e continuar crescendo de forma exponencial.

Compartilhar:
Voltar ao Topo
Skip to content