Sua Página
Fullscreen

Ítalo Matos lança marca de semijoias minimalistas

Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Acaba de chegar ao mercado a Radya, marca de acessórios femininos sofisticados do arquiteto Ítalo Matos. A marca já inicia com um portfólio de 105 diferentes itens e com uma coleção especial de lançamento chamada Kalia. São peças em formato de serpentes, banhadas a ouro e cravejadas à mão com micro cristais de zircônia. A palavra Radya vem de radiar, que significa resplandecer e emitir raios de luz. “Nosso desejo é estabelecer uma conexão com as nossas clientes, incentivando-as a serem sempre uma melhor versão de si mesmas”, destaca Ítalo, fundador da empresa. Em sua concepção, a Radya acredita que os acessórios vão muito além de um item para composição de um look. “Eles comunicam a nossa personalidade e estado de espírito. São capazes de transformar uma simples composição em uma explosão de beleza e criatividade”, resume. O paulistano Ítalo Matos é também diretor de arte especializado em clipes musicais. Em 2020, foi eleito o melhor na categoria Direção de Arte no Berlin Music Awards, pela direção do clipe Diaba, da cantora Urias. Desde 2017, ele já dirigiu a arte de clipes de artistas como Pabllo Vittar, Ludmilla, Simone e Simaria, Preta Gil, Duda Beat, Johnny Hooker, Lexa, Gloria Groove, Manu Gavassi, Luísa Sonza, Rouge, Lali (Argentina) e Laura Pausini (Itália). Ele ainda diz: “A ideia da marca surgiu quando me mudei para Salvador e decidi deixar o mercado em que trabalhava em São Paulo”.

Ítalo, o que o mundo da arquitetura e o mundo das semijoias têm em comum?

A arquitetura trabalha com o estilo de vida das pessoas, a cidade, a sua casa, os lugares de lazer, a arquitetura busca esse bem-estar do indivíduo perante suas vontades. Os acessórios e semijoias são formas de se expressar e evidenciar a nossa personalidade. É nesse mesmo lugar de expressão através da sua vivência que esses dois mundos se encontram.

Quando surge a primeira vontade de criar a Radya?

A ideia da marca surgiu quando me mudei para Salvador e decidi deixar o mercado em que trabalhava em São Paulo. O desejo de fazer algo onde eu possa ter controle sobre meu negócio e a abertura pessoal para viver essa transformação se somaram para a Radya nascer. A marca surge com o propósito de ajudar as pessoas a intensificarem seu brilho e radiarem luz própria. Essa atitude está totalmente ligada ao bem-estar e ao autocuidado que tento preservar na minha vida e o que desejo para as outras pessoas.

O que a Radya espera do mercado em que está se inserindo?

A Radya abraça o Brasil e a diversidade, com peças selecionadas para despertar a vontade de se sentir bem. A marca traz um diferencial em trazer glamour, sofisticação e pontos de luz para o dia a dia das pessoas e busca alcançar aqueles que se identificam com esse ideal.

Quais são os pilares que você está trazendo para a Radya?

Intensificar seu brilho próprio. Essa é a principal característica da marca, que busca ter uma atitude real, inclusiva e cativante em tudo que faz. A ideia é que os acessórios sejam um complemento pró bem-estar e autoestima dos consumidores. Essa é a base da Radya.

Leia ou ouça também:  A inspiração de Margot Takeda da A10- Ideias

Qual a importância das observações externas para criação desses pilares?

Os pilares da Radya expressam o que eu gostaria de ver em marcas que consumimos no dia a dia. Considero que certos fundamentos são características básicas que todo negócio deveria ter, como confiabilidade, segurança e atitude resolutiva. Se as pessoas que tiverem contato com a Radya a enxergarem dessa forma, estarei satisfeito.

Como você espera criar a conexão necessária com os seus clientes?

A Radya se coloca em primeira pessoa, ela está aqui pra ser sua parceira nesse momento de escolha em que a ideia é se presentear ou presentear alguém que você ama. Nosso cuidado desde o atendimento até a embalagem final, tem um tato mais humanizado e, depois de tudo que passamos nesses últimos anos, nada mais feliz do que receber esse carinho.

Você também é diretor de arte. Qual a importância da visão do artista em um projeto como este?

Diria que o olhar artístico é fundamental para a estética e escolha das peças. Essa expertise ajudou a criar uma identidade para marca e está presente em todo contato que o cliente vai ter com a Radya.

A criatividade tem um papel fundamental nessa visão?

Na minha opinião é uma parte importante, mas o fundamental é entender o que os clientes querem, o que desperta o desejo e qual é o perfil de quem compra.

Qual seria o grande carro-chefe da marca?

Acreditamos muito nas peças banhadas a ouro 18K, como a gargantilha e o bracelete Radya que levam o nome da marca. São peças minimalistas, cheias de atitude e brilho.

Por que essas peças têm tanta importância ao ponto de serem o carro-chefe do seu negócio?

São peças minimalistas, mas com forte personalidade. Elas ajudam a desenhar e compor um look super bem, seja qual for a ocasião.

O que vislumbra para o futuro da Radya?

Meu grande desejo é termos lojas físicas, onde possamos trazer toda essa experiência que a Radya proporciona, para o contato físico com as pessoas.

Última atualização da matéria foi há 1 ano


Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Facebook Comments

Espaço Publicitário:
* * * * * * * * * *
Voltar ao Topo
Skip to content
Verified by MonsterInsights