Jean Malaquias: “Temos uma equipe muito engajada”

 Jean Malaquias

O PouPay+ é o aplicativo número um de finanças para mulheres no Brasil. Por meio da tecnologia, o app consegue prever os gastos futuros das mulheres brasileiras, fazendo-as economizar até 30% ao ano. Ainda em fase de desenvolvimento, o app disponibiliza a 1ª Jornada da Independência Financeira para Mulheres, com diversos conteúdos sobre educação financeira exclusivo para elas. Interassados podem baixar no Apple Store e Play Store. O serviço, focado principalmente nas classes C e D, tem a função de ser um assistente virtual diário para a mulher. A primeira versão do aplicativo foi lançada em maio, seguindo os preceitos da cartilha do “blitzscaling”, conjunto de técnicas para aumentar a escala a um ritmo vertiginoso. “Na PouPay, não somos apenas um aplicativo, somos um ecossistema com várias linhas de frente para ajudar e dar suporte às mulheres. Começando com o aplicativo que auxilia as mulheres no dia a dia na tomada de decisões financeiras, proporcionando a elas um maior controle sobre as finanças, sem a famosa “emergência”. Além disso, temos também a parte de concessão de crédito, onde através de bancos, iremos disponibilizar créditos bancários a essas mulheres. E para aquelas que estão fora do mercado por algum motivo, e querem retornar ao trabalho, temos a parte de jobs, onde iremos ligar essas mulheres às empresas”, afirma Jean Malaquias, engenheiro de Inteligência Artificial, sócio e CTO da PouPay+.

Jean, qual foi o seu insight para a criação da PouPay+?

Na criação da PouPay+, um dos principais insights, foi a dificuldade das mulheres ao meu redor (mãe, irmãs, sogra e esposa) em lidarem com softwares e aplicativos de gestão financeira, ou mesmo não terem um desses para suporte, pois, achavam muito complexo administrar uma ferramenta dessas.

Quais os grandes diferenciais da fintech?

Na PouPay+, não somos apenas um aplicativo, somos um ecossistema com várias linhas de frente para ajudar e dar suporte às mulheres. Começando com o aplicativo que auxilia as mulheres no dia a dia na tomada de decisões financeiras, proporcionando a elas um maior controle sobre as finanças, sem a famosa “emergência”. Além disso, temos também a parte de concessão de crédito, onde através de bancos, iremos disponibilizar créditos bancários a essas mulheres. E para aquelas que estão fora do mercado por algum motivo, e querem retornar ao trabalho, temos a parte de jobs, onde iremos ligar essas mulheres às empresas.

E seus pilares?

Inovação, paixão por realizar e probidade.

Quais os maiores erros das mulheres na hora de fazer a gestão de suas finanças?

Não se programarem. Muitas vezes, por não haver uma programação para o pagamento das despesas, as mulheres se perdem financeiramente, principalmente com despesas variáveis ou gastos inesperados. Compram por impulso. Ainda que se programem, compras desnecessárias impedem que as mulheres consigam direcionar suas receitas para despesas realmente necessárias ou até mesmo aplicar em poupança e outras categorias de fundos de investimentos.

O que é crucial na hora de ser um facilitador para o público feminino?

Entender a realidade das mulheres que têm rotinas duplas, triplas. Muitas são mães, estudantes, donas de casa, trabalham fora, tudo ao mesmo tempo.

Como a IA está integrada na plataforma?

Através do monitoramento de gastos. A IA irá atuar no mapeamento comportamental, buscando padrões financeiros, podendo assim, auxiliar essas mulheres com recomendações focadas em seus problemas com gastos.

A previsão dos gastos futuros das mulheres é um dos pontos interessantes da plataforma. Como isso é feito?

Dentro da Inteligência Artificial, existe um modelo de algoritmo chamado de Prediction (Previsão), onde conforme um certo volume de dados, e possível avaliar e mapear a previsão futura de gastos, com base em gastos anteriores, e é assim que iremos atuar na parte de previsão futura.

Como será o modelo de negócio da plataforma?

O aplicativo PouPay+ será 100% gratuito para todas as mulheres do Brasil, que buscam melhorar a saúde financeira e até mesmo ter aquela paz no final do dia, sem o sentimento de que tem algo pendente. Por outro lado, nosso modelo de negócio será 100% B2B, através de instituições financeiras.

A empresa já pensa em outros mercados além do Brasil?

Alguns meses atrás, iniciamos estudos no México, para avaliarmos a similaridade do público mexicano com o brasileiro, e vimos ter muita similaridade. Então, resolvemos trazer uma Head de Operações para o México, que irá cuidar de toda essa expansão.

Quais os maiores obstáculos que devem ser removidos para que isso venha ocorrer?

O principal obstáculo é a resistência das mulheres em mudar a forma de pensar quando o assunto diz respeito a dinheiro, palavra que até poucos anos atrás era utilizada apenas por homens, ou seja, o obstáculo é cultural.

Como vislumbra o futuro da PouPay+?

Estamos comprometidos e trabalhando 24h por dia, e 7 dias por semana na PouPay. Temos uma equipe muito engajada e que comprou a causa. Miramos em ser o app número 1 do Brasil em finanças pessoais para mulheres até dezembro de 2022.

Compartilhar:
Voltar ao Topo
Skip to content