Jessé Silva: “Temos a expectativa de dobrar nossas instalações”

Jessé Silva

Após dois anos de desentendimentos, enfim, os empresários do segmento de energia solar e os consumidores têm algo a celebrar, afinal, a Câmara dos Deputados aprovou o texto do Projeto de Lei nº 5.829/2019. Agora, o documento, que introduz o novo marco legal da geração de energia fotovoltaica descentralizada, precisa da aprovação do Senado e, depois, da sanção do Executivo Nacional para ser colocado em prática. Contudo, essa primeira conquista é de acentuado mérito, uma vez que preconiza um aumento de segurança jurídica para os investidores nacionais e internacionais. E quanto mais investimentos, mais produção, o que resulta no declínio de preço na conta de energia para pessoas físicas e jurídicas e maior oferta de equipamentos solares. A Entec Solar, empresa de Curitiba que desenvolve tecnologia para energia fotovoltaica, confirma o percentual e diz que 85% de suas vendas são realizadas através de parceria com os bancos BV, Santander e Losango, bem como com as cooperativas ViaCred, Sicred e Coop Fácil. “Oferecemos a possibilidade de financiamento porque sabemos que o investimento necessário para a instalação de um sistema de energia fotovoltaica, tanto na casa quanto na empresa do interessado, é relativamente alto. No entanto, o processo fica bem mais acessível quando há um incentivo, em que as pessoas podem pagar por esse investimento aos poucos, com parcelas adequadas para cada tipo de bolso e situação”, diz Jessé Jaelson da Silva, sócio e diretor da Entec Solar.

Jessé, como Entec se encontra em seu mercado de atuação?

Em crescimento constante, tanto no faturamento como também em obras instaladas, e previsões maravilhosas.

Quais os grandes desafios encontrados diariamente pela Entec nesse setor?

Taxas e juros melhores no financiamento e também aprovação de crédito facilitado, pois, todos os meses deixamos milhões de reais na mesa por falta de crédito.

Como funciona os créditos de um sistema de energia solar fotovoltaico?

Taxas de 1.8 a 2.2% ao mês, carência em até 120 dias pra começar a pagar e parcelamento em até 94 vezes.

Quem está liderando o uso desse tipo de sistema?

A concessionária de energia local.

Quantas empresas usam esse tipo de sistema atualmente?

Toda empresa que utiliza energia elétrica, ou seja, todas.

Como a tecnologia está ajudando este mercado?

Quando inicia a potência dos módulos era 70W, hoje se tem 545W e não para de crescer.

A resistência à venda virtual ainda existe na indústria solar?

Sim, porém, tem melhorado a cada dia… pois, a Entec dobrou sua venda pela internet.

Durante a pandemia aumentou a procura por sistemas de geração solar?

Sim, principalmente as residências, pois, as pessoas ficaram mais em casa, também para trabalhar.

A Entec alcançou as suas expectativas em 2021?

Sim… fomos além… a cada mês quebrando todos recordes.

Quais as perspectivas para 2022?

Temos a expectativa de dobrar nossas instalações e faturamento, porém, não tenho dúvidas que será muito, além disso.

Compartilhar:
Tags:
Voltar ao Topo
Skip to content