Anúncios
Sua Página
Fullscreen

Olho no Carro quer crescer 40% em 2023

Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

A decisão de compra de um veículo só é tomada após a análise de diversas variáveis – como o seu valor, o custo do seguro, a manutenção, entre outros. Quando esse veículo é seminovo ou usado, outros componentes são acrescentados, como se a documentação está em dia, histórico de roubo ou furto, se o modelo já passou por recall e se já bateu, por exemplo. Para uma pessoa física, essa verificação era uma tarefa quase impossível. Mas tudo mudou a partir de 2017. Com a chegada ao mercado da Olho no Carro, maior plataforma de consulta veicular para pessoas físicas do país com foco na garantia da transparência e segurança nas transações de compra e venda de carros seminovos, tudo ficou bem mais fácil. Fundada há seis anos, com um investimento de R$150 mil, hoje a empresa é líder do segmento e possui um valuation estimado em US$25 milhões. Com um crescimento de 2.600% nos últimos cinco anos, a Olho no Carro espera crescer 40% em 2023. “Nós vamos além da consulta padrão, dezenas de itens são verificados. Na consulta completa, também é possível ver o valor das peças mais substituídas do modelo pesquisado. Ao realizar a consulta, o cliente também tem acesso à aceitação do veículo por seguradoras, riscos de comercialização, histórico das principais falhas de cada modelo e opinião de outros donos”, afirma Yago Almeida, fundador da plataforma.

Yago, qual foi a motivação para fundar a Olho no Carro e como a plataforma evoluiu ao longo dos anos?

A Olho no Carro foi fundada em 2017, por mim e pela Bárbara Siqueira, com o objetivo de oferecer serviços de consulta veicular online para que, assim, as transições de compra e venda de carros seminovos e usados fossem não só mais transparentes, como mais seguras também. O que nos motivou a fundar a Olho no Carro foi a percepção de que havia um déficit de informações sobre veículos seminovos e usados para os consumidores finais, ou seja, para os próprios clientes que estavam interessados nos carros, mas que muitas vezes não tinham acesso ao histórico de problemas dos veículos. A Olho no Carro está sempre buscando novas soluções tecnológicas. Nos últimos anos, além de lançarmos a versão em aplicativo, também crescemos a quantidade de itens que a plataforma oferece e avalia.

Anúncios

Que tipos de informações exclusivas a Olho no Carro oferece aos usuários para auxiliar na decisão de compra de um carro usado?

Ao todo, são mais de 20 itens verificados pela plataforma. Informações como se o carro já passou por leilão ou foi roubado, histórico de batidas e de quilometragem, se há alguma dívida relacionada a financiamento ou multas, número de Renavam, dados cadastrais nacionais e estaduais.

Quais são os principais diferenciais da Olho no Carro em comparação com outras plataformas de consulta veicular?

Nós vamos além da consulta padrão, dezenas de itens são verificados. Na consulta completa, também é possível ver o valor das peças mais substituídas do modelo pesquisado. Ao realizar a consulta, o cliente também tem acesso à aceitação do veículo por seguradoras, riscos de comercialização, histórico das principais falhas de cada modelo e opinião de outros donos.

Por que a transparência e a segurança nas transações de compra e venda de carros seminovos são tão importantes para a Olho no Carro?

Anúncios

Apesar de oferecer algumas informações gratuitamente, cerca de 85% do público que acessa o site busca a consulta completa que custa R$64,90. Ao adquirir um automóvel seminovo, a pessoa física buscava uma forma de obter informações seguras, que fossem além do débito de multas e pagamento de taxas, como o IPVA. Por esse motivo, a Olho no Carro rapidamente se estabeleceu como líder do segmento, ganhando a confiança dos clientes.

Quais foram os resultados significativos alcançados pela Olho no Carro até o momento?

Nos últimos cinco anos, a Olho no Carro teve um crescimento de 2.600%, se tornando a maior plataforma de consulta veicular para pessoas físicas do país. Com um investimento inicial de R$150 mil, hoje a empresa possui um valuation estimado de 25 milhões de dólares e atende mais de 400.000 pessoas por mês.

Leia ou ouça também:  Marcelo Menta avalia o potencial da nuvem

Como a Olho no Carro utiliza a tecnologia para oferecer informações precisas e atualizadas sobre veículos usados?

Nossos sistemas e aplicações orquestram dezenas de integrações com diversos fornecedores de dados veiculares, online e offline. Realizamos o tratamento, higienização, validação e melhoramos a legibilidade do dado criando um relatório simples e intuitivo para os nossos clientes.

Quais são os critérios de seleção e obtenção das informações presentes na plataforma da Olho no Carro?

Anúncios

Qualidade e veracidade. Dentro desses pilares, levamos em consideração à acurácia, riqueza de detalhes, legibilidade, não defasagem (o dado precisa estar o mais atualizado possível), confiabilidade e consistência dos dados que entregamos para os nossos clientes.

Por que os clientes da Olho no Carro têm preferido consultar as informações completas, mesmo havendo algumas disponíveis gratuitamente?

Atualmente, 85% dos relatórios vendidos pela Olho no Carro são os que oferecem informações completas. Como a compra de um carro demanda um investimento financeiro alto, a maioria dos clientes prefere pagar R$64,90 para ter o serviço completo, uma vez que ele dá ainda mais segurança na hora da compra.

Quais são as principais preocupações dos clientes ao comprar um carro seminovo e como a Olho no Carro ajuda a abordar essas preocupações?

Os cinco fatores que mais levam clientes a desistirem de uma compra são a passagem do veículo por leilões, batidas, fraudes ou adulterações, históricos negativos (como roubos ou a quantidade de donos anteriores) e o custo de manutenções e peças. Todos estes fatores são analisados pela Olho no Carro.

Como vocês planejam alcançar a meta de ter 60% de usuárias mulheres utilizando a plataforma nos próximos anos?

A nossa ideia é investir cada vez mais em ações de marketing voltadas para o público feminino e tentar quebrar um pouco aquele estereótipo de que os carros são um assunto mais masculino.

Qual é a visão da Olho no Carro para o futuro do mercado de carros usados e qual é o papel da empresa nesse cenário?

O aumento constante do custo para a aquisição de veículos zero quilômetros, com certeza, é um dos fatores que mais influência e faz crescer o mercado de carros seminovos e usados no país. Se o preço dos carros zero quilômetros continuar na crescente que temos visto nos últimos anos, certamente o mercado de usados continuará ganhando força. Nesse cenário, o papel da Olho no Carro é garantir que seus clientes possam comprar carros seminovos e usados com mais segurança, diminuindo consideravelmente a chance de terem surpresas desagradáveis ou dores de cabeça no futuro.

Anúncios

Última atualização da matéria foi há 1 ano


Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Facebook Comments

Espaço Publicitário:
Voltar ao Topo
Skip to content
Verified by MonsterInsights