Sua Página
Fullscreen

Parceria impulsiona a tecnologia geoespacial

Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

No fechamento do ano passado, o Governo Federal brasileiro estabeleceu uma aliança estratégica com a Imagem Geosistemas, distribuidora oficial e exclusiva do ArcGIS da Esri. Essa parceria, intermediada pela Secretaria de Governo Digital (SGD), visa proporcionar descontos significativos em soluções de geotecnologia para mais de 250 órgãos públicos das áreas ambiental, social e de segurança pública. O acordo representa uma iniciativa visionária para impulsionar investimentos em análises emergenciais e preventivas no ano de 2024.

Padronização e redução de custos na administração pública

A iniciativa da SGD, vinculada ao Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos, tem como foco padronizar as contratações de tecnologia geoespacial pelo Sistema de Administração dos Recursos de Tecnologia da Informação (SISP) do Poder Executivo federal. O desconto, que pode chegar a 50% do teto máximo gasto pelo governo em contratos futuros, tem o intuito de promover a autonomia de cada órgão na seleção de produtos que melhor atendam às suas necessidades. Essa estratégia, segundo Luiz Vargas, Diretor de Marketing Produtos e Verticais da Imagem Geosistemas, simplifica e agiliza o processo de implementação das tecnologias e sistemas.

Desdobramentos estratégicos da parceria para os órgãos públicos

Além da redução de custos na aquisição da “família” de softwares ArcGIS, a parceria entre o Governo Federal e a ESRI/Imagem Geosistemas permite a padronização de soluções tecnológicas. Isso não apenas simplifica a burocracia, mas também acelera a implementação de tecnologias e sistemas, proporcionando maior eficiência e eficácia na execução de políticas públicas. Vargas destaca que esse alinhamento estratégico pretende primordial ampliar a oferta de soluções de geoprocessamento, sensoriamento remoto, mapeamento e análise de informações espaciais para melhorar a gestão pública, especialmente nas áreas ambientais e sociais.

O valor estratégico do mapeamento geográfico para o desenvolvimento do Brasil

Em uma análise mais profunda, Luiz Vargas, Diretor de Marketing Produtos e Verticais da Imagem Geosistemas, ressalta a importância do estudo geográfico para o desenvolvimento de políticas públicas no Brasil. Ele destaca que mapear a localização de ativos, como malha rodoviária, hospitais e escolas, juntamente com informações sobre condições climáticas, é essencial para uma discussão informada sobre o desenvolvimento do país. A disponibilidade de ferramentas tecnológicas de análise de informações espaciais direcionadas à gestão pública é crucial para enfrentar os desafios da diversidade do Brasil.

A ESRI como referência global em tecnologia geoespacial

A Secretaria de Governo Digital identificou a ESRI como uma referência mundial em tecnologia geoespacial, ocupando a 6ª posição como maior fornecedora de software para os órgãos do SISP. Essa posição destaca a importância do GIS (Sistema de Informação Geográfica) na esfera pública brasileira. Para Vargas, esse acordo representa uma oportunidade significativa para os órgãos públicos adquirirem novos licenciamentos ou modernizarem sistemas já existentes, contribuindo para a atualização e aprimoramento das capacidades tecnológicas do setor público.

Transformação digital e incentivo aos investimentos públicos

Iniciativas como o acordo firmado entre o Governo Federal e a Imagem Geosistemas, que possibilita investimentos mais acessíveis em tecnologia geoespacial, são cruciais para a transformação digital do país. Luiz Vargas enfatiza que essa ação não apenas reduz os custos, mas também incentiva a ampliação dos investimentos públicos em tecnologias para análises emergenciais e preventivas em diversos setores. Diante das dificuldades econômicas do orçamento público, essa parceria estratégica emerge como uma solução inovadora para impulsionar a modernização e eficiência do setor público brasileiro no ano de 2024.

Um passo significativo para o avanço tecnológico nacional

O acordo entre o Governo Federal e a Imagem Geosistemas representa um passo significativo para o avanço tecnológico no setor público brasileiro. A parceria não apenas promove a disponibilidade de soluções de geotecnologia a preços mais acessíveis, mas também simplifica processos e estimula investimentos em análises emergenciais e preventivas. Luiz Vargas destaca a importância de integrar tecnologias de análise de informações espaciais na gestão pública, ressaltando que essa iniciativa contribuirá para a construção de políticas públicas mais informadas e eficazes. Com a transformação digital em foco, o Brasil se posiciona para enfrentar os desafios do século XXI, utilizando a tecnologia geoespacial como uma ferramenta fundamental para impulsionar o desenvolvimento sustentável.

Última atualização da matéria foi há 1 mês


Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Facebook Comments

Espaço Publicitário:
* * * * * * * * * *
Voltar ao Topo
Skip to content