Pedro Ripper: “A M4U vai fortalecer nossa posição”

 Pedro Ripper

A Bemobi (BMOB3), pioneira na distribuição e monetização de apps, jogos e serviços digitais móveis, anuncia nesta sexta-feira, dia 13, sua primeira aquisição após uma bem sucedida abertura de capital na bolsa de valores brasileira, a B3, em que levantou mais de R$ 1,1 bilhão, com o objetivo de viabilizar sua estratégia de crescimento inorgânico, por meio de aquisições, que possuam sinergia com seu modelo já estabelecido de distribuição e cobrança, acelerando assim de forma significativa seu crescimento.

A M4U é uma empresa de tecnologia que desenvolve e opera plataformas de meios de pagamento para vendas digitais de recarga de celulares pré-pagos, e na gestão de faturamento e cobrança de planos de telefonia móvel.

Sua principal solução é uma plataforma digital de pagamentos fim-a-fim que é utilizada no modelo “white label” por todas as principais operadoras do Brasil. Esta plataforma permite que os usuários comprem suas recargas e paguem seus planos, em diversos canais digitais, através de cartão de crédito, débito, PIX entre outras opções de pagamentos eletrônicos de forma segura e simples.

A M4U tem uma posição de liderança como principal e maior provedor de soluções de tecnologia de pagamento para operadoras de Telecom no País. Em 2020 sua plataforma gerenciou um volume de pagamentos (TPV) de mais de R$ 6 bilhões.

“É com grande satisfação que comunicamos ao mercado nossa primeira aquisição após nossa abertura de capital. A M4U vai fortalecer nossa posição no segmento de microfinanças em que já atuamos por meio de diversas modalidades de ofertas. Irá trazer também novas competências e mais que dobrará nosso time de tecnologia, com forte know-how na área de meios de pagamentos que irá viabilizar as nossas ofertas e acelerar a democratização do consumo de serviços digitais nos mercados emergentes em que atuamos”, afirma Pedro Ripper, cofundador e CEO da Bemobi.

Com mais de 60 milhões de clientes ao redor do mundo, a Bemobi é reconhecida como a Netflix dos apps e games mobile. Nascida no Brasil, em 2009, a empresa é pioneira na oferta de milhares de aplicativos e jogos, de parceiros, como Disney, Viacom, Rovio e Ubisoft, sem anúncios e com todas as funcionalidades liberadas, em troca de uma assinatura acessível.

O inovador modelo de negócios, com distribuição B2B2C, possui sólida aderência à realidade de grande parte da população brasileira e de outros países emergentes de perfil semelhante. Os mais de 200 parceiros, incluindo distribuidores e desenvolvedores de apps e jogos, por outro lado, capturam valor através de uma fonte nova e incremental de receita, complementar ao tradicional modelo de compra avulsa nas lojas de aplicativos de celulares.

Utilizando Inteligência Artificial e Machine Learning, por meio da sua plataforma proprietária de distribuição digital (Loop), a Bemobi acompanha a rotina de consumo de milhões de usuários de telefonia móvel, em parceria com algumas das maiores operadoras do mundo, como Claro, Vodafone, Vivo, Tim, Movistar e Oi, para compreender sua jornada e transformar pontos de fricção em canais digitais para levar ofertas relevantes ao contexto de cada usuário de celular no momento certo, no canal mais adequado e a um preço acessível.

A aquisição da M4U amplia e complementa as opções de serviços de microfinanças oferecidas pela Bemobi no Brasil e cria oportunidades de intensificar o processo de consolidação internacional ao ofertar os serviços da M4U nos canais digitais móveis da Bemobi junto aos mais de 2,2 bilhões de clientes potenciais das 76 operadoras de telefonia celular, distribuídas em mais de 40 países em que a empresa atua.

Além da sede no Brasil, a Bemobi tem escritórios na Ucrânia e Noruega, e funcionários nas Filipinas, Índia, Indonésia, África do Sul, Bangladesh, Vietnã e Paquistão. Com mais de 260 colaboradores distribuídos por 15 países, a Bemobi está com vagas abertas e contratando. Desde 2016, a Bemobi é reconhecida todos os anos pelo Great Place To Work como uma das melhores empresas para se trabalhar no Rio de Janeiro, Brasil e no segmento de TI.

“Nestes muitos anos, reinventamos o nosso negócio algumas vezes, erramos, aprendemos, acertamos e crescemos. Cultivamos uma cultura onde pessoas e seus talentos estão no centro de tudo e criamos um ambiente onde gostamos de trabalhar juntos e do que fazemos”, afirma Ripper. “Temos muito orgulho de tudo que construímos juntos até o momento, mas estamos só começando a arranhar a superfície de um mercado potencial de mais de 2 bilhões de pessoas.”

Sobre a Bemobi:

Reconhecida como a Netflix dos games e apps mobile, empresa fortalece posição no segmento de microfinanças e meios de pagamento para viabilizar e acelerar a democratização do consumo de serviços digitais. Após bem-sucedido IPO em fevereiro, Bemobi avança na estratégia de crescimento inorgânico, por meio da aquisição da M4U que possui sinergia com modelo já estabelecido. Nascida no Brasil, mas com atuação global, a Bemobi está presente em mais de 40 países emergentes por meio de parcerias com 76 operadoras de telefonia e conta com mais de 61 milhões de assinantes.

*Com participação do jornalista Bruno Galo.

Compartilhar:
Voltar ao Topo
Skip to content