Rogério Arcanjo: “Temos crescido de maneira sustentável”

 Rogério Arcanjo

A quarentena, ocasionada pela Covid-19, causou prejuízos econômicos por todo o mundo, fazendo com que muitas pessoas e empresas precisassem se reinventar durante esse período. Esse foi o caso da Bubble Mix Tea, uma rede de franquias que é pioneira no preparo da bebida taiwanesa Bubble Tea aqui no Brasil. Os três sócios da marca se viram em uma situação delicada, já que as franquias da rede estavam dentro de shoppings e galerias, que foram fechadas durante a quarentena. Com o faturamento em queda, os donos da empresa resolveram criar dois novos modelos de franquia: o To Go e o Express. O To Go é uma microfranquia com um modelo compacto, que geralmente é operado por uma ou duas pessoas, e foi pensada para ser instalada na rua, com o sistema take-away (ou seja, alimentos produzidos rapidamente e que não são consumidos no restaurante). Antes de começar a pandemia a empresa contava com 25 franquias, mas com a quarentena, esse número chegou a 23. Com a inserção dos dois novos modelos, a marca conseguiu fechar 2020 com 28 unidades e está em plena expansão. Atualmente a rede conta com 31 lojas abertas e tem previsão de abrir mais 20 até o meio do ano. “Entendemos que esta medida serviu de acolhimento aos nossos parceiros e fortaleceu nossos laços, mesmo nesse momento crítico”, conta Rogério Arcanjo, um dos donos da Bubble Mix Tea.

Se você pudesse usar duas palavras que estão no DNA da Bubble Mix Tea, quais seriam?

Exclusividade e Sabor!

Fale um pouco mais sobre a rede.

A Bubble Mix é uma empresa especializada no preparo do Bubble Tea, bebida de origem oriental que combina chás, frutas e as famosas bolinhas (que são os acompanhamentos). Nossa empresa foi fundada em 2014 por 3 sócios (Rodrigo Balotin, Rogério Teixeira e Alex Lin), em Foz do Iguaçu/PR.

Atualmente, nossa sede fica em Curitiba/PR. Franqueamos o negócio em 2016 e, desde então, temos crescido de maneira sustentável. Hoje, temos 43 franquias – 31 em operação e 12 a serem inauguradas, em 13 estados brasileiros.

Quais os grandes pilares da empresa?

Nossos pilares são:

Atendimento de excelência; Qualidade dos produtos; Padronização dos processos; Atenção à nossa rede de parceiros (franqueados e fornecedores).

E os seus grandes diferenciais?

Entendemos como nossos diferenciais:

Produtos exclusivos; Cultura consolidada e difundida na rede; Modelos de negócio diversificados; Logística consolidada para todo Brasil; Conhecimento aprofundado sobre o negócio; Empresa pioneira no segmento de Bubble Tea no Brasil; Utilização de insumos de alto padrão.

O ano de 2020 foi delicado para a Bubble. O desenvolvimento de novos modelos de franquias foi fundamental para que essa passagem fosse mais “suave?”.

Com certeza sim. Criamos dois novos modelos de negócio, com valores mais acessíveis e com foco no atendimento take-away. Com esses modelos de negócios conseguimos continuar expandindo e aumentando o tamanho da rede (de 24 para 43 franquias), mesmo em tempos de pandemia. Além disso, nós também potencializamos nosso e-commerce e aumentamos a gama de produtos ofertados nesse canal de venda.

Como funciona esses novos modelos de franquias?

A microfranquia é um modelo de negócio mais compacto, que envolve um menor investimento inicial e que pode ser aplicado em loja de rua – o que amplia imensamente as possibilidades de encontrar um bom ponto em qualquer cidade do Brasil – e com custos mais baixos que os existentes nos shoppings.

Já o modelo de Nanofranquia, surgiu para ajudar na capilaridade dos pontos de venda e expansão da marca para cidades menores onde antes seria inviável montar um modelo de franquia padrão, com investimentos mais altos. Com isso, criamos um modelo que é facilmente replicado em qualquer estabelecimento comercial já existente: sorveterias, casas de açaí, lanchonetes, padarias, cafeterias, academias, etc. Isso possibilita ao nanofranqueado ampliar seu portfólio de produtos, diversificar o risco do negócio e aumentar seu faturamento com um produto exclusivo.

Quais são as ações da empresa para ajudar o franqueado durante a pandemia?

De forma geral, no primeiro momento da pandemia, isentamos a cobrança de royalties e taxa de publicidade por um período aos franqueados, devido a toda incerteza que existia. Em seguida, flexibilizamos as formas de pagamentos para alguns franqueados, sempre analisando caso a caso.

Os prejuízos foram reduzidos com essas ações?

Os prejuízos à franqueadora e aos franqueados certamente foram altos, assim como toda a economia foi impactada, mas essas ações aliviaram um pouco a pressão financeira aos franqueados, principalmente no momento de maior incerteza.

Quantas lojas estão abertas nesse momento em todo Brasil?

Atualmente temos 31 lojas abertas em 11 estados, outras 12 estão com previsão de inauguração nos próximos meses, alcançando um total de 13 estados.

O e-commerce da Bubble está se saindo bem?

O e-commerce está se saindo super bem! Percebemos que existe uma carência muito grande de ofertas de produtos ligados ao consumo de Bubble Tea e chás, em geral, no Brasil. Dessa forma, estamos potencializando a oferta de produtos em nossa loja virtual e, atualmente, ela já representa 7% do faturamento bruto da franqueadora, lembrando que a plataforma foi lançada a menos de 3 meses.

A expansão é algo que está no horizonte da rede para 2021?

Certamente é um dos focos da nossa empresa. Com a oferta dos novos modelos de negócio, pretendemos alcançar a marca de 70 franqueados até o final de 2021. Desta forma, iremos capilarizar o negócio, consolidaremos a marca em âmbito nacional e iremos amadurecer este mercado consumidor de chás no Brasil.

Compartilhar:
Voltar ao Topo
Skip to content