Rudiney Franceschi: “O desenvolvimento de um aplicativo traz desafios”

Rudiney Franceschi

Diante do cenário de isolamento social, as empresas tiveram que investir em soluções on-line. E foi atendendo sobretudo esse nicho de mercado – o de empresas que precisaram oferecer a seu público interno e a clientes de serviços digitais – que uma desenvolvedora brasileira contabiliza um salto. Com sede em Curitiba, e completando dez anos de operação em 2021, a DevMaker ultrapassou 100% de crescimento no seu faturamento no primeiro trimestre de 2021 em comparação com o mesmo período de 2020, e vê sua demanda de trabalho aumentar a cada dia, o que tem exigido novos investimentos e ampliação das equipes. O CEO da DevMaker, Rudiney Franceschi, explica que há um ano, quando do início da pandemia, sentiu a retração do mercado. Àquela altura, em torno de 80% do total de clientes era formado por empresas startups. A pandemia pôs freio nesses investimentos e a desenvolvedora identificou potencial em uma nova frente: atender empresas já estabelecidas, porém, carentes de soluções tecnológicas para seu público. “A partir da metade do ano passado, as empresas ao perceberem que a pandemia não ia passar logo, e diante da demanda crescente por digitalização causada por esse cenário, constataram que seria preciso investir mais em mobilidade. Então nos posicionamos no mercado como a empresa que ‘tira do papel’ projetos assim. Agora, a maior parte dos clientes tem esse perfil”, afirma o CEO.

Rudiney, quais as maiores mudanças que você viu no mercado de aplicativos desde o começo da DevMaker?

A DevMaker nasceu em 2011 e, nestes 10 anos, o mundo dos aplicativos mobile se transformou completamente e continua em incrível ascensão. Neste período a DevMaker viu empresas gigantes entrarem e saírem do mercado, quem lembra dos BlackBerries ou do Windows Phone? Vimos os aplicativos se tornarem cada vez mais complexos e essenciais na vida dos usuários. Quanto mais a internet e tecnologias como 3G e 4G se tornaram acessíveis, mais online e “Real Time” os aplicativos se tornaram. Os aparelhos hoje em dia são tão potentes quanto um computador de mesa, e contam com GPS, uma ou mais câmeras de alta resolução, entre outras tecnologias que suportam aplicações e jogos sofisticados, e são ferramentas essenciais de trabalho em muitas empresas.

A pandemia está sendo um divisor de águas para a DevMaker?

Com certeza! Imagino que assim como várias empresas, sentimos um grande impacto da pandemia em todos os aspectos da DevMaker. A migração para o trabalho 100% remoto foi um dos primeiros desafios. Sentimos o reflexo nos nossos clientes, grandes projetos em áreas como eventos ou turismo, sofreram muito, e alguns tiveram que ser interrompidos. Porém, um diferente perfil de empresas buscou investimento em Apps na pandemia. Vendas e delivery, em geral, via aplicativo cresceram muito. Tivemos que nos adaptar e temos orgulho em poder dizer que superamos tempos tão difíceis, ainda que com grande sacrifício.

Nesse período, as empresas investiram em mais mobilidade?

Sim, especialmente empresas de setores como logística e entrega. O e-commerce com delivery foi a salvação de muitas lojas e restaurantes. Notamos operações financeiras e bancárias se tornando cada vez mais populares, também, plataformas de educação ou para contratação direta de serviços online.

Como investir em mobilidade de uma forma mais assertiva?

A melhor alternativa, com certeza, é buscar uma empresa especializada em mobile. Aplicativos hoje em dia são tão complexos quanto grandes sistemas. Técnicas como geolocalização, soluções de pagamento, integração com múltiplos serviços, Push Notification, exigem profissionais muito qualificados com experiência específica neste universo. Os usuários estão acostumados com excelentes aplicativos, como Nubank, iFood, Uber, etc. Então, o nível de qualidade da interface e da experiência, em geral, que é esperado pelos usuários é muito alto. Além disso, as lojas Google e Apple apresentam uma série de exigências e burocracias que só quem já tem um time completo e com muita experiência consegue construir e lançar rapidamente um aplicativo.

O que não mudará nesse mercado pós-Covid?

Acredito que a compra via aplicativo de produtos ou contratação de serviços, em geral, veio para ficar. Tornou-se super comum e deve continuar mesmo após a pandemia. Mercados, restaurantes e lojas, em geral, que montaram uma solução de delivery devem continuar. É muito prático buscar em segundos os produtos mais variados e receber rapidamente em casa. Acredito que superamos a resistência em algumas áreas mais delicadas, como consultas médicas on-line, atendimentos psicológicos e o ensino, em geral, à distância.

Quais os diferenciais da DevMaker?

A DevMaker é especialista em aplicativos mobile e a alternativa mais eficiente e rápida para lançar um App. Conseguimos lançar aplicativos em 3 meses! Só o processo de criação da conta developer da Apple pode demorar 45 dias então é preciso um processo muito rápido para lançar em alguns meses. Temos uma equipe eficiente, não só de programadores, mas em todas as áreas envolvidas para lançar rapidamente um aplicativo. Sabemos bem todas as burocracias e exigências da Apple e Google, temos arquitetos especializados para desenhar um projeto que alinhe as guidelines das lojas com a necessidade do negócio do cliente e ainda ficar dentro do budget esperado. Designers especialistas em aplicativos mobile e uma equipe de testes experiente para lançar um aplicativo profissional, de sucesso e sem bugs. Assim, quem contrata a DevMaker pode focar totalmente no seu negócio e ficar tranquilo que o aplicativo estará em boas mãos. A construção acontecerá dentro do prazo e custo previsto e o lançamento será um sucesso.

Que setores demandaram mais serviços da DevMaker durante a pandemia?

Notamos que, durante a pandemia, muitas empresas precisaram se reinventar e investiram num aplicativo mobile para sobreviver. Aplicativos de delivery, restaurantes em especial, foi talvez o mais evidente. Empresas de ensino ou educação, em geral, tanto para treinamentos corporativos ou para ensino do público, em geral, também viram num aplicativo uma forma de se destacar da concorrência e de manter próximo o contato com seus clientes. Tivemos até setores inesperados como um aplicativo para igrejas e centros religiosos manterem o contato com seus fiéis. Os fiéis podem acompanhar ao vivo as cerimônias, ficar por dentro das novidades e continuar ajudando, mesmo à distância, sua comunidade.

Esses mesmos setores estavam buscando os serviços da empresa pré-pandemia?

Alguns já buscavam sim, como é o caso de delivery de restaurantes, mas, na pandemia, o crescimento foi extraordinário. O investimento em mobilidade para empresas de ensino à distância e conteúdos digitais era muito mais tímido antes da pandemia. O lockdown trouxe um forte senso de urgência para estes projetos.

Fale um pouco sobre a parceria da DevMaker com a ROIT.

O desenvolvimento de um aplicativo mobile traz desafios mesmo para uma empresa de tecnologia que já conta com uma grande equipe de desenvolvimento. A ROIT é uma empresa de tecnologia em gestão fiscal, contábil e financeira, que está crescendo muito rapidamente e confiou na DevMaker como uma parceira para a construção do aplicativo do seu produto mais tecnológico, o ROIT Bank. Este produto é uma solução baseada em robotização e Inteligência Artificial, para a contabilidade e a gestão dos recursos financeiros de empresas. A parceria com a DevMaker permitiu que a equipe da ROIT se mantenha focada no desenvolvimento e aprimoramento da robotização e da Inteligência Artificial, enquanto a equipe DevMaker se dedica à sua especialidade: a construção e manutenção do aplicativo mobile.

Como os pilares da sua empresa serão fortalecidos com essa parceria?

Fica claro que o desenvolvimento de um App traz desafios até para empresas que já possuem equipe técnica em outras tecnologias. Poder ajudar uma empresa com um produto tão inovador a levar essa inovação para o mobile é muito gratificante. Sabemos dos desafios que é tirar um projeto do papel e a quantidade de empresas que se destacariam no mercado por ter o seu aplicativo lançado. Então a parceria com a ROIT é mais um exemplo de que a DevMaker é a alternativa mais eficiente para uma empresa tirar aquele projeto do papel e lançar o seu aplicativo mobile.

Quais os planos da DevMaker para os próximos meses?

Para os próximos meses estamos visando o mercado internacional. Mesmo sem ter ainda iniciado uma divulgação específica, já atendemos clientes de fora do Brasil em alguns projetos de Apps. A recente desvalorização do real parece ter trazido ainda mais interesse para empresas estrangeiras desenvolverem seu projeto por uma empresa brasileira. Quando encontram na DevMaker o mesmo padrão de qualidade que aplicativos internacionais fica claro a economia que essas empresas podem encontrar.

Compartilhar:
Voltar ao Topo
Skip to content