Rupert Shaw: “Somos uma empresa orientada para o produto”

 Rupert Shaw

Varejistas brasileiros – online ou com loja física – e empreendedores em busca de novas oportunidades agora podem comprar créditos para celular em atacado e pagar usando criptomoedas. Essa inovação é possível por meio de uma parceria recentemente anunciada entre a Ding, a empresa de recarga móvel número um do mundo, e o mercado de criptomoedas Paxful. Esta evolução dos pagamentos internacionais é uma notícia particularmente boa para os comerciantes brasileiros. Empresas de qualquer tamanho, até mesmo empresas online, podem aproveitar uma plataforma fácil de usar para gerenciar rapidamente os pagamentos e expandir seus negócios. “Estamos trazendo uma grande oportunidade para os proprietários de negócios com um sonho de crescer”, disse o fundador da Ding, Mark Rohen. “Desde que começamos, em 2006, nosso objetivo era oferecer um serviço seguro, simples e eficaz. Nossos clientes já enviaram mais de 450 milhões de recargas e estamos fazendo a nossa parte para ajudar a manter as pessoas conectadas.” Para ele, a parceria com a Paxful é uma boa notícia para o Brasil. Rupert Shaw, diretor comercial da Ding, está muito animado com a parceria com a Paxful: “A plataforma DingConnect ajuda os consumidores a enviar créditos para ligações ou recarga de dados para os telefones de amigos e familiares em todo o mundo. É uma ótima maneira para as pessoas ajudarem suas famílias em casa”, afirma Shaw.

Rupert, antes de mais nada, fale um pouco sobre a Ding para nossos leitores.

Ding é a maior plataforma de recarga móvel do mundo. A Ding tem mantido as pessoas conectadas desde 2006, quando lançou seu serviço pioneiro. Hoje, os usuários da Ding enviaram com sucesso mais de 450 milhões de recargas globalmente, por meio do aplicativo, online em Ding.com e por meio de parceiros conectados por meio de nossa API Dingconnect, permitindo mais de 600.000 pontos de venda em todo o mundo. Ding é o serviço de recarga universal líder mundial. A Ding fornece uma recarga a cada segundo, por meio de mais de 550 operadoras, em mais de 140 países – ajudando famílias e amigos em todo o mundo a se manterem conectados.

Ser a maior empresa de tecnologia de recarga de celular do mundo traz muita responsabilidade?

Levamos a responsabilidade a sério e queremos oferecer o melhor serviço possível aos nossos clientes. Enviar uma recarga de celular para entes queridos e mantê-los conectados é extremamente importante para nossos clientes – e para nós também. Os telefones celulares podem mudar vidas, portanto, nós também podemos. É uma grande responsabilidade e uma oportunidade global. É por isso que fazemos tudo o que podemos todos os dias para tornar a vida das pessoas um pouco melhor por meio de recarga de celular. Entregamos uma recarga em 3 segundos para nossos clientes.

Em quais pilares a Ding se baseia?

A Ding foi fundada para melhorar a vida das pessoas ajudando aqueles com menos, obter acesso a mais. Os valores da nossa empresa baseia-se na curiosidade do cliente, trabalhando melhor em conjunto, procurando ideias inovadoras que tornem a vida dos nossos clientes melhor.

Nosso objetivo sempre foi construir e operar o serviço de recarga mais seguro, simples, eficaz e conveniente, em parceria com as melhores operadoras e plataformas. Fornecemos recargas mais seguras para mais países, por meio de mais operadoras, do que qualquer outra pessoa – ajudando pessoas em todo o mundo a enviar pequenos bytes de felicidade para seus entes queridos em um piscar de olhos.

Como esses pilares moldam as decisões da empresa no mercado?

Somos uma empresa orientada para o produto, com o cliente no centro de tudo o que fazemos. Temos curiosidade pelo cliente – conhecer melhor o nosso cliente é a nossa ambição constante – para podermos criar um serviço que corresponda de perto às suas necessidades. A inovação também é um pilar fundamental para Ding. É algo que realmente incentivamos em nossos funcionários.

Qual é a importância da inovação para a Ding?

A inovação é a chave da nossa empresa e sempre foi. Criamos o mercado de recarga de celular internacional para que você possa dizer que a inovação é importante para nós desde o primeiro dia. Um dos nossos valores fundamentais é que ‘Buscamos aquela centelha’ que fala diretamente ao nosso apetite por inovar.

Existem muitos níveis de inovação e é um tópico enorme para nós – em sua essência, inovação significa fazer algo que é novo, diferente e melhor. Deve então ser trazido com sucesso ao mercado, testado contra o que os clientes dizem, pensam e fazem, e tem um impacto real no mercado. É um processo que leva tempo. Mas, ao mesmo tempo, a inovação não precisa ser algo enorme, pode simplesmente tratar de um pequeno problema do dia a dia – parando para pensar a respeito e encontrando uma solução inovadora. Penso que parte do problema com a inovação é que as pessoas julgam que ela tem que ser enorme e inovadora e isso pode desanimar as pessoas. O tempo também é um limitador para as empresas – já que os funcionários fazem questão de não tirar os olhos do desenvolvimento de produtos ou do serviço que prestam aos clientes.

Muitas das grandes histórias de sucesso em inovação são empresas que inovam constantemente de maneiras pequenas, mas significativas. Essa é a cultura que estamos tentando promover em Ding. Nosso trabalho agora é permanecer à frente, equilibrando nosso investimento em inovação e garantindo que continuemos ajustando nosso produto ao mercado da maneira certa.

Conte-nos um pouco sobre a parceria com a Paxful.

A Ding está crescendo e se expandindo no Brasil – facilitamos o envio de quase 500.000 recargas para telefones no Brasil até agora e estamos observando o interesse de parceiros em aumentar a inclusão de recargas móveis internacionais à sua oferta de produtos.

A parceria Paxful é a nossa mais recente expansão de nossa presença no Brasil. A parceria DingConnect ajudará os clientes da Paxful a levar seus negócios globais. Varejistas – on-line ou com uma loja física – e empreendedores em busca de uma nova oportunidade, no Brasil, agora podem comprar crédito em massa para celular e pagar usando criptomoeda.

A parceria significa que os usuários do Paxful poderão enviar tempo de transmissão global, dados, vouchers de presentes, pagamentos de contas e muito mais para bilhões de telefones em todo o mundo – em segundos! Os usuários também podem aproveitar a flexibilidade de pagamento final para se tornarem seus próprios patrões, administrar seus negócios globais e obter criptografia. Recebemos uma ótima resposta até agora, mas ainda é cedo, pois, a parceria acaba de entrar no ar.

Como você analisa a vantagem competitiva do varejo com o uso de criptomoedas para compra de créditos pré-pagos?

A criptomoeda como meio de pagamento permite um potencial significativo de lucro, já que os comerciantes podem comprar crédito em massa para telefones celulares, por exemplo, e posteriormente revender para comerciantes menores ou para clientes individuais. O potencial de crescimento do mercado pode ser particularmente forte entre as comunidades de imigrantes, não apenas para a comunicação com a família, mas também devido à facilidade com que os usuários finais podem enviar instantaneamente crédito de celular ou dados para entes queridos no exterior.

Em termos de até que ponto as moedas virtuais podem entrar na rotina diária ou na gestão de um negócio. No mercado P2P, vimos várias aplicações para criptomoeda além da especulação. Isso inclui remessas lucrativas (você pode ganhar dinheiro usando criptomoedas para enviar dinheiro para o exterior em vez de pagar por isso), e-commerce (como uma forma de comprar e pagar mercadorias), conservação de riqueza (especialmente em países onde a moeda local é instável), uma forma de acessar outras moedas, como USD, arbitragem (os usuários estão abrindo seus negócios para vender/comprar criptografia em diferentes partes do mundo). Além disso, observamos moedas digitais como o Ethereum desempenhando um papel em torno dos contratos – por meio do estabelecimento de contratos inteligentes como uma alternativa eficiente.

Essa é uma grande oportunidade de crescimento em sua visão?

O Brasil é um mercado extremamente promissor para Ding. É um mercado predominantemente pré-pago – na verdade, existem cerca de 148 milhões de conexões móveis pré-pagas no Brasil – que é um mercado em que somos líderes, portanto, há um grande cliente adequado para nós aqui.

De acordo com nosso recente Ding Global Prepaid Index (pesquisa publicada por Ding no início deste ano) 78% dos telefones celulares no Brasil são pré-pagos e, ao contrário das suposições comuns, o uso de telefones pré-pagos está espalhado por faixas socioeconômicas – não é o único às camadas de baixa renda da sociedade.

Os usuários de telefones pré-pagos no Brasil tendem a ser mais jovens, concluiu a pesquisa – pessoas com mais de 50 anos são mais inclinadas a ter uma conta mensal com empresas de telecomunicações. Números publicados recentemente mostram que 99,2% dos lares brasileiros tinham celular em 2020, um crescimento de 6% em dois anos. A demanda está se movendo apenas em uma direção por crédito de tempo de antena.

Com a parceria Paxful, vemos um enorme potencial para o crescimento das empresas brasileiras. A conectividade móvel é extremamente importante e o mercado pré-pago é significativo no Brasil. A necessidade de se conectar é ainda mais aguda atualmente, pois, as pessoas não podem viajar para visitar a família no exterior.

A demanda por recarga aumentou durante a pandemia?

Vimos nosso negócio crescer mais de 50% nos últimos 12 meses, pois, as pessoas estavam mais confinadas em suas casas e precisando mais do que nunca encontrar maneiras de se conectar com seus entes queridos.

A tendência do pré-pago se acelerou e nosso papel na vida de nossos clientes foi realmente pronunciado durante esta pandemia. Ajudá-los a se manterem conectados à família enquanto estiverem presos ou impossibilitados de viajar é algo que nosso serviço tem feito. Os bloqueios e as restrições de viagens deixaram muitos incapazes de ver seus entes queridos, tornando a necessidade de se comunicar virtualmente mais importante do que nunca. Os canais de varejo tradicionais também foram fechados devido a bloqueios globais. Pessoas que precisavam apoiar seus entes queridos com dinheiro ou outras transferências de micro-valores, como recargas de celulares ou pagamento de contas, mas que não queriam se arriscar saindo de casa, procuraram métodos digitais.

Embora alguns clientes possam eventualmente retornar ao dinheiro como seu método preferido de pagamento por bens e serviços, a crise pode ter acelerado uma mudança para o digital que provavelmente persistirá para a grande maioria dos convertidos.

Como a Ding vê o Brasil em seu ecossistema de negócios?

O Brasil já é uma parte significativa do nosso negócio; na verdade, a LATAM é extremamente importante para o nosso negócio – nossos clientes enviaram 12 milhões de recargas para a região no ano passado. Para nossos clientes no Brasil, os maiores corredores de envio – ou seja, de onde a recarga internacional está sendo enviada – são as Filipinas, os EUA, o Reino Unido e a Itália.

Em termos de negócios B2B, trabalhamos com um grupo extremamente variado de parceiros ao redor do mundo – acreditamos que o Brasil não será diferente. Seja um parceiro em potencial uma plataforma online, uma startup ou um comerciante com uma única loja, o DingConnect é simples e fácil de se inscrever e começar a usar. Trabalhamos com uma rede crescente de milhares de parceiros globalmente, incluindo plataformas OTT, aplicativos de chamadas de longa distância, instituições financeiras, varejistas, provedores de PDV e muito mais. Juntar-se à Ding dá às empresas acesso a bilhões de clientes e uma rede de mais de 550 operadoras móveis em mais de 140 países.

Em última análise, a visão da Ding é ser o serviço de recarga universal onipresente para qualquer pessoa, em qualquer lugar, não importa em qual dispositivo, operadora ou plataforma estejam e trabalhar com seus clientes para fornecer um serviço em que possam confiar.

Em 2019, apoiamos os negócios existentes no Brasil com o lançamento do Boleto como uma opção de pagamento, bem como com a localização de nossa plataforma B2B, DingConnect para o português do Brasil. Temos mais de 1.000 parceiros agora usando DingConnect em toda a região, apoiando com gerenciamento local. Na América Latina, há uma grande oportunidade de atingir as grandes populações de imigrantes, incluindo venezuelanos no Brasil e haitianos no Chile. Além de oferecer recargas internacionais, a plataforma DingConnect oferece recargas domésticas em todo o Brasil e em outros mercados.

Compartilhar:
Voltar ao Topo
Skip to content