Take Blip recebe US$ 70 mi do Warburg Pincus

Take Blip, plataforma em nuvem de business messaging que desenvolve aplicativos conversacionais para criar interações entre marcas e consumidores, acaba de receber um aporte Série B de US$ 70 milhões do Warburg Pincus, fundo global de private equity.

“Este investimento reflete a trajetória de sucesso que nossa empresa tem percorrido nos últimos anos. Estamos no início de uma grande revolução digital impulsionada pelo rápido desenvolvimento de aplicações de inteligência artificial e a plataforma de Take Blip permite que nossos clientes e os seus consumidores se beneficiem dessa incrível mudança. Esse novo aporte também mostra que o Brasil é uma das geografias líderes em inovação de software e temos orgulho de fazer parte disso”, comemora Roberto Oliveira, CEO e cofundador de Take Blip.

Com esse investimento, a empresa planeja acelerar sua expansão internacional e focar no suporte à sua equipe, cultura, evolução de produtos, clientes e aquisições. “Estamos focando principalmente nos mercados norte-americano e latino-americano. Nosso produto é global por natureza e tem sido usado por muitas empresas em muitas geografias diferentes, pois se encaixa em canais de conversação usados em todo o mundo, como WhatsApp, Instagram, Facebook Messenger, Google Business Messages, Google RCS, Google Assistant e Apple Messages for Business”, explica Roberto Oliveira.

Em 2020, Take Blip recebeu um aporte Série A de U$S 100 milhões também do Warburg Pincus. Na época, foi a maior rodada da Série A já realizada no Brasil. Seguindo uma ambiciosa estratégia de crescimento, em janeiro Take Blip anunciou a aquisição da STILINGUE, plataforma pioneira em inteligência artificial focada na experiência do cliente.

De acordo com Marcelo Hein, Chief Strategy Officer de Take Blip, novas aquisições são esperadas no futuro próximo. “O Warburg Pincus tem sido um parceiro fenomenal e estamos orgulhosos de tê-los liderando nossa segunda rodada de investimentos. No início deste ano, ultrapassamos a marca de US$ 100 milhões em Receita Anual Recorrente (ARR), um marco importante para uma empresa de software. Além disso, estamos crescendo cerca de 100% em relação ao ano passado com margens muito saudáveis. Essa rodada nos permitirá continuar focando em inovação e crescimento”, diz Hein.

Take Blip foi fundada pelos sócios Roberto Oliveira, Daniel Costa, Antônio Oliveira, Marcelo Oliveira e Sérgio Passos. A empresa, que nasceu em Minas Gerais, conta com mais de 1.300 funcionários e aproximadamente 3.000 clientes. No Brasil, atendem nomes como Itaú Unibanco, Coca-Cola, Fiat, Claro, Nestlé, Hermes Pardini, BMG, Safra, PagSeguro, Empiricus e outros. Em âmbito global, trabalha com marcas como Dell, General Motors, Hotmart, Mercado Pago, Via Laser Serviços, XP Investimentos e outras companhias. Take Blip possui clientes em mais de 25 países e mais de 223 mil contatos inteligentes já foram criados na plataforma nos últimos 12 meses.

“Esse novo momento significa muito para Take Blip. Além de escalarmos nosso negócio a nível internacional impactando positivamente o mercado conversacional, poderemos investir na atração, retenção e engajamento de novos talentos, elevando a competitividade da empresa”, afirma Daniel Costa, Co-fundador e Chairman em Take Blip.

“Take Blip teve um crescimento substancial desde nosso investimento inicial em 2020 por meio de aquisições estratégicas, inovação de produtos e forte atendimento ao cliente, aumentando o valor da plataforma para clientes, parceiros e funcionários em todo o mundo”, diz Piero Minardi, que lidera a atuação do Warburg Pincus na América Latina. “Estamos empolgados em continuar nossa parceria com Roberto e a equipe de Take Blip, criando uma plataforma verdadeiramente única, em que os clientes podem descobrir, engajar e fazer transações com marcas e empresas em canais de mensagem eficientes e com ótimo custo-benefício”, adiciona Bruno Maimone, Diretor do Warburg Pincus.

“Take Blip é essencial para as marcas que desejam conversar com seus clientes com uma abordagem de IA em primeiro lugar. O que nos diferencia é nossa arquitetura de software que elimina silos de dados e armazena todas as interações entre marcas e consumidores em um único lugar, unificando toda a jornada do cliente, do marketing ao atendimento pós venda. Em seguida, usando os melhores mecanismos de IA, permitimos que as marcas analisem os dados e prevejam qual seria a melhor próxima interação com esse cliente individual. Essa estratégia melhora a experiência do usuário e acelera o roadmap de produto do nosso cliente”, finaliza Roberto.

Sobre Take Blip:

Take Blip é a plataforma líder em interações inteligentes entre marcas e consumidores nos principais aplicativos de mensagem. Fundada em 1999, a companhia tem uma história de pioneirismo e protagonismo na internet móvel no Brasil. Em 2020, recebeu um aporte de US$100 milhões do Warburg Pincus, na época, foi o maior aporte Série A da história do mercado de investimentos do Brasil. Em 2022, recebeu um aporte Série B, também do Warburg Pincus, no valor de US$70 milhões. Atualmente, ajuda diversas empresas, como Dell, GM, Itaú Unibanco, Coca-Cola, Localiza, Fiat, Claro e outras, a vender, engajar e se relacionar com os clientes de forma segura e completa em canais como WhatsApp Business API, SMS, Telegram, Instagram, Messenger, Google Business Messages, Google RCS, Apple Messages for Business e outros. A empresa foi eleita por 5 anos consecutivos entre as melhores empresas para se trabalhar pelo Great Place to Work.

Sobre Warburg Pincus

Warburg Pincus LLC é um investidor líder em crescimento global. A empresa tem mais de US$ 80 bilhões em ativos sob gestão. O portfólio ativo da empresa conta com mais de 245 empresas e é altamente diversificado por estágio, setor e geografia. Warburg Pincus é um parceiro experiente para equipes de gestão que buscam construir empresas duráveis com valor sustentável. Fundada em 1966, a Warburg Pincus levantou 21 fundos de private equity e 2 fundos imobiliários, que investiram mais de US$ 100 bilhões em mais de 1.000 empresas em mais de 40 países. A empresa está sediada em Nova York com escritórios em Amsterdã, Pequim, Berlim, Hong Kong, Houston, Londres, Luxemburgo, Mumbai, Maurício, São Francisco, São Paulo, Xangai e Cingapura.

*Com participação da jornalisto Olívia Moderno.

Compartilhar:
Voltar ao Topo
Skip to content