Anúncios
Sua Página
Fullscreen

Brasileiros que moram fora buscam alternativa em cobertura de saúde

Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

O acesso limitado ao Sistema Único de Saúde (SUS) e a necessidade de cobertura de saúde no exterior levaram muitos brasileiros que moram fora a procurar soluções alternativas para garantir cuidados médicos e proteção financeira em caso de doença ou acidente. Nesse contexto, diversas fontes, como especialistas em saúde e depoimentos de brasileiros que vivem no exterior, têm levantado questões importantes sobre as opções de cobertura de saúde disponíveis para esses brasileiros.

De acordo com dados de 2020 do Ministério das Relações Exteriores, o número de brasileiros que vivem no exterior cresceu 29% nos últimos 10 anos, chegando a mais de 3,5 milhões de pessoas. Esse aumento tem sido impulsionado por fatores como oportunidades de trabalho, estudo e qualidade de vida em outros países. No entanto, muitos desses brasileiros enfrentam dificuldades quando precisam acessar cuidados de saúde, uma vez que não têm mais acesso ao SUS.

Uma das principais alternativas buscadas pelos brasileiros que moram fora é a contratação de um plano de saúde internacional. Esses planos oferecem cobertura médica e hospitalar em diferentes países, permitindo aos brasileiros o acesso a uma rede de médicos, hospitais e serviços de saúde no país de residência, bem como em outros países cobertos pelo plano. Dessa forma, os brasileiros têm a garantia de que estarão protegidos em caso de necessidade de médico, evitando altos custos médicos e garantindo uma assistência adequada.

Anúncios

No entanto, a contratação de um plano de saúde internacional nem sempre é uma opção acessível para todos os brasileiros que moram fora. Os custos podem variar bastante, dependendo do país de residência, idade, histórico médico e cobertura desejada. Além disso, é importante ter em mente que nem todos os planos de saúde internacionais oferecem a mesma cobertura e qualidade de serviços, sendo essencial pesquisar e comparar diferentes opções antes de fazer uma escolha.

Outra alternativa buscada por alguns brasileiros é a contratação de um seguro de saúde internacional. Diferentemente dos planos de saúde, os seguros de saúde geralmente cobrem apenas emergências e tratamentos médicos específicos, e não oferecem a mesma abrangência de cobertura que um plano de saúde. No entanto, os seguros de saúde internacional podem ser uma opção viável para brasileiros que viajam ou residem em outros países por períodos prolongados, e desejam ter uma cobertura de saúde adequada enquanto estão fora do Brasil.

Leia ou ouça também:  Dia Internacional do Autocuidado é comemorado em 24 de julho

Entretanto, é importante ressaltar que os seguros de saúde internacionais têm algumas restrições. Geralmente, eles não cobrem doenças pré-existentes, ou seja, condições médicas que o segurado já tinha antes de contratar o seguro. Além disso, alguns planos podem ter limites de cobertura e copagamentos, o que pode resultar em custos adicionais para o seguro. É fundamental ler atentamente os termos e condições do plano antes de contratá-lo, e se certificar de que ele atende às necessidades específicas do segurado.

Para o especialista da área da saúde, Mario Mendes Jr, fundador da MultUSA empresa especializada em soluções de saúde para brasileiros nos EUA, “nos últimos anos há um movimento de brasileiros que moram nos EUA em procurarem por uma cobertura de saúde maior, pois tem-se identificado e valorizada cada mais a importância do investimento em saúde.”

Anúncios

Última atualização da matéria foi há 12 meses


Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Facebook Comments

Espaço Publicitário:
Anúncios
Voltar ao Topo
Skip to content
Verified by MonsterInsights