Anúncios
Sua Página
Fullscreen

Minimercados autônomos são alternativas para condomínios

Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Nos últimos anos, os populares mercados de bairro tiveram um aumento expressivo de clientela e faturamento. Segundo informações da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), um levantamento realizado pelo Sebrae atestou que o comércio varejista de mercadorias em geral (minimercados, mercearias e armazéns) registrou crescimento de 13,6% entre 2020 e 2021.

Por conta da facilidade de acesso e proximidade de residências, esses estabelecimentos foram evidenciados durante a pandemia. Além de terem se modernizado, aderindo à modalidade de delivery, alguns empreendedores também inovaram com a expansão de novos modelos de negócios. Entre eles, surgiram os minimercados autônomos que podem ser instalados em condomínios e residenciais.

Para Luiz Antônio, CEO da Compact Store, startup de franquias especializada em Minimercados Inteligentes, a implementação desse tipo de negócio permite comodidade aos moradores e também é uma opção de investimento. “Por estar aberto 24h por dia, 7 dias da semana, a facilidade ganhou espaço durante a fase de distanciamento social da pandemia COVID-19, quando as pessoas evitavam ir aos supermercados maiores”, pontua o CEO.

Anúncios

Como funciona o mercado autônomo?

De acordo com o representante da Compact Store, considerando o processo implementado pela empresa que atua em Sorocaba (SP), o sistema de minimercado em condomínios residenciais e empresariais é autônomo, ou seja, segue um conceito chamado mercado honesto, modelo em que o próprio cliente tem livre acesso aos produtos e faz o pagamento da compra por meio de máquinas de autoatendimento, sem o auxílio de caixas ou funcionários.

“O morador também pode consultar o estoque de produtos disponíveis através de um aplicativo. Além disso, o aplicativo é responsável pela liberação da bebida alcoólica e de produtos que são proibidos para venda para menores de 18 anos, através de uma conferência de dados pessoais”, sinaliza Luiz Antônio.

Leia ou ouça também:  Rede CleanNew inaugura operação no Kuwait

Outro ponto, destacado pelo CEO da Compact Store, é a segurança. Como os minimercados estão dentro dos condomínios, os moradores têm uma preocupação a menos na hora de realizar a compra, podendo minimizar os riscos de assaltos e furtos.

Quanto à definição de lucros, a empresa Compact Store informa também que fornece um percentual do lucro arrecadado para o condomínio. “É uma forma de conseguir um valor a mais para ser revertido em benfeitorias nas áreas comuns ou em reserva de caixa para o residencial”, informa o CEO.

Anúncios

Para saber mais sobre o modelo de franquias da Compact Store, basta acessar: https://compactstorebrasil.com.br/



Última atualização da matéria foi há 1 ano

Anúncios

Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Facebook Comments

Espaço Publicitário:
Voltar ao Topo
Skip to content
Verified by MonsterInsights