Sua Página
Fullscreen

As cinco indústrias mais prósperas no Brasil

Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

O Brasil aprovou recentemente sua reforma tributária, o que tende a facilitar todo o processo de cobrança de impostos e taxas de empresas que atuam e que pretendem atuar no País. Isso, por si só, faz com que o Brasil seja um local atrativo para o desenvolvimento de novos negócios, por mais que as mudanças não tenham efeito imediato. Sem dúvida a reforma tributária vai desempenhar papel positivo em diversas indústrias, mas essas cinco farão a diferença no país. Confira quais são elas e como se sairão.

Tecnologia

Pode-se dizer que o setor de tecnologia é um dos que mais recebe investimentos. Seja por meio de investidores anjos, parcerias ou até através de financiamentos obtidos no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o setor deve ser o responsável por injetar cerca de US$ 200 bilhões na economia até 2025. Vale ressaltar que ela não está em um setor isolado, a tecnologia impacta beneficamente diversas outras indústrias como saúde, educação, logística, construção civil e agrícola. O desenvolvimento de soluções para esses outros setores é o que faz a tecnologia ser cada vez mais necessária e valorizada.

Mercado financeiro

O sistema bancário brasileiro é um dos mais modernos no mundo. O investimento em tecnologia e segurança bancária é maior que em qualquer País de primeiro mundo. Segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), 73% de todas as transações bancárias realizadas por brasileiros são executadas por meio de canais digitais. Um exemplo é a negociação forex, que consiste em uma estratégia de investimento com a variação cambial de diversas moedas. Essa troca só é possível por plataformas digitais e tem ganhado o gosto dos investidores brasileiros. O advento do Pix, um serviço de transferência financeira direta, também engrossou a movimentação do mercado e teve como resultado de operação 37,1 bilhões até novembro de 2023.

Agronegócio

A expansão do mercado agro no Brasil é algo inegável. Seus últimos resultados mexeram até no Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. Segundo divulgado em novembro, esse setor é responsável por subir cerca de 2% do total do resultado. Os cultivos de cana-de-açúcar, café, algodão e milho renderam safras relevantes. A agropecuária também teve boa participação nesse resultado. Esse é um dos mercados que mais se beneficia de linhas de crédito oferecidas pelo governo e por bancos privados.

Leia ou ouça também:  A r-evolução trazida pelo iPhone

Energias renováveis

O setor elétrico também tem se beneficiado por conta das metas governamentais. De acordo com a estimativa divulgada pela Agência Internacional de Energia Renovável (IRENA), o Brasil tem capacidade para aumentar em cinco vezes a produção de energias renováveis até o ano de 2030. As classes média e alta estão investindo em placas solares. Esse movimento também atraiu a atenção de pequenos e médios investidores para o setor. A popularização desse tipo de fornecimento energético é apenas o primeiro passo no desenvolvimento de novas soluções.

Petróleo e gás

A Petrobrás tem recuperado sua reputação. Em 2022, logo no segundo trimestre, a empresa divulgou como lucro líquido o valor de R$42,9 bilhões. O ano de 2023 fez as ações subirem com a apresentação de resultados ainda mais animadores só de lucro, foram R$ 26,6 bilhões no terceiro trimestre de 2023.

País em pleno crescimento

Além dessas principais indústrias que são convergentes, há diversos outros ramos de negócio surgindo no Brasil. As novas medidas do atual governo estão sendo bem vistas por investidores estrangeiros e a atração desses recursos tende a fomentar ainda mais o mercado interno.

Última atualização da matéria foi há 1 mês


Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Facebook Comments

Espaço Publicitário:
* * * * * * * * * *
Voltar ao Topo
Skip to content