Economize bem aderindo às compras semanais

Você já parou para pensar de onde vem o hábito que grande parte das famílias brasileiras têm de comprar os mantimentos preferencialmente uma vez ao mês? Essa tradição surgiu entre os anos 80 e 90, período em que o Brasil vivia uma grave crise inflacionária, que promovia uma variação constante dos preços dos alimentos.

Sabemos que naquela época era realmente mais vantajoso garantir a alimentação da família em grande quantidade, uma vez por mês, mas será que essa premissa ainda vale para os dias atuais? Algumas pessoas acreditam que sim, outras acreditam que não, fato é que tudo depende do estilo de vida que você leva e da sua habilidade em controlar os gastos.

Ir ao mercado uma vez por semana oferece uma série de benefícios para o consumidor, e um deles é a possibilidade de economizar aproveitando as promoções diárias de cada estabelecimento.Outra vantagem, sem dúvidas, está em ter uma maior flexibilidade nas finanças ao conseguir diluir os gastos estrategicamente, realizando as compras conforme o vencimento do cartão ou saldo disponível na conta.

Desmembrar as compras também te permite encontrar os melhores preços de acordo com as necessidades da semana e usufruir de benefícios de diferentes redes de supermercados. Enquanto alguns estabelecimentos oferecem preços melhores para itens de feira, outros se destacam nas carnes, laticínios, mercearias, entre outros. Sendo assim, a ida semanal ao mercado permite direcionar a decisão para o local mais adequado.

Em paralelo, a maior flexibilização na organização financeira e possibilidades de escolha é um outro fator importante para economizar: o uso dos cartões de alimentação. Já que nem todos os estabelecimentos aceitam vale-alimentação e vale-refeição, ir ao mercado uma vez por semana amplia as possibilidades de garantir os alimentos em locais que contem com esse benefício e ofereçam promoções.

Além das vantagens financeiras, há também o privilégio de consumir produtos com maior qualidade. Compras semanais permitem que o consumidor tenha maior consciência em relação aos itens que sobraram em casa, e fazem com que as frutas, verduras, legumes e carnes estejam sempre frescas; afinal, os alimentos não serão armazenados por muito tempo, visto que o intuito é o consumo imediato.

Se você está precisando economizar, experimente aderir às compras semanais. Basta ter atenção com os gastos, estipulando limites para controlar o orçamento. Faça uma lista dos itens mais necessários para a próxima semana e aja com objetividade na hora em que estiver no mercado. Assim, será mais fácil controlar desejos impulsivos que possam surgir.

Compartilhar:
Voltar ao Topo
Skip to content