Sua Página
Fullscreen

Fintechs são o principal alvo dos investidores

Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

O mercado de startups, que ganhou espaço por seu perfil inovador e trazer e soluções diferenciadas para diversos setores da economia, está entre as principais apostas dos investidores. Somente nos primeiros quatro meses de 2022, as startups captaram mais US$ 2,3 bilhões em rodadas de investimentos para alavancar suas atividades.

Além disso, este momento de crescimento das startups está no radar de investidores internacionais. Segundo levantamento da plataforma de inovação Distrito, os aportes estrangeiros cresceram seis pontos percentuais neste ano, em comparação ao ano de 2021. Até agora, os incentivos internacionais somam 39% do valor investido no segmento.

Dentre os diversos setores de atuação das startups, as fintechs, voltadas para o mercado de finanças, tiveram destaque positivo na captação de recursos. De janeiro a abril, as fintechs brasileiras levantaram US$ 318 milhões de dólares.

Dentro do mercado

Apesar do grande potencial de investimentos, uma das maiores dificuldades das startups, principalmente as voltadas para o setor financeiro, é encontrar empresas tradicionais dispostas a entrar no novo modelo de mercado. “Quando falamos em uma área tão tradicional como a das finanças, o ecossistema de inovação pode causar certo espanto para as empresas, por isso é preciso quebrar essas barreiras e oportunizar às instituições tradicionais do mercado parcerias entre empresas desse novo modelo”, relata o coordenador de inovação do Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças do Paraná (IBEF-PR) e sócio-diretor da KPMG no Brasil, Aldo Macri.

Para conectar startups ao universo financeiro dos associados do IBEF-PR, a instituição realizou o primeiro pitch night do projeto Conecta, com empresas tradicionais do mercado paranaense que trouxeram problemas do dia a dia de finanças para que as startups apresentem suas soluções.

Para a executiva de negócios da Neocredit, Aline Silva, uma das maiores barreiras das fintechs é encontrar parceiros estratégicos. “Eventos como o do IBEF-PR trazem conexões, para otimizar recursos e buscar parcerias, visto que o setor de finanças é uma área com pouca inovação, mas muito potencial”, destaca a executiva da startup que atua com uma plataforma de análise de crédito e soluções para contas a receber.

Dentre os associados ao IBEF-PR que participaram do pitch online, o diretor financeiro da Cooper Card, Marcelo Preiss destacou a apresentação de soluções inovadoras e aderentes às necessidades das empresas atualmente. “Ter soluções que estão estruturadas e completas, prontas para serem aplicadas, com certeza apoiam empresas tradicionais em seu crescimento e nos desafios enfrentados”, relata.

Para Macri, “conectar o mercado com todas as possibilidades de inovação e crescimento que as empresas apresentam para seus parceiros, é o objetivo do novo projeto da instituição, o IBEF Conecta”, finaliza.

Sobre o IBEF PR:

O Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças – IBEF Paraná é uma instituição sem fins lucrativos, que congrega executivos de finanças dos vários segmentos da atividade econômica do Paraná: executivos das áreas de indústria, comércio, consultorias, empresas de serviços, auditorias, instituições financeiras (bancárias e não-bancárias) e instituições governamentais.

Através de seus comitês de Finanças, Compliance e Riscos, Tributário e Empresarial, Inovação e Desenvolvimento de Lideranças, o IBEF-PR realiza vários eventos, discussões e compartilha conhecimento para contribuir com o desenvolvimento dos profissionais de finanças do Paraná.

Acompanhe o IBEF através do site e de suas redes sociais, participe dos eventos e encontros e saiba como fazer parte dessa comunidade.

*Com participação da jornalista Juliane Fladzinski.

Última atualização da matéria foi há 5 meses


Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Facebook Comments

Espaço Publicitário:
* * * * * * * * * *
Voltar ao Topo
Skip to content