Anúncios
Sua Página
Fullscreen

Fundos Esportivos: O que são e como investir?

Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Atualmente, a indústria esportiva detém entre 1,5% e 2% do PIB mundial, segundo dados recentes do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas, e tem atraído cada vez mais o olhar dos investidores e gerando fundos de investimento relacionados ao setor. Para ajudar a entender como funciona e quais são as possibilidades, a FIDD, grupo econômico de serviços financeiros que realiza administração, controladoria, custódia e distribuição de fundos de investimento, traz alguns dados e dicas do que é preciso entender antes de entrar no mundo dos fundos esportivos.

Segundo Pedro Salmeron, CEO e cofundador do grupo, em geral, são constituídos FIDC’s (Fundos de Investimento em Direitos Creditórios), com pelo menos 50% do patrimônio líquido aplicado em direitos creditórios.

Esse fundo permite o investimento em passes de atletas e jogadores, principalmente os de futebol; multas contratuais, geralmente acordadas entre profissionais e clubes esportivos; direitos de transmissão de jogos de campeonatos e competições oficiais em esportes como a Fórmula 1 e Vôlei, além da participação em ligas de campeonatos e até mesmo de clubes e times.

Anúncios

Entre as empresas ligadas ao esporte e que mais lideram os investimentos internacionais está a Champions League, a liga de futebol inglesa, seguida por equipes de países como França e Itália. Porém, são muitas modalidades esportivas disponíveis para investimento cabendo ao investidor pesquisar e se inteirar sobre qual a melhor movimentação no mercado e que mais se adequa ao seu perfil de investimento.

“Apesar de ser um assunto que envolve paixão e dinheiro, esse tipo de investimento exige uma estratégia pensada a longo prazo. Caso vá investir em futebol, um dos principais esportes no Brasil, uma dica muito boa é acompanhar o crescimento dos clubes, competições e performances dos atletas, e só depois apostar”, afirma Salmeron.

Sobre a FIDD Group:

A FIDD quer trazer mais transparência e aplicar inovação efetiva para permitir o crescimento seguro e acelerado do mercado de capitais. Além disso, busca desburocratizar as atividades automatizando processos operacionais, utilizando seu tempo para fazer o que deve ser feito: diligência, controle e fidúcia. Dessa forma, os clientes e os parceiros podem focar no seu propósito, sem sobreposição de atividades, retrabalho e insegurança. Para isso, conta com excelentes profissionais com experiência desde acadêmica a de mercado, e, principalmente com vontade de construir e fazer diferente e melhor. A FIDD Group possui autorização pelo Banco Central e pela CVM para atuar com Administração Fiduciária, Custódia e Controladoria de Fundos no Brasil. Outro destaque está em ser associado e aderente aos códigos de autorregulação da Anbima.

Leia ou ouça também:  Especialista dá dicas para reduzir riscos de AVC no inverno

*Com participação do jornalista Bruno Maximiano.

Anúncios

Última atualização da matéria foi há 9 meses


Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Facebook Comments

Espaço Publicitário:
Anúncios
Voltar ao Topo
Skip to content
Verified by MonsterInsights