Anúncios
Sua Página
Fullscreen

Os principais pilares da transformação digital

Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

A IPNET Growth Partner acelera a transformação digital de seus clientes com soluções personalizadas em Modernização de Infraestrutura, Transformação do Espaço de Trabalho, Desenvolvimento de Aplicações, e Análise Avançada de Dados e Inteligência de Negócios. Há 20 anos no mercado e desde 2008 na Nuvem, a IPNET atua na América Latina e hoje é a parceira mais antiga da Google Cloud no Brasil, reconhecida como Parceiro do Ano Google Cloud de Serviços em 2018 e de Expansão em 2020. Possui 140 certificações profissionais Google Cloud e mais de 1000 clientes em todo o Brasil. “Um dos primeiros passos para a transformação digital de um negócio é saber definir de forma clara quais são os principais objetivos a serem alcançados. Esses objetivos podem estar divididos por áreas, como experiência do cliente e redução de custos operacionais. A transformação digital de um negócio passa por uma visualização prévia de como será sua plataforma no futuro. Planejar a sua nova realidade pode contribuir bastante para definir aspectos importantes e entender como serão as tecnologias que devem ser implementadas. Os serviços digitais existem dentro de um ciclo muito bem definido, que passa pelas etapas de projeto, desenvolvimento, gerenciamento e evolução constante, que consiste no aperfeiçoamento. Com as inovações tecnológicas surgindo de forma cada vez mais intensa”, afirma o CEO da IPNET Growth Partner, Fábio Carneiro.

Fábio, o que seria de fato a chamada transformação digital?

A transformação digital é antes de mais nada uma mudança de mentalidade pela qual as empresas passam, que tem como objetivo principal torná-las mais modernas e fazê-las acompanharem os avanços tecnológicos que surgem a todo instante.

Anúncios

Existe muita coisa sendo vendida como transformação digital?

Sim. Alguns exemplos são a Inteligência Artificial, a cloud computing, que é a computação em nuvem, e a internet das coisas. A tecnologia vem avançando e reinventando a forma como vivemos e vai mudar muito mais nos próximos anos.

Quais os 3 principais pilares da transformação digital?

Podemos citar a experiência do cliente, a transformação dos modelos de negócio e os processos operacionais.

Como é possível destravar um negócio com a transformação digital?

Anúncios

Como a transformação digital visa digitalizar os processos dos negócios, até para otimizá-los, e escalonar a infraestrutura das organizações, ela traz também a necessidade do desenvolvimento de novas soluções para clientes e consumidores. Assim, cada vez mais empresas podem utilizar esses recursos para crescer.

A aplicação de uma transformação digital mais assertiva passa por quais caminhos?

Um dos primeiros passos para a transformação digital de um negócio é saber definir de forma clara quais são os principais objetivos a serem alcançados. Esses objetivos podem estar divididos por áreas, como experiência do cliente e redução de custos operacionais.

A transformação digital de um negócio passa por uma visualização prévia de como será sua plataforma no futuro. Planejar a sua nova realidade pode contribuir bastante para definir aspectos importantes e entender como serão as tecnologias que devem ser implementadas.

Os serviços digitais existem dentro de um ciclo muito bem definido, que passa pelas etapas de projeto, desenvolvimento, gerenciamento e evolução constante, que consiste no aperfeiçoamento.

Com as inovações tecnológicas surgindo de forma cada vez mais intensa, alguns conceitos podem se tornar obsoletos. Ao iniciar a transformação digital em um negócio, é importante considerar a transição da cultura tradicional para uma estrutura mais ágil.

Anúncios
Leia ou ouça também:  Expertise alemã em comércio internacional: lições para o Brasil

E mesmo que a transformação digital seja uma realidade, as empresas não devem fazer a transição sem planejamento. É possível implementar novas abordagens de forma gradativa e contínua, o que garante melhores resultados e menores chances de erro.

Para garantir também a constante evolução, é importante que as empresas estejam num ambiente escalonável, como a nuvem, que permita que elas expandam sua infraestrutura de acordo com as suas necessidades tecnológicas de negócio.

Esse ainda seria um momento de transição em nosso país?

Diria que, para muitas empresas, esse já é um momento de aceleração digital aqui no Brasil. Mas, a realidade da maioria dos negócios, principalmente se olharmos para pequenas e médias empresas, ainda é realmente de transição.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Samba Digital, divulgada pela Forbes, 76,2% das companhias do país estão desenvolvendo ou já implementaram uma estratégia de digitalização em suas operações.

O que ainda poderíamos acrescentar?

O levantamento, que ouviu 100 líderes de empresas de tecnologia brasileiras, mostrou também que apenas 1,9% das organizações não possuem nenhum plano de digitalização do negócio e 9,5% desenvolveu um roteiro de TD, mas ainda não o colocou em prática.

Como a IPNET tem participado desses movimentos?

A IPNET se posiciona como um parceiro que auxilia as empresas em cada etapa da jornada, provendo, antes de mais nada, uma visão clara do melhor caminho a seguir, seus impactos e benefícios. Nosso foco é o foco do cliente, procuramos olhar sob a sua perspectiva, pois, tecnologia por tecnologia não transforma um negócio.

Anúncios

O que a empresa vislumbra para 2022 tanto em seu setor como para a própria empresa?

No curto prazo, acreditamos que a computação em nuvem ainda precisa permear o modo como as organizações utilizam seus recursos. Muitas empresas migram de tecnologia, mas não mudam a forma como a utilizam. Ainda existem algumas quebras de paradigma quando falamos em Cloud Computing, mas vejo que estamos no caminho.

Quais as tendências que enxerga para os próximos anos?

Existem duas grandes revoluções tecnológicas em curso, uma é a tecnologia de Blockchain e a outra é a chegada da rede 5G de fato. Acredito que tais infraestruturas irão suportar a próxima onda de aceleração tecnológica e deixar a lei de Moore obsoleta.

Última atualização da matéria foi há 2 anos


Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Facebook Comments

Espaço Publicitário:
Voltar ao Topo
Skip to content
Verified by MonsterInsights