Anúncios
Sua Página
Fullscreen

Khan Younis: inferno ardente na Faixa de Gaza

Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

A região de Khan Younis, situada no sul da Faixa de Gaza, tornou-se palco de intensos conflitos entre as Forças de Defesa de Israel (IDF) e as milícias palestinas, evidenciando uma escalada de tensões em um cenário já marcado por décadas de hostilidades. O recente embate resultou na trágica perda de três soldados israelenses pertencentes ao 202º Batalhão de Pára-quedistas: o Major David Nati Alfasi, o Major Ilay Levy e o Capitão Eyal Mevorach Twito. Essas baixas elevam para 535 o número total de soldados mortos desde 7 de outubro, aprofundando a dimensão humana deste conflito. Simultaneamente, as FDI lançaram uma ofensiva de divisão no oeste de Khan Younis, marcando possivelmente os combates mais intensos desde o início de dezembro. A mobilização maciça de recursos, incluindo sete brigadas, artilharia, tanques e apoio aéreo, indica uma estratégia militar robusta na região, enquanto os confrontos se estendem por diversas frentes. A situação torna-se ainda mais complexa com os ataques aéreos extensos, interpretados como preparação para avanços das forças terrestres em novas áreas, acrescentando um elemento de imprevisibilidade ao desdobramento dos eventos. Além disso, o impacto direto em áreas civis, como o bairro de Al Manara e a região ao redor do Hospital Nasser, destaca a preocupante interferência nos aspectos humanitários do conflito. A descoberta e destruição de um túnel em Khan Younis, onde prisioneiros israelenses eram alegadamente mantidos pelo Hamas, reforçam as tensões já existentes entre as partes. Este cenário revela uma intricada teia de desafios políticos, estratégicos e humanitários que exigem uma análise cuidadosa para compreender plenamente os eventos em curso e buscar possíveis soluções para uma paz duradoura na região.

20 aspectos sobre a guerra em Khan Younis

Emboscada em Khan Younis: três soldados das IDF mortos

No sul da Faixa de Gaza, uma emboscada resultou na morte de três soldados israelenses pertencentes ao 202º Batalhão de Pára-quedistas. As vítimas foram identificadas como o Major David Nati Alfasi, Major Ilay Levy e Capitão Eyal Mevorach Twito.

Anúncios

Ofensiva em Khan Younis: confrontos mais intensos desde dezembro

As FDI lançaram uma ofensiva de divisão no oeste de Khan Younis, marcando combates intensos. A 98ª Divisão mobilizou sete brigadas, artilharia, tanques e apoio aéreo, cercando a região.

Número de mortos: 535 soldados desde 7 de outubro

Com as recentes perdas, o número total de soldados mortos desde 7 de outubro atinge 535, de acordo com as IDF.

Ataques aéreos e preparativos terrestres

As FDI realizaram extensos ataques aéreos, interpretados como preparação para o avanço das forças terrestres em novas áreas.

Ataques em Al Manara: intensos combates na região de Khan Younis

Forças israelenses atacaram o bairro de Al Manara usando artilharia. Combates intensos ocorreram entre as forças israelenses e as milícias palestinas.

Impacto em Al Amal: mortes e feridos

Um projétil israelense atingiu o bairro de Al Amal, resultando em uma morte e um ferido.

Anúncios

Ofensiva em torno do Hospital Nasser

A área ao redor do Hospital Nasser, em Khan Younis, foi uma das mais afetadas pela ofensiva israelense.

Lançamento de projéteis do norte da Faixa de Gaza

Milícias palestinas relataram o lançamento de vários projéteis do norte da Faixa de Gaza, sendo um interceptado pelo Iron Dome israelense.

Leia ou ouça também:  Hamas liga reféns à exigência de cessar-fogo

Túnel recentemente encontrado: descoberta e destruição

O Exército israelense encontrou e destruiu um túnel em Khan Younis, alegando que prisioneiros israelenses estavam detidos nas mãos do Hamas.

Detalhes do túnel: 830 metros de comprimento e 20 metros de profundidade

O túnel tinha 830 metros de comprimento e 20 metros de profundidade, sendo cheio de armadilhas e obstáculos.

Encontro com terroristas no túnel

Soldados da 98ª Divisão encontraram terroristas dentro do túnel, confrontando e eliminando a ameaça.

Transferência de reféns para outro local

Os reféns, alegadamente prisioneiros israelenses, já haviam sido transferidos para outro local quando os soldados entraram no túnel.

Anúncios

Sala central e celas com grades no túnel

Na rede subterrânea, encontraram uma sala central para reféns e cinco celas com grades, sugerindo a existência de prisioneiros.

Achados indicando reféns, informações de inteligência e armadilhas

Dentro das celas, as tropas encontraram achados que indicavam a presença de reféns, informações de inteligência e armadilhas associadas ao Hamas.

Ação militar intensiva nas últimas horas

Nos últimos momentos, a Faixa de Gaza testemunhou uma ação militar intensiva, com dezenas de palestinos perdendo a vida em confrontos entre forças israelenses e milícias palestinas.

Confrontos em várias frentes

Os combates se estenderam por várias frentes, evidenciando a complexidade e a intensidade da situação em Khan Younis.

Estratégia de cerco no oeste de Khan Younis

A estratégia de cerco no oeste de Khan Younis, implementada pelas FDI, destaca a importância dessa região nas operações militares em curso.

Impacto no Hospital Nasser

O Hospital Nasser, crucial para a região, foi afetado, gerando preocupações sobre o acesso a cuidados de saúde em meio aos conflitos.

Lançamento de foguetes do norte

O lançamento de foguetes do norte da Faixa de Gaza intensificou a resposta do sistema antiaéreo israelense.

Informações sobre o Hamas e a organização terrorista

O Exército israelense enfatizou a conexão do túnel a prisioneiros do Hamas, evidenciando a persistente tensão entre Israel e a organização terrorista.

Última atualização da matéria foi há 5 meses

Anúncios

Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Facebook Comments

Espaço Publicitário:
Voltar ao Topo
Skip to content
Verified by MonsterInsights