Anúncios
Sua Página
Fullscreen

Matthieu Pigasse: um financista rockstar

Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

No cenário muitas vezes impessoal das finanças globais, Matthieu Pigasse emerge como uma figura única, transcendendo as fronteiras tradicionais dos banqueiros de investimento. Seu nome pode não ser tão conhecido quanto os magnatas da tecnologia ou os gigantes da indústria, mas dentro dos círculos financeiros, ele é reconhecido como uma verdadeiro rockstar. Desde sua posição como membro do Conselho de Supervisão da MEDIAWAN SA, chefe da Centerview Partners na França ou membro dos conselhos da BSkyB, Groupe Lucien Barrière e Derichebourg, ele tem desempenhado papéis cruciais que vão muito além dos números e das transações.

Matthieu Pigasse ostenta uma carreira distinta no Grupo Lazard, onde atuou como Chefe Global de Fusões e Aquisições e Consultoria Soberana, além de desempenhar o papel de CEO da Lazard France. Sua experiência financeira robusta o coloca na vanguarda das maiores transações de fusões e aquisições em todo o mundo, mas é o seu envolvimento em reestruturações de dívida soberana que o destaca ainda mais. De Argentina a Iraque, Grécia e Ucrânia, Pigasse demonstrou habilidade e destemor ao enfrentar os desafios financeiros mais complexos do nosso tempo.

No entanto, Pigasse não é apenas um titã das finanças; ele é também um mecenas apaixonado da mídia independente. Sua presidência na Les Nouvelles Editions Independantes (LNEI), onde detém 99,89% do capital social, é um testemunho de seu compromisso com a diversidade de vozes no espaço midiático. A aquisição da revista semanal Les Inrockuptibles em 2009 é apenas uma peça do quebra-cabeça de seu envolvimento no setor.

Anúncios

O ano de 2010 marcou um momento crucial quando, em parceria com Xavier Niel e Pierre Bergé, Pigasse tornou-se coproprietário do Grupo Le Monde, exercendo influência sobre o jornal diário, suas edições digitais e diversas revistas. Essa ação não foi apenas uma movimentação estratégica nos bastidores, mas uma afirmação do compromisso de Pigasse com a qualidade e diversidade na cobertura jornalística. Posteriormente, em 2014, ele ampliou sua influência ao adquirir a revista semanal francesa L’Obs, consolidando ainda mais sua presença no cenário midiático francês.

A incursão no mundo digital também fez parte da visão vanguardista de Pigasse. Em 2012, ele lançou a edição francesa do Huffington Post, proporcionando uma plataforma online para discussões e análises. Essa iniciativa destacou sua capacidade de antecipar as mudanças nas tendências de consumo de mídia e adaptar-se a elas. Mas seu envolvimento não parou por aí. Em 2015, Pigasse anunciou a aquisição da Radio Nova, seguida, em 2016, pela compra de uma participação acionária na VICE France, evidenciando sua busca constante por inovação e diversidade no cenário midiático.

A carreira de Matthieu Pigasse não se restringe apenas aos corredores financeiros e editoriais. Seu passado como assessor financeiro e industrial do ex-Ministro da Economia e Finanças francês, Dominique Strauss-Kahn, de 1997 a 1999, e posteriormente como Chefe de Gabinete do Ministro da Economia e Finanças, Laurent Fabius, o dotou de um conhecimento profundo do setor público e dos intricados regulamentos europeus. Sua formação na École Nationale d’Administration solidificou sua base educacional e preparou-o para enfrentar os desafios complexos do mundo financeiro e político.

Leia ou ouça também:  Mark Shuttleworth: milionário e filantropo

Surpreendentemente, por trás da fachada de um líder financeiro global, Pigasse mantém uma abordagem despojada da vida pessoal. Apesar de possuir uma fortuna estimada em 100 milhões de dólares, ele opta por uma vida desprovida de luxos excessivos. Sua escolha de não possuir carro e casa, preferindo viver em hotéis até pouco tempo atrás, revela uma filosofia de vida que valoriza experiências e realizações acima de bens materiais.

Além de suas paixões pelos negócios e pela mídia, Matthieu Pigasse revela uma faceta inusitada: sua paixão por jogos de videogame e pelo Punk Rock, especialmente pela icônica banda The Clash. Esses interesses ecléticos adicionam camadas intrigantes à personalidade de Pigasse, destacando que mesmo nas esferas mais sérias da vida, há espaço para o divertimento e a expressão artística.

Anúncios

É inevitável reconhecer a singularidade de Matthieu Pigasse no panorama global. Ele não é apenas um nome nas manchetes financeiras, mas um catalisador de mudanças no mundo da mídia e um exemplo de como a paixão pode transcender fronteiras aparentemente rígidas. Matthieu Pigasse, o rockstar das finanças globais, continua a inspirar uma geração de líderes a abraçar a diversidade, a inovação e a paixão em todas as facetas de suas vidas.

Última atualização da matéria foi há 7 meses


Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Facebook Comments

Espaço Publicitário:
Anúncios
Voltar ao Topo
Skip to content
Verified by MonsterInsights