Sua Página
Fullscreen

Mulheres subrepresentadas em muitos cargos

Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Embora a representação das mulheres entre as equipes das organizações de empregadores tenha dado sinais de melhora, elas ainda continuam subrepresentadas nos cargos de tomada de decisão. É isso que apresenta uma pesquisa da Organização Internacional do Trabalho (OIT), aplicada em 2023 em 95 associações empresariais, situadas em 87 países.

A persistente lacuna de gênero na gestão

Conforme o estudo, reportado no relatório “Women in business: How employer and business membership organizations drive gender equality” – “Mulheres nos negócios: como as organizações patronais e empresariais promovem a igualdade de gênero”, em português – na página 14, menos de uma em cada três das equipes alcançou equilíbrio de gênero ao nível de gestão, com 40% a 60% de mulheres gestoras. O levantamento aponta, ainda, que uma em cada 10 equipes não tem mulheres em cargos de gestão.

Desafios na percepção dos resultados

Outro destaque é que 49% dessas equipes ainda não têm a compreensão plena quanto à influência de seus esforços para a igualdade de gênero sobre os seus resultados.

O chamado da ONU para uma mudança estrutural

A Organização das Nações Unidas (ONU) reforça a necessidade de uma visão mais profunda para os direitos das mulheres. No relatório “Women, Business and the Law 2024” – “Mulheres, Empresas e a Lei 2024”, em português – a página 15 ressalta que as mulheres têm apenas 64% dos direitos legais dos homens, sendo mais representadas em vagas e setores mal remunerados. Em vista disso, neste Dia Internacional da Mulher, 8 de março de 2024, a organização internacional celebra a data com o tema “Invista nas mulheres: acelere o progresso”.

A contribuição dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS)

Para o fundador e principal executivo do Latin American Quality Institute (LAQI), Daniel Maximilian Da Costa, com base nos dados citados na página 18 do “Report Quality Festival 2023”, os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) formam uma agenda que traz caminhos seguros para iniciativas voltadas aos direitos das mulheres.

Leia ou ouça também:  Champions League sofre com êxodo de atletas

“A importância da mulher no mundo empresarial é uma realidade conhecida há tempo, inclusive por meio de estudos, que mostram que corporações com mulheres em postos de liderança têm melhor desempenho nos negócios. Contudo, é preciso ressaltar essa visão e implementar iniciativas que evidenciem direitos e benefícios dessas ações”, conclui.

Avanços tímidos

Apesar dos avanços em algumas frentes, a subrepresentação das mulheres em cargos de liderança persiste como uma questão premente em muitas organizações ao redor do mundo. Tanto os dados da OIT quanto os relatórios da ONU destacam a necessidade urgente de ações mais enérgicas e estratégicas para promover a igualdade de gênero no ambiente de trabalho. A celebração do Dia Internacional da Mulher não deve ser apenas um momento de reflexão, mas também um chamado à ação para garantir que as mulheres tenham as mesmas oportunidades e reconhecimento em todos os níveis organizacionais.


Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Facebook Comments

Espaço Publicitário:
* * * * * * * * * *
Voltar ao Topo
Skip to content
Verified by MonsterInsights