Anúncios
Sua Página
Fullscreen

Oscar 2023: filmes sobre constelação familiar

Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Que o cinema vai muito além da ficção, todo mundo já sabe. E a premiação do Oscar diz muito sobre isso. Entre as grandes indicações para a edição deste ano, alguns nomes abrangem um tema importante, e muito atual, que entra indiretamente no enredo da história: a constelação familiar.

A psicanalista e consteladora sistêmica familiar, Joseana Sousa, indica cinco sucessos do Oscar 2023 que explicam bem esse assunto e fazem o espectador expandir a consciência e abrir o coração. Entre as análises da especialista estão os indicados ‘Tudo em todo lugar ao mesmo tempo’, ‘A Baleia’, ‘Os Fabelmans’, ‘Aftersun’ e ‘Top Gun: Maverick’. Confira!

Tudo em todo lugar ao mesmo tempo

Anúncios

O filme já chega liderando como favorito ao prêmio principal, concorrendo a 11 categorias. O longa traz a história de Evelyn Wang, interpretada pela atriz Michelle Yeoh, uma imigrante chinesa que passa por grandes dificuldades à beira da falência. Como se não bastasse, ela ainda está em crise matrimonial e com a filha, que deseja apresentar a namorada para o avô, que é super “casca grossa”. Evelyn se vê à frente da existência do multiverso e na missão de derrotar um inimigo que pretende destruir todas as realidades.

Segundo Joseana, no filme, a personagem central busca entender o que aconteceu com seu pai, que desapareceu misteriosamente, e acaba descobrindo segredos e traumas da família que afetaram todos os membros de forma inconsciente. “Da mesma forma, na constelação familiar, o objetivo é trazer à tona questões ocultas ou mal resolvidas nas relações familiares para que possam ser compreendidas e solucionadas, trazendo alívio e cura para o indivíduo e para o sistema familiar como um todo. É importante olhar para as questões familiares de maneira consciente, a fim de superar ciclos repetitivos e vivenciar relações mais saudáveis e equilibradas”, explica.

A Baleia

Como uma grande aposta nesta edição do Oscar, A Baleia tem Brandan Fraser como Charlie, um professor de inglês que vive recluso e alcançou a obesidade severa após a morte do seu namorado. A trama ainda gira em torno da tentativa de Charlie em se reconectar com a filha adolescente, que se afastou por conta do seu relacionamento.

A especialista ressalta que a abordagem sistêmica da constelação familiar considera que o indivíduo é parte de um sistema maior, que inclui sua ancestralidade, sua cultura e seu ambiente. Assim, as dinâmicas e problemas que são apresentados na vida do indivíduo podem ter suas raízes nesse sistema mais amplo. “No caso do filme, as questões do personagem Charlie podem estar relacionadas com a dinâmica familiar e o histórico das relações e experiências desses membros”, completa a psicanalista.

Anúncios

A constelação familiar pode ajudar a trazer à tona essas questões não resolvidas e/ou ocultas, permitindo que elas sejam compreendidas e trabalhadas de forma consciente.

Os Fabelmans

Indicado a sete categorias, em Fabelmans, a história se passa após a Segunda Guerra Mundial, na qual, o pequeno Sammy (Gabriel LaBelle) vive com sua irmã, a mãe Mitzi (Michelle Williams) e o pai Burt (Paul Dano), no Arizona, Estados Unidos. Aos sete anos, Sammy já havia mostrado um incrível fascínio pelos filmes. O tempo passa, ele cresce, aprende sobre sua família e, incentivado pela veia artística da mãe, desenvolve seu talento a ponto de contar histórias através das câmeras.

Ao trazer uma abordagem sistêmica para o filme “Os Fabelmans”, segundo Joseana, pode-se perceber que os conflitos e desafios enfrentados apresentam raízes profundas na dinâmica familiar e em sua conexão com o sistema. O filme mostra como tradições, crenças, expectativas culturais e histórico de traumas podem influenciar a maneira como os membros da família se relacionam e enfrentam seus desafios. Essa abordagem pode ser uma ferramenta útil para trazer clareza e equilíbrio para a dinâmica familiar, permitindo que os membros compreendam melhor a si mesmos e uns aos outros, ressignificando suas relações e curando feridas emocionais profundas.

“Além disso, o filme também destaca a importância do diálogo e da comunicação para superar os conflitos e alcançar a harmonia. Por meio de conversas honestas e abertas, os membros da família podem encontrar soluções para seus problemas e fortalecer seus laços”, completa.

Aftersun

Anúncios

Em uma história repleta de memórias afetivas, Sophie, de 11 anos, aproveita o raro tempo com seu pai amoroso e idealista, Calum. Vinte anos depois, as lembranças de Sophie de suas últimas férias se tornam um retrato poderoso e doloroso do relacionamento deles, com memórias reais e imaginárias.

Joseana Sousa analisa que a história apresenta uma dinâmica complexa, com conflitos e ressentimentos ocultos que afetam a relação entre os membros da família. “A constelação familiar pode ser uma ferramenta útil para trazer luz e consciência para essas questões não resolvidas e permitir que os membros compreendam melhor uns aos outros e aceitem a vida como lhe foi apresentada, sem cobranças ou pesares”, destaca.

Ao representar a dinâmica familiar em uma constelação, é possível visualizar as relações e conexões entre cada indivíduo, incluindo aqueles que estão ausentes ou falecidos. Isso pode levar a novas perspectivas e compreensão dos problemas que afetam a dinâmica familiar e a vida dessa pessoa, ajudando a esclarecer as razões por trás do afastamento entre o pai e a filha, e também a superar as emoções negativas associadas a traumas passados. Além disso, a abordagem pode ajudar a ressignificar as relações familiares, permitindo que cada um encontrem novas formas de se relacionar.

Leia ou ouça também:  Inovação e Arte em Congresso Internacional

Top Gun: Maverick

Na sequência de Top Gun: Ases Indomáveis, vemos novamente a história de Pete “Maverick” Mitchell (Tom Cruise), um piloto à moda antiga da Marinha que coleciona muitas conquistas, medalhas de combate e grande reconhecimento pela quantidade de aviões inimigos já abatidos nos últimos 30 anos. Porém, nada disso foi suficiente para sua carreira decolar, visto que ele deixou de ser um capitão e tornou-se um instrutor. A explicação para esse declínio é simples: ele continua sendo o mesmo piloto rebelde de sempre, desafiando a morte. Nesta nova aventura, Maverick precisa provar que o fator humano ainda é fundamental no mundo contemporâneo das guerras tecnológicas.

Como psicanalista e também, pilota, Joseana comenta que uma das dinâmicas mais evidentes no filme é o deslocamento de papéis, a relação entre os personagens Maverick e Rooster. A morte do pai de Rooster é um evento traumático que afeta profundamente sua vida e seu comportamento. Na constelação familiar é possível observar como esse trauma afeta a forma como ele se relaciona com outras figuras paternas em sua vida, assim como o peso da responsabilidade assumida por Maverick. “Dentro das dinâmicas familiares, quanto mais nós tentamos impedir os eventos para que eles não se repitam, mais empurramos o destino para que aconteça novamente. Dentro dessa abordagem não cabe julgamentos, não cabe certo e errado, nem o que teria sido se… Aqui cabe aceitar as experiências como chegaram até você e fazer o melhor que podemos agora, honrando e respeitando o passado como foi”, explica.

Outra dinâmica que pode ser explorada é a relação entre Maverick e Charlotte (interpretada por Kelly McGillis). Durante a constelação familiar é possível perceber como as expectativas culturais e sociais em relação ao papel das mulheres afetam a dinâmica entre os personagens femininos e masculinos. Esse movimento pode ser entendido a partir das relações familiares que moldaram essas expectativas.

A abordagem de Bert Hellinger também pode ser utilizada para analisar a dinâmica entre os personagens masculinos e sua relação com a figura paterna. “Por exemplo, a relação entre Maverick e Tom Skerritt pode ser compreendida como uma dinâmica de lealdade inconsciente que tem suas raízes na relação de Maverick com seu pai”, completa a profissional.

Por fim, a constelação familiar pode ser utilizada para entender a dinâmica entre os personagens coletivamente. Assim, é possível identificar padrões emocionais e comportamentais que se repetem através das gerações e que afetam a dinâmica familiar como um todo. Assim como as dificuldades provenientes da quebra hierárquica.

Anúncios

Sobre Joseana Sousa:

Joseana Sousa (@joseanasousa) – Psicanalista, especialista em desenvolvimento humano e mentora com 36 anos, Joseana é natural do Maranhão e descobriu sua paixão pela psicanálise depois de passar por uma série de transformações em sua vida pessoal. Mãe empreendedora, a palestrante também é hipnoterapeuta e consteladora sistêmica familiar. Como grande destaque em sua trajetória, Joseana também não esconde sua paixão por aviões. É formada em ciência aeronáutica e foi a primeira mulher piloto maranhense, que depois de iniciar um processo de autoconhecimento, lançou seu primeiro livro ‘Caixa Preta’, onde conta sobre os ‘acidentes’ que mudaram a trajetória de sua vida e inspira os leitores a seguirem o caminho do autoconhecimento.

*Com participação da jornalista Yasmin Assagra.

Última atualização da matéria foi há 9 meses


Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Facebook Comments

Espaço Publicitário:
Voltar ao Topo
Skip to content
Verified by MonsterInsights