Sua Página
Fullscreen

Privacy: o crescimento do OnlyFans do Brasil

Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

A privacidade se tornou uma questão cada vez mais relevante nos dias de hoje, principalmente com a popularização das redes sociais e a coleta massiva de dados por parte das empresas. Nesse cenário, surgem plataformas como a Privacy, que oferecem uma experiência mais segura e controlada aos seus usuários.

Criada em São Paulo em 2020, a Privacy é uma plataforma online de conteúdo por assinatura que permite criadores venderem seus perfis para seus fãs no modelo recorrente mensal ou através do recurso pay-per-view. Com presença em diversos países da América Latina, incluindo Brasil, Chile, Argentina, México, Peru e Colômbia, a plataforma tem se destacado pela liberdade criativa que proporciona aos seus usuários.

A ideia por trás da Privacy é simples: oferecer uma forma de os criadores de conteúdo ganharem dinheiro com o seu trabalho sem precisar se submeter às regras e limitações das grandes plataformas. Assim, eles podem compartilhar conteúdo exclusivo e privado com seus assinantes em troca de uma taxa mensal.

Um dos principais atrativos da Privacy é a sua flexibilidade em relação aos pagamentos. Diferentemente de outras plataformas similares, a Privacy não exige que o usuário tenha um cartão de crédito internacional para se cadastrar e realizar pagamentos. Além disso, a plataforma aceita pagamentos por boleto e até mesmo Pix, o que a torna mais acessível e atrativa para o público brasileiro.

Outro aspecto importante da Privacy é a sua preocupação com a saúde emocional e as condições de trabalho dos criadores de conteúdo. A plataforma atua como voz ativa na representatividade social dos criadores e busca constantemente criar novos mecanismos para melhorar a experiência de compra dos assinantes.

O modelo de negócio da Privacy é bastante simples e vantajoso para os criadores de conteúdo. Eles podem escolher o valor que desejam cobrar por assinatura, desde que tenham sua conta aprovada e comprovem ser maiores de idade. Os nichos são amplos e não se restringem exclusivamente a conteúdo adulto, o que abre espaço para diversos tipos de criadores.

Os criadores de conteúdo ficam com 80% de todas as vendas realizadas na plataforma e pagam uma taxa de 20% para custear despesas administrativas. Não é preciso investir nenhum valor inicial e a taxa é paga apenas quando uma venda é realizada. Após as taxas de processamento, comerciais, administrativas (jurídico e suporte), a parcela da empresa é de aproximadamente 10%.

Com o crescimento da indústria do entretenimento personalizado, a Privacy tem ganhado cada vez mais espaço no mercado brasileiro. Influenciadores e criadores de conteúdo de renome têm buscado criar um perfil na plataforma como forma de compartilhar conteúdo privado com seus seguidores e, ao mesmo tempo, encontrar uma nova fonte de receita.

Leia ou ouça também:  Valéria Messalina: a imperatriz ninfomaníaca

Em 2022, a plataforma alcançou a marca de 2 milhões de usuários ativos, o que demonstra a sua crescente popularidade e relevância no cenário das redes sociais por assinatura.

O sucesso da Privacy pode ser atribuído a sua abordagem inovadora e ao seu modelo de negócio justo e transparente. Ao contrário de outras plataformas de conteúdo por assinatura, a Privacy não cobra nenhuma taxa inicial para se inscrever. Além disso, os criadores de conteúdo têm total liberdade para escolher o valor da assinatura e o tipo de conteúdo que desejam compartilhar com seus assinantes. Isso permite que os criadores sejam mais autênticos e criativos, o que, por sua vez, atrai mais fãs.

Outro fator importante é que a Privacy se preocupa com a saúde emocional e o bem-estar dos criadores de conteúdo, oferecendo suporte jurídico e psicológico quando necessário. A plataforma também incentiva a representatividade e a diversidade, dando voz a criadores de todas as raças, gêneros e orientações sexuais.

Embora a Privacy tenha sido inicialmente conhecida como uma plataforma de conteúdo adulto, a empresa está tentando expandir sua base de usuários para além desse nicho. A empresa está investindo em novas ferramentas e recursos para atrair criadores de conteúdo de outras áreas, como fitness, beleza e culinária.

O futuro da Privacy parece promissor, com a plataforma já estabelecida em vários países da América Latina e com uma base de usuários crescente. Com a demanda por conteúdo personalizado em alta, a Privacy está bem posicionada para continuar crescendo e se tornar uma das principais plataformas de conteúdo por assinatura no mundo todo.

Última atualização da matéria foi há 1 ano


Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Facebook Comments

Espaço Publicitário:
* * * * * * * * * *
Voltar ao Topo
Skip to content
Verified by MonsterInsights