Sua Página
Fullscreen

Uma sólida iniciativa na educação empresarial

Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

O portal Panorama Mercantil teve a oportunidade de entrevistar o cofundador do Clube Rampa, Reginaldo Pereira. Nesta entrevista exclusiva, exploramos as motivações por trás da criação do Clube Rampa e como Reginaldo Pereira e Tiago Oliveira uniram forças para lançar esta inovadora iniciativa de educação empresarial. Após uma carreira de 5 anos no mundo da inovação e startups, Reginaldo Pereira compartilhou sua jornada, que começou como um simples programa de TV e se transformou em uma S.A. Holding com três vertentes: uma empresa de mídia responsável pelo reality show “Batalha das Startups,” uma aceleradora de startups e uma empresa de investimentos para negócios promissores. Após vender a operação, Reginaldo decidiu investir em uma empresa de educação empresarial que aplicasse metodologias inovadoras para impulsionar negócios tradicionais carentes de desenvolvimento na gestão e estratégia. Descobrimos como a parceria com Tiago Oliveira, um empreendedor serial com um talento natural para networking, se tornou fundamental para alavancar o projeto. O Clube Rampa se diferencia notavelmente de outras iniciativas de educação empresarial por sua abordagem prática e orientada para a ação. A ênfase está em capacitar os empresários para solucionar os desafios de seus negócios de maneira ágil e aplicar aprendizados imediatamente em um ambiente caótico e incerto.

Reginaldo, qual foi a principal motivação por trás da decisão de fundar o Clube Rampa e como você e Tiago Oliveira se conheceram?

Após 5 anos com um programa de inovação e startups na Record News, tive a oportunidade de conhecer as mentes mais inovadoras do país e nesta jornada um simples programa de TV se tornou uma S.A. Holding controladora de 3 negócios: empresa de mídia dona do reality show Batalha das Startups, aceleradora de startups e empresa de capitais para investimentos nos 48 (quarenta e oito) negócios promissores descobertos pelo reality. Em dezembro último vendi a operação para um grupo controlado por um bilionário da lista Forbes do segmento da educação que assumiu a holding controladora e a apresentação do programa de TV e após o exit, decidi investir em uma empresa de educação empresarial que pudesse aplicar as metodologias inovadoras de construção de startups escaláveis em negócios tradicionais que são carentes de desenvolvimento na gestão e no plano estratégico.

O encontro com o sócio Tiago Oliveira deu-se por entender que ele, por ter um perfil de empreendedor serial e comunicação apurada, além de um dom natural de fazer networking, poderia escalar e alavancar nosso projeto.

Como o Clube Rampa se diferencia de outras iniciativas de educação empresarial no mercado?

Acredito em uma trilha prática para implantação imediata! Empresários não tem tempo a perder e não conseguem ficar presos na teoria, precisam aprender a solucionar os desafios de seus negócios de maneira ágil e aplicar no dia a dia que é caótico, incerto, áspero e solitário. Acreditamos em aprender na prática, ser inspirado por quem já realizou e venceu as etapas que estamos enfrentando e que a conexão de relacionamentos criados por um networking estratégico ajuda a qualquer negócio escalar e romper barreiras!

Quais são os nove produtos oferecidos pelo Clube Rampa para auxiliar gestores a aprimorar a gestão estratégica de seus negócios?

Os produtos da Rampa são basicamente definidos em 3 grupos:

1. educação empresarial com uma trilha de estruturação empresarial que produz um mapa de gestão personalizado para gestão do negócio;

2. networking e relacionamento, que proporciona conexões poderosas para o empreendedor acessar pessoas e empresas que auxiliam na jornada de crescimento.

3. mentoria e acompanhamento individual, onde existe a oportunidade do empreendedor ser ouvido e construir estratégias com a ajuda de um mentor experiente, além de validar seu produto e processos.

Por que você acredita que a conexão com líderes de empresas globais é tão importante para os membros do Clube Rampa?

Acredito que tudo o que estamos criando e/ou implantando em nosso negócio já foi feito por alguém em algum lugar do mundo, e líderes de empresas maiores têm acesso a relatórios de tendências, mapeamento de mercados e pesquisas de campo que um pequeno ou médio empresário não teria acesso, além de toda a experiência acumulada por um líder que vivenciou em sua jornada de crescimento os desafios empresariais comuns em qualquer negócio e mercado. Acredito também, que aprendemos muito quando geramos conexão com mercados diferentes do nosso. É incrível como soluções de outros segmentos muitas vezes servem para diversos outros segmentos.

Quais são os principais desafios que os empreendedores enfrentam ao longo de sua jornada, e como o Clube Rampa ajuda a superá-los?

Temos mapeados diversos desafios, até porque uma empresa serve para resolver um problema, e problemas não faltam no nosso país! Agora falando dos problemas do empreendedor para estar à frente de um negócio, temos o top 5:

1. Falta de dinheiro para investir no negócio e falta de capital de giro – falta um plano financeiro na maioria dos negócios;

2. Problemas na montagem do time de colaboradores e falta de mão de obra qualificada – a maioria não sabe contratar e tem dificuldade de demitir, e também não consegue treinar nem investir nos colaboradores;

Leia ou ouça também:  Caio Ribeiro do Vale fala da transformação digital

3. Produto desalinhado – Alguns produtos não têm margem de lucro ou são ruins, não são escaláveis, não possuem padronização, etc.

4. Marketing e vendas – A dificuldade de vender e comunicar corretamente o que o produto ou serviço resolve, além do alto custo e da ineficiência de campanhas publicitárias e a falta de um processo de vendas eficiente.

5. Vida pessoal e vida empresarial – a empresa se torna inimiga da família, “roubando” o empreendedor da família criando conflitos conjugais, distanciamento dos filhos, doenças e alto nível de stress. Como falei anteriormente empreender é algo solitário e demanda altas jornadas de trabalho, ajustar a vida pessoal é fundamental para ter qualidade de vida.

Por que vocês decidiram criar um espaço de networking exclusivo para empreendedores e gestores de alto desempenho?

Porque sabemos que é quase impossível praticar o desempenho sem que haja um ambiente propício para isso, porque os problemas puxam a energia do empreendedor para baixo, desgasta e provoca desânimo, ao ter a oportunidade de compartilhar a jornada com outros pares que estão na mesma sintonia, um ajuda o outro a crescer e manter o desempenho.

Quais são os critérios para escolher os líderes globais conectados aos membros do Clube Rampa?

Ser de verdade (Risos)… pode parecer difícil de acreditar, mas muitos “gurus” da internet falam de coisas que nunca viveram, ensinam o que aprenderam em livros sem nunca ter um CNPJ, que não fosse o da venda de cursos, por isso, o critério principal para alguém compartilhar sua jornada na Rampa é ter uma jornada de verdade com alto impacto provocado em seu segmento, não queremos histórias de sucesso apenas, queremos histórias inspiradoras que contém a verdade de empreender e superar as dificuldades do dia a dia.

Como o Clube Rampa aborda a questão da inteligência emocional e da liderança em seu programa de capacitação?

Faz parte da nossa essência tratar a parte emocional e motivacional dos empresários, porque sem motivação, não se age, sem ação não existem resultados, acreditamos que é 2% inspiração, 8% planejamento e 90% execução, o foco na execução precisa ser despertado por um alto nível de motivação em fazer o que precisa ser feito, encarar os desafios com muita fé, resiliência, paixão pelo que se faz e olho no lucro, porque o resultado de todo negócio de sucesso é sua capacidade de gerar caixa e captar investimentos.

Quais resultados concretos e casos de sucesso podem ser atribuídos às soluções oferecidas pelo Clube Rampa até o momento?

Negócios que chegaram aqui quase fechando as portas, empresários que estavam perdidos sem saber suas margens ou se estavam tendo lucro e, alguns que não sabiam negócios eram viáveis, e principalmente aqueles que tinham alcançado seu teto de faturamento e crescimento, estes casos refletem dores que enfrentamos que foram solucionados a partir de um diagnóstico feito através de nossa metodologia, aplicação de um plano de ação estratégico personalizado, conexão de networking estratégico para gerar negócios e inspiração proporcionada pelo ambiente altamente motivador de nossos encontros, tanto online como presenciais.

Por que é importante para os empreendedores buscar o conhecimento compartilhado por meio das experiências no Clube Rampa para alcançar o sucesso nos negócios?

Porque para ter uma empresa melhor, eu preciso ser um dono melhor, não há como desenvolver meu negócio se eu também não me desenvolver, é necessário se abrir para aprender o novo, para reconhecer os erros, para descobrir novos mercados e para tomar melhores decisões. Um negócio é feito de decisões e cada decisão reflete diretamente no sucesso do negócio que pode ser medido pela quantidade de clientes e pelo caixa. Como mensagem final gosto sempre de deixar claro para os empreendedores que o dono do negócio é o caixa!

Última atualização da matéria foi há 4 meses


Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Facebook Comments

Espaço Publicitário:
* * * * * * * * * *
Voltar ao Topo
Skip to content