Anúncios
Sua Página
Fullscreen

Tecnologia é aliada de hospitais ao otimizar gestão e custo

Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

A automatização dos processos de gestão empresarial chegou até o setor da saúde. Isso porque é cada vez mais comum encontrar clínicas e hospitais que aderiram aos sistemas de softwares de soluções em saúde em suas unidades, sejam públicas ou privadas. A tecnologia se tornou um instrumento de integração na saúde e impacta desde a entrada na unidade hospitalar ao acompanhamento do paciente. 

Segundo a pesquisa TIC Saúde, realizada há 10 anos pelo Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação, cerca de 80% dos enfermeiros tiveram acesso a dados dos pacientes de forma digital no ano passado

No quesito gestão, as mudanças geradas pelo uso da tecnologia durante o exercício das instituições de saúde também são significativas: otimização de custos, tempo demandado por funcionários para a realização de tarefas manuais e melhora da qualidade do atendimento são alguns exemplos. Além disso, o uso da tecnologia nos processos de gestão torna as operações mais seguras, já que os softwares tendem a possuir configurações confiáveis, a exemplo do rastreamento de dados.

Anúncios

De acordo com Mário Lonczynski, CEO da SPDATA, empresa de softwares de gestão de saúde, a tecnologia se tornou essencial para o bom funcionamento dos hospitais. “A tecnologia está revolucionando a gestão hospitalar, oferecendo soluções inovadoras para otimizar a eficiência operacional e reduzir custos. A automação de processos, a gestão eficiente de dados e os sistemas de monitoramento são apenas alguns exemplos de como a tecnologia se tornou uma aliada essencial para os hospitais. Ao adotar essas soluções, as instituições de saúde podem melhorar a qualidade dos cuidados, aumentar a eficiência e garantir que os recursos sejam utilizados de forma mais inteligente”, explica.

Ainda segundo Mário, a tecnologia desempenha um papel fundamental em todos os setores do ecossistema hospitalar. “Ao adotar soluções tecnológicas específicas para cada área, mas integradas entre si, é possível otimizar processos, melhorar a qualidade do atendimento e reduzir custos, beneficiando tanto os profissionais de saúde quanto os pacientes. As Santas Casas de Misericórdia, instituições filantrópicas que geralmente possuem orçamentos limitados, podem se beneficiar significativamente com a adoção de tecnologias no ambiente hospitalar. Essas instituições enfrentam desafios financeiros constantes para manter a qualidade do atendimento, e a tecnologia pode ajudar a superar essas dificuldades”, completa. 

Leia ou ouça também:  Grupo MOVE3 adquire um novo sorter da China

As dificuldades financeiras das instituições filantrópicas são motivadas pela falta de atualização da tabela do SUS. É o que aponta o Conselho Federal de Medicina (CFM). Como resultado, existem perdas acumuladas pelas instituições nos últimos anos. O uso da tecnologia, nesse caso, é uma alternativa para minimizar custos e aumentar a efetividade da prestação de serviços. 

SPDATA

A SPDATA é uma empresa de soluções em softwares de gestão empresarial aplicada ao setor da saúde que atua há 35 anos no mercado. Com sede em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, a empresa atende instituições de saúde de todo o Brasil, como clínicas, hospitais públicos, privados e filantrópicos. 

Anúncios

Um dos principais serviços oferecidos pela SPDATA são produtos de gestão automatizada que buscam atender todo o ecossistema hospitalar. Essas soluções tecnológicas são desenvolvidas para otimizar a operação hospitalar, melhorar a eficiência e reduzir custos. Além de terem o objetivo de ajudar a simplificar processos, melhorar a comunicação interna e facilitar a tomada de decisões.

Última atualização da matéria foi há 1 ano


Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Facebook Comments

Espaço Publicitário:
Anúncios
Voltar ao Topo
Skip to content
Verified by MonsterInsights