Sua Página
Fullscreen

500 milhões de reais em doações no Brasil

Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Mais de 500 milhões de reais já foram doados por empresas e pessoas físicas para projetos de desenvolvimento e não emergenciais, é o que aponta o Monitor das Doações, uma iniciativa da Associação Brasileira de Captadores de Recursos (ABCR), com o apoio do GIFE. A plataforma contabiliza diariamente doações com valor igual e/ou superior a R$ 3 mil e que são divulgadas publicamente, e já registrou, até o mês de julho, 124 doadores, sendo a Petrobras a empresa que mais contribuiu, informando que doará R$ 280 milhões até o final do ano.

Outras empresas também fizeram doações expressivas, como o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), com R$ 66 milhões, Cacau Show, com R$20 milhões, e Grupo Heineken, com R$15 milhões. Em relação às doações de pessoas físicas, Lia Maria Aguiar foi a que registrou a maior doação, com R$ 40 milhões. Um dado importante registrado no Monitor é que 80% do total de doações computadas têm origem nas empresas, 14% em pessoas físicas e 6% em fundações e associações privadas.

“As empresas estão cada vez mais preocupadas em dar transparência às doações realizadas, tornando-as públicas. O mesmo ainda não acontece com os doadores individuais, e por isso eles representam apenas 15% do que o Monitor somou até agora. Nós esperamos que cada vez mais as pessoas e famílias que realizam grandes doações falem sobre elas e inspirem ainda mais pessoas a doar”, comenta João Paulo Vergueiro, diretor executivo da ABCR.

Sobre o Monitor das Doações

Com o objetivo de entender como se expressa em números a generosidade no Brasil, e promover ainda mais solidariedade por meio de doações, a ABCR, com apoio do GIFE, em parceria com o Movimento por uma Cultura de Doação, Instituto Mol, Movimento Bem Maior, Morro do Conselho e Fundação José Luiz Egydio Setúbal, lançou no início de 2022 uma nova e permanente versão do Monitor das Doações, em continuidade à versão anterior mantida durante o momento mais grave da Covid-19. A plataforma reúne dados que poderão ser utilizados para pesquisa e estudos sobre doações no país, proporcionando uma oportunidade a filantropos, pesquisadores e profissionais do terceiro setor acompanharem os números em tempo real.

Além de acompanhar as notícias públicas sobre doações, em jornais, revistas, etc., o Monitor também oferece a possibilidade de os doadores informarem diretamente as contribuições filantrópicas que elas sejam inseridas. Para tornar pública a doação e o nome de quem doa é necessário enviar um e-mail para contato@diadedoar.org.br com informações sobre a doação (ou doações) e o valor. Para consultar o Monitor das Doações, acesse www.monitordasdoacoes.org.br.

Leia ou ouça também:  Prioridades no combate ao desperdício alimentar

Mais de R$ 7 bi foram arrecadados na pandemia

Os dados do último Monitor das Doações Covid-19, outro projeto criado pela ABCR para acompanhar o movimento de solidariedade que surgiu com a pandemia do novo Coronavírus em 2020, alcançou no início do segundo semestre de 2021 R$ 7 bilhões em doações, um recorde absoluto na história recente de doações para emergências no país.

Sobre a ABCR:

A ABCR (Associação Brasileira de Captadores de Recursos) (https://captadores.org.br) reúne e representa os profissionais de captação, mobilização de recursos e desenvolvimento institucional, que atuam para as organizações da sociedade civil no Brasil. Lidera campanhas, eventos e uma série de outras iniciativas de fortalecimento do setor e de apoio a quem atua por uma sociedade mais justa e democrática.

Sobre o GIFE:

O GIFE – Grupo de Institutos, Fundações e Empresas – é uma plataforma de fortalecimento da filantropia e do investimento social privado no Brasil. Promove espaços de diálogo e colaboração entre as organizações, produz e compartilha conhecimento a partir de pesquisas, análises e debates, buscando referências inovadoras para o constante aprimoramento da atuação dos associados e para o fortalecimento do setor.

*Com participação da jornalista Jéssica Amaral.

Última atualização da matéria foi há 5 meses


Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Facebook Comments

Espaço Publicitário:
* * * * * * * * * *
Voltar ao Topo
Skip to content