Sua Página
Fullscreen

Alain Delon: “quero morrer, a vida acabou”

Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

O caso envolvendo Alain Delon, ícone do cinema francês, revela uma narrativa intricada que vai além dos holofotes e glamour de sua notável carreira. Em julho de 2023, uma equipe de gendarmes adentrou a residência do ator, situada em Douchy, ao sul de Paris, para recolher seu depoimento no contexto de uma investigação sobre alegados abusos cometidos por sua assistente, Hiromi Rollin. O que deveria ser uma averiguação padrão rapidamente se transformou em uma janela para o suplício enfrentado por Delon, então com 88 anos. A fragilidade física e mental do renomado ator se tornou evidente durante o interrogatório, onde se descreveu um Delon debilitado, adormecendo em diversos momentos e incapaz de articular frases coerentes, apoiado em muletas. A investigação, desencadeada pelas acusações de abuso apresentadas por seus filhos, revelou uma teia complexa de relações familiares, disputas sobre o testamento, alegações de manipulação e a luta pela preservação do legado de Delon. A preferência paterna por Anouchka, filha do meio, se torna um elemento central na narrativa, com revelações póstumas e disputas judiciais exacerbando as tensões internas. O desejo expresso por Delon de morrer, somado a alegações de abuso mútuo e uma estratégia para mudar sua residência para a Suíça, intensificam a complexidade deste caso, lançando dúvidas sobre o futuro do legado artístico e pessoal de Alain Delon. Este intrigante episódio transcende a tela, proporcionando uma visão única dos bastidores tumultuados da vida de uma lenda cinematográfica.

20 aspectos sobre o delicado estado de saúde do astro francês:

O frágil estado de saúde de Alain Delon

Alain Delon, aos 88 anos, enfrenta um suplício físico e mental devastador, revelado em julho de 2023 durante um interrogatório policial. Descreveu-se o icônico ator como debilitado, adormecendo durante o questionamento, mal conseguindo falar coerentemente e apoiado em muletas.

A investida policial em Douchy

Em 13 de julho, gendarmes foram até a residência de Delon, ao sul de Paris, investigando acusações de abuso de fraqueza contra sua assistente, Hiromi Rollin. Alegações feitas por seus filhos, preocupados com possível manipulação do testamento por Rollin.

Relacionamento conturbado com Hiromi Rollin

Delon descreve uma relação tumultuada com Rollin, inicialmente pessoal e profissional, evoluindo para algo “mais íntimo”. Ele a acusa de pressioná-lo a se casar, revelando a manipulação calculada que alega ter sofrido.

Tentativas de convencimento ao casamento

O ator afirma que Rollin buscava sua fortuna, tentando convencê-lo a casar-se. Uma carta de fevereiro de 2023 revela a insistência dela: “O melhor presente que você pode me dar é ter seu sobrenome”.

Abuso verbal e físico mútuo

Delon admite abuso verbal e físico, argumentando que foi mútuo, ocorrendo em resposta a ataques físicos. Alegações contraditórias emergem, mas a fragilidade mental do ator é destacada nos exames médicos.

Alertas dos médicos sobre o risco de suicídio

Exames concluem que Delon carece de discernimento, com risco significativo de suicídio. Um médico, após visita em 20 de julho, destaca a “moral muito fraca” do ator e seu desejo explícito de morrer.

Investigação sem evidências conclusivas

Análises de telefones e interrogatórios não corroboram as acusações dos herdeiros. Alegações de abuso por Rollin parecem não ter fundamentos, expondo as tensões familiares em meio ao processo.

Disputa pela herança na família Delon

Os três filhos do ator, fruto de diferentes relacionamentos, revelam divergências internas durante o julgamento contra Rollin. Acusações de ocultação de informações sobre a saúde do pai e disputas judiciais se intensificam.

Preferência paterna e testamento revelador

Anouchka, filha do meio, emerge como a preferida no testamento, recebendo metade da herança. Revelações póstumas de Delon desencadeiam disputas entre herdeiros sobre seu real estado de saúde.

Planos de mudança para a Suíça

Anthony, o filho mais velho, planeja levar Delon para a Suíça, buscando evitar questões fiscais na França após a morte do pai. Conflitos surgem entre os herdeiros sobre o local desejado para o falecimento do ator.

Revelações sobre a saúde ocultadas

Anthony acusa a meia-irmã de esconder informações cruciais sobre a saúde do pai. Alain-Fabian, irmão e filho de Delon, apoia as alegações, aprofundando as divisões familiares.

Legado comprometido por disputas judiciais

As disputas judiciais e acusações públicas comprometem o legado de Alain Delon. A mídia se torna palco para as tensões familiares, enquanto os herdeiros lutam por controle e reconhecimento.

Estratégias para preservar o legado

Anthony e Alain-Fabian buscam preservar a vontade do pai, enquanto Anouchka persiste em manter o ator em Douchy. Estratégias para garantir o legado revelam a complexidade da situação.

Suicídio: Uma sombra constante

O desejo explícito de Delon de morrer, expresso em diversas ocasiões, lança uma sombra constante sobre o caso. Preocupações com seu estado mental e alegações de manipulação agravam ainda mais a situação.

Desdobramentos na residência de Douchy

A luta pelo destino de Delon se desenrola na residência de Douchy, onde ele construiu sua vida. Conflitos entre herdeiros revelam não apenas diferenças legais, mas também emocionais.

A preferida e a herança dividida

Anouchka, favorecida no testamento, enfrenta a oposição dos irmãos quanto à divisão da herança. A preferência paterna, agora revelada, intensifica as tensões entre os herdeiros.

Pressões para mudança de residência

O plano de levar Delon para a Suíça enfrenta resistência daqueles que desejam mantê-lo em Douchy. A batalha judicial se desdobra em meio a acusações e confrontos familiares.

Legado artístico ofuscado pela controvérsia familiar

A renomada carreira de Delon é ofuscada pela controvérsia familiar. A batalha pela herança e as alegações de abuso lançam uma sombra sobre suas conquistas artísticas.

Reflexos na mídia e na opinião pública

A disputa familiar e as revelações sobre a saúde de Delon ecoam na mídia, moldando a percepção pública do icônico ator. Opiniões divididas sobre quem detém a verdade se intensificam.

Desfecho incerto para o legado de Alain Delon

Com acusações, disputas judiciais e um legado prestigiado em jogo, o futuro de Alain Delon permanece incerto. A saga familiar continua a desenrolar-se, deixando a herança do renomado ator em uma encruzilhada.

Última atualização da matéria foi há 1 mês


Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Facebook Comments

Espaço Publicitário:
* * * * * * * * * *
Voltar ao Topo
Skip to content