Sua Página
Fullscreen

Comprar um imóvel em um leilão é vantajoso?

Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Assim como carros, jóias ou obras de arte, você também pode comprar um imóvel através de leilão. Encontrando o bem nas condições adequadas, esse pode ser um negócio bastante lucrativo.

Contudo, para realmente fazer uma boa compra, é preciso ficar atento a alguns pontos ou você corre o risco de acabar gastando altos valores com reformas, impostos e outras despesas inesperadas.

A seguir, saiba o que analisar antes de comprar um imovél em leilão!

Quando o imóvel vai a leilão e como ele funciona?

Diferentes tipos de dívidas, como as trabalhistas, contratuais ou tributárias podem gerar ações judiciais, que determinam a venda de um imóvel do devedor para sua quitação. Nesses casos, os imóveis passam a ser objeto de um leilão judicial.

Ou seja, um imóvel vai a leilão judicial quando seu proprietário não detém outros meios para saldar uma dívida cobrada na justiça. Contudo, também existe o leilão extrajudicial onde o proprietário pode leiloar o imóvel por motivos diversos.

Como funciona?

Embora o leilão judicial possa parecer extremamente burocrático, o leilão é um processo relativamente fácil, que pode ser resumido em 4 etapas:

1. Publicação do Edital: O leiloeiro divulga o documento estabelecendo valor da venda, local, data e horário do leilão, além das informações gerais do imóvel;

2. Primeira Praça, ou primeira rodada de lances: Nessa etapa não são aceitos lances menores do que o valor da avaliação do bem;

3. Segunda rodada de lances e arremate: Se não houver interessados na primeira rodada, os lances poderão ser menores que o valor da avaliação. O valor mais alto arremata o imóvel.

4. Pagamento: deve ser feito de forma imediata por meio de depósito judicial. Em caso de parcelamento, que pode ser em até 30 vezes, é preciso dar um sinal de 25% do lance. Contudo, para que isso aconteça é preciso uma proposta para pagamento à vista e uma previsão no edital.

É vantajoso comprar imóvel em leilão?

Pode valer sim, por ser um bem com valores muito abaixo do mercado. Contudo, é preciso tomar certos cuidados. Vejamos:

Leia ou ouça também:  Pinnacle na Brazilian iGaming Summit 2022

● Ler atentamente o edital e avaliar as condições de preço, dados do imóvel, previsões de pagamento, entre outros;

● Fazer uma visita ao imóvel para saber mais sobre sua localização e conservação da propriedade;

● Realizar uma pesquisa de preço para constatar se o valor realmente está abaixo de um imovél novo.

Também é recomendado contratar um profissional especializado em direito imobiliário para garantir a segurança da transação. O advogado vai te ajudar a verificar, entre outras coisas, se o imóvel tem dívidas e as condições de posse.

Além disso, você deve considerar se o imóvel precisará de reformas e os custos extras que isso pode representar.

Conclusão

Observando-se todas as condições e com a ajuda de um advogado, comprar um imóvel em leilão pode sim ser um ótimo negócio. Seja para morar, seja para ter como um investimento, essa pode ser uma forma de lucrar com esse bem.

Para quem deseja investir em imóveis dessa maneira, a CashMe oferece ótimas opções de empréstimo com garantia de imóvel, com taxas de juros baixíssimas e longo prazo de pagamento fica ainda mais fácil comprar seu imóvel em leilão.

Última atualização da matéria foi há 3 meses


Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Facebook Comments

Espaço Publicitário:
* * * * * * * * * *
Voltar ao Topo
Skip to content