Exercícios de alto impacto: entenda como fazê-los

Com a chegada do ano novo, uma das primeiras coisas que as pessoas decidem fazer é iniciar uma rotina de atividade física. E é possível que, na busca por resultados mais rápidos, elas optem pelos exercícios de alto impacto. Só que, apesar de trazerem grandes benefícios, como queima de calorias, fortalecimento muscular e melhora da saúde cardiovascular, é de extrema importância tomar alguns cuidados. Isso porque crossfit, corrida, tênis, basquete, zumba, entre outros, exigem mais esforço, explosão e força dos praticantes, o que condiciona a um risco maior de sofrer lesões.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Medicina do Esporte, eles também elevam a possibilidade de mulheres – com predisposição – desenvolverem incontinência urinária de esforço.

Se você não tiver o preparo necessário, pode acabar se machucando e nem conseguir tirar proveito do que essas atividades são capazes de proporcionar para a saúde.

Quais os cuidados necessários para fazer exercícios de alto impacto

O primeiro cuidado que você deve tomar precisa acontecer antes de iniciar a prática: buscar a orientação de um profissional de educação física ou um médico.

Somente um especialista conseguirá te ajudar a entender qual o tipo de exercício ideal para o seu corpo, idade e condicionamento físico atual.

É essencial compreender que exercícios de alta intensidade são indicados para quem já se exercitava há algum tempo e não possui restrições, como doenças crônicas nas articulações ou nos ossos e lesões prévias.

E isso não significa que correr ou jogar vôlei não seja para todo mundo – apenas que é necessário conversar com um profissional antes para entender quais são as suas limitações. Às vezes, você até está liberado para praticar crossfit, mas precisa começar com exercícios mais leves para o corpo ir se acostumando.

Tenha em mente também que não existem fórmulas milagrosas. Ainda que, teoricamente, os exercícios de alto impacto tragam resultados visíveis mais rápido, eles irão sumir na mesma velocidade se não houver constância e cuidados no processo.

Por fim, lembre-se que toda atividade física faz bem para a saúde do organismo e da mente.

Se o seu corpo ainda não estiver pronto para a alta intensidade, outras opções, como natação, caminhada, ioga e andar de bicicleta, também irão ajudar na perda de peso, condicionamento físico, diminuição do colesterol e bem-estar emocional.

Não tem mal nenhum em iniciar com mais leveza – o importante é dar o primeiro passo.

Compartilhar:
Tags:
Voltar ao Topo
Skip to content