William Rego: “É uma realidade que veio para ficar”

produtos da Target

Disponível para download na Google Play Store, a TARGET Conta Digital é um banco na boleia, pensado exclusivamente para que o caminhoneiro possa ter maior controle de gastos e a total gestão financeira do seu negócio de modo fácil, rápido e seguro, durante suas viagens. Sem cobrança de mensalidade, a ferramenta oferece todos os benefícios de um banco virtual, incluindo a possibilidade de transferências entre contas TARGET ou para outros bancos, pagamento de contas via boleto, emissão de comprovante de rendimentos, além de algumas funcionalidades específicas para o caminhoneiro, como visualização de documentos de CIOTs e Vale-Pedágio, transmitindo on-line para a ANTT, o que torna a viagem protegida pelas câmeras de fiscalização da agência reguladora. “Em breve teremos uma nova funcionalidade que é o cálculo do Frete Mínimo direto do aplicativo”, conta William Rego, diretor de tecnologia e produtos da empresa. Outra tecnologia que pode ajudar na gestão do negócio de frete é o aplicativo Fretefy, uma espécie de Uber logístico, que permite a negociação de transportes de cargas entre embarcador e caminhoneiro, sem intermediários, e com rotas vantajosas para o motorista. A solução possibilita o agendamento do frete de retorno com antecedência, de forma fácil, rápida e segura, evitando que o caminhoneiro fique sujeito a aceitar um valor abaixo do mercado, para não voltar vazio e ter prejuízo.

William, como é ser um diretor de produtos num dos momentos mais complexos da história?

Estamos no que alguns especialistas chamam de 4ª Revolução Industrial, que representa uma mudança na forma como as pessoas vivem, trabalham e se relacionam entre si. Um momento que traz novidades nos padrões de comando, chamada de liderança 4.0, que puxa consigo a Transformação Digital, acelerada e constante, essa mudança promove grandes desafios e, por estar em franca expansão, esse movimento traz também grandes oportunidades. Nesse sentido, é desafiador e também muito gratificante criar uma plataforma moderna e robusta, pensada exclusivamente para o setor de transportes do Brasil.

Por que é fundamental que os caminhoneiros melhorem a gestão financeira para aumentar a lucratividade?

Historicamente, a classe de caminhoneiros do Brasil, por estar na ponta do processo logístico, sempre sentiu as oscilações econômicas do mercado. A educação financeira é super importante, mas nunca motivada pelos diversos órgãos como deveria ser. Para aumentar a lucratividade, é preciso saber precificar o serviço, com uma boa margem entre os gastos e o que irá receber e, de preferência, reduzindo ao máximo os custos operacionais. Porém, muitas vezes, o caminhoneiro não sabe sequer fazer esses cálculos. E também não tem ideia de como reduzir seus gastos. Com a chegada de aplicativos simples e inteligentes, torna-se cada vez mais fácil oferecer novidades e incluir o caminhoneiro nessa cultura econômica, levando facilidades para que ele possa fazer essas contas de forma automática e, dessa forma, consiga gerir o seu negócio de maneira mais rentável. Por isso, a partir do momento que o caminhoneiro adere tecnologias como a nossa, o aumento da lucratividade é muito maior.

Como o uso de novas tecnologias pode fazer com que isso seja realizado?

As novas tecnologias devem principalmente entender o seu público, saber o que de fato o caminhoneiro precisa no seu dia a dia. Tenho uma forma de deixar sucinta essa explicação afirmando que “produto bom é aquele que seu cliente diz que é bom!”. Pesquisas direcionadas ajudam muito a produzir uma tecnologia sob medida, desta forma o produto se torna fácil de usar, útil, gera percepção de valor, se torna mais frequentemente usado, portanto, atinge seu objetivo final: inclusão às novas tecnologias e ajuda para o caminhoneiro escalar sua receita. Nossas soluções têm sempre como objetivo uma boa experiência dos usuários. Além disso, promovemos treinamentos para uso eficiente dos recursos disponíveis e prestamos informações sobre todas as regras e resoluções da ANTT que abrangem o setor de Transporte Rodoviário de Cargas.

Quais outras ações administrativas são fundamentais para que isso ocorra?

Em primeiro lugar, é fundamental iniciar os cálculos respeitando a tabela do Frete Mínimo. Outra dica é ter um controle claro de despesas e recebimentos, para que os ganhos não fiquem comprometidos. O caminhoneiro precisa calcular exatamente quanto irá gastar naquele transporte, antes de fechar um contrato. Nesse cálculo, precisa entrar gastos com pneus, distância, peso da carga, gastos com combustível, diárias trabalhadas, paradas para alimentação e descanso, Vale-Pedágio, entre outros custos operacionais. Eles devem ser somados ao valor total, preservando o valor bruto previsto na legislação vigente.

Como a automatização nesse setor se torna um ingrediente necessário para uma maior assertividade nesse mercado?

Sempre penso na escala produtiva do Brasil. Precisamos criar tecnologias para melhorar a eficiência de execução. A tecnologia deve ser pensada e utilizada como ferramentas de aceleração. Por isso, acredito que não só no setor logístico, mas em todo setor industrial, precisamos de constantes avanços tecnológicos. Já no campo da inovação, acredito que estamos inovando quando permitimos que nossos clientes e parceiros inovem, é isso que nos propomos a entregar para o mercado “Inovação” no real sentido da palavra, por este motivo, acredito na automatização como ingrediente.

Quais os obstáculos para que essa automação seja total?

O maior desafio está em implementar a transformação digital. Isso significa repensar o investimento em tecnologia, buscando promover uma mudança de pensamentos nos modelos de negócios e processos. Precisamos de uma mudança cultural, que mexa constantemente com o Status quo. Se estivermos conscientes que, em uma economia digital, precisamos melhorar a experiência do cliente, ter agilidade operacional, força de trabalho capacitada e uma integração total, utilizando tecnologia de ponta, vencemos os primeiros obstáculos.

Sem o gerenciamento financeiro e administrativo essa lucratividade escapa pelos dedos. Quais soluções são trazidas pela TARGET para esse mercado?

Trazemos tecnologias que permitem gestão em toda a cadeia logística. Temos ferramentas voltadas para embarcadores e transportadoras, que permitem melhorar a gestão do pagamento das viagens, através de soluções integradas à TARGET Conta Digital. Para os caminhoneiros, temos um super aplicativo que permite o gerenciamento de toda sua receita, controles de fiscalização e todo um Marketplace de soluções pensadas especialmente para ele. Para os postos de combustíveis e estabelecimentos no entorno de suas viagens, temos uma rede de benefícios que só o caminhoneiro pode usufruir, gerando valor para o estabelecimento visitado e para o caminhoneiro consumidor. Ou seja, temos soluções para todas as etapas e para todos os envolvidos no processo de transporte.

Como é feito o cálculo para que o frete seja sempre pago de acordo com a tabela da ANTT?

Hoje nossa solução realiza o cálculo do frete observando a distância e a carga transportada. Esse cálculo automático é sugerido para a transportadora e pode ser utilizado pelo nosso sistema Web ou até mesmo através de nossas inteligências on-line (API).

O mercado de meios de pagamentos para o setor de transportes está passando pela crise com segurança?

Segundo dados do Banco Central (BC), as transações por internet banking e mobile banking subiram 4% e 17%, respectivamente, em relação a 2019. A pandemia colocou os meios de pagamentos eletrônicos em evidência e isso fortaleceu o uso de novas tecnologias de meios de pagamentos. Portanto, diria que sim, o setor não só passou pela crise com certa margem de segurança, como foi de certa forma favorecido pelas regras de distanciamento, que impulsionaram tudo o que gira em torno da internet. E com o setor de transportes não foi diferente. A busca por soluções de pagamentos digitais é crescente. É uma realidade que veio para ficar.

Como a TARGET entendeu as demandas desse mercado em sua visão?

A TARGET entende que o setor de logística precisa de soluções financeiras cada vez mais completas, que ajudem no crescimento das empresas, nosso objetivo é ser parceiro das empresas do setor de transportes. Quando percebemos a necessidade de crédito do setor, por exemplo, nos tornamos securitizadora de crédito para poder atender a essa demanda, dessa classe tão importante para a economia de todo o país, uma vez que 80% dos transportes de mercadoria no país são feitos por via terrestre. Hoje oferecemos serviços como antecipação de recebíveis e empréstimo pessoal para o caminhoneiro, com taxas bem competitivas e processo de aprovação facilitado.

Quais outras soluções você poderia citar?

Disponível para download na Google Play Store, a TARGET Conta Digital é um banco na boleia, pensado exclusivamente para que o caminhoneiro possa ter maior controle de gastos e a total gestão financeira do seu negócio de modo fácil, rápido e seguro, durante suas viagens. Sem cobrança de mensalidade, a ferramenta oferece todos os benefícios de um banco virtual, incluindo a possibilidade de transferências entre contas TARGET ou para outros bancos, pagamento de contas via boleto, emissão de comprovante de rendimentos, além de algumas funcionalidades específicas para o caminhoneiro, como visualização de documentos de CIOTs e Vale-Pedágio, transmitindo on-line para a ANTT, o que torna a viagem protegida pelas câmeras de fiscalização da agência reguladora. Em breve teremos uma nova funcionalidade que é o cálculo do Frete Mínimo direto do aplicativo. A TARGET oferece ainda outras soluções como o TARGET Frete, que é voltado para empresas que terceirizam o serviço de logística e atende às resoluções n° 2.885/08 e 5.862/19, da ANTT, permitindo fazer as programações de pagamentos de forma simples e segura, além do gerenciamento de todas as transações financeiras, inclusive com a possibilidade de acompanhar extratos do transportador em tempo real. A plataforma permite a geração do CIOT e Vale-Pedágio Obrigatório, de forma automática e integrada, atendendo à legislação vigente.

Para pagamento de pedágio, é possível optar por duas formas, Cartão ou TAG do caminhoneiro, que são aceitos em 100% das praças de pedágios, dispensando o uso de senha. Para pagamento do Frete, o cartão com bandeira Visa Cargo permite que o caminhoneiro realize saques em caixas da rede 24h e compras nos estabelecimentos credenciados, podendo ainda transferir valores para a conta corrente do titular do cartão, evitando riscos de transportar grandes quantias. Além disso, o roteirizador dinâmico, possui preços de pedágios constantemente atualizados, fornece o custo da rota, média de consumo de combustível e tempo aproximado da viagem. Com o cálculo de despesas realizado pelo roteirizador, a empresa evita problemas operacionais de pagar a mais ou a menos para o deslocamento do veículo, podendo ainda calcular a melhor rota para entrega da carga, com valores de pedágio atualizados. Oferecemos ainda o Sistema TARGET Empresa, que é voltado para empresas com frota própria, e proporciona uma gestão ainda mais completa de todas as despesas referentes ao transporte rodoviário de cargas, de maneira ágil, fácil e segura, com cartões Pré-Pagos e de Crédito (de instituições que já são clientes Bradesco). A solução oferece, ainda, serviços adicionais como monitorias automáticas de CNH dos motoristas e multas de seus veículos, gestão da ordem de abastecimento.

Podemos citar, ainda, algumas soluções oferecidas por alguns parceiros como o aplicativo Fretefy, uma espécie de Uber logístico, que permite a negociação de transportes de cargas entre embarcador e caminhoneiro, sem intermediários, e com rotas vantajosas para o motorista. A solução possibilita o agendamento do frete de retorno com antecedência, de forma fácil, rápida e segura, evitando que o caminhoneiro fique sujeito a aceitar um valor abaixo do mercado, para não voltar vazio e ter prejuízo. Já o Maplink Routing Plataform, permite uma melhor roteirização para que o caminhoneiro tenha uma boa redução de custos nas operações de transporte – com combustível e pedágios, por exemplo – sem interferir na qualidade das entregas. Todas essas ferramentas permitem que o caminhoneiro tenha não só uma maior margem de lucro, mas mais qualidade, agilidade e segurança em suas operações. São soluções fáceis de usar, pensadas para o caminhoneiro!

Compartilhar:
Voltar ao Topo
Skip to content