Sua Página
Fullscreen

Alimentação na Terceira Idade: dieta correta pode reduzir o risco de doenças

Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

De acordo com o Ministério da Saúde, cuidar da alimentação na terceira idade é fundamental para garantir uma vida saudável e diminuir o risco de doenças comuns nessa fase, como a pressão alta e a diabetes.

A afirmação da pasta é corroborada pela pesquisa exposta no livro Aspectos biopsicossociais do envelhecimento e prevenção de quedas na terceira idade, da Rede Euroamericana de Matricidade Humana,  segundo o qual uma dieta equilibrada é capaz de evitar a perda cognitiva em idosos e minimizar os efeitos do tempo sobre o organismo.

Nesse sentido, alimentos ricos em nutrientes como cálcio e vitaminas desempenham um papel crucial para o funcionamento correto do organismo dos idosos, conforme aponta o manual Alimentação saudável para a pessoa idosa. Profissional da área de nutrição da rede AmorSaúde, parceira do Cartão de TODOS, Lorena Ellen Da Silva Lima, destaca que além do cálcio e das vitaminas, há uma série de elementos indispensáveis na dieta de idosos para garantir seu bem-estar.

“Em dietas de idosos não pode faltar: cálcio, tendo em vista que a osteoporose é bem comum nesta população; ferro, porque é comum idosos apresentarem anemia; zinco, que atua na modulação do sistema imunológico; fibras, capazes de prevenir a constipação intestinal, além de ajudar na prevenção da diabetes, colesterol alto e câncer de cólon; ômega 3, que beneficia o sistema imunológico e previne doenças cardiovasculares; proteína, que ajuda no ganho de massa muscular, tendo em vista que idosos são muito propensos a ter sarcopenia; vitamina D, devido ao fato de que a absorção de cálcio depende da presença dessa vitamina e vitaminas do Complexo B, que atuam nas funções cognitivas”, destaca Lorena Ellen Da Silva Lima, profissional da área de nutrição da rede AmorSaúde, parceira do Cartão de TODOS.

Leia ou ouça também:  Empresárias brasileiras reúnem centenas de mulheres em Lisboa e Paris

Com esses elementos como base para a dieta, há ainda alguns cuidados que podem ser considerados na hora do preparo das refeições, de acordo com a profissional. Entre eles estão o investimento em alimentos de “gorduras boas” e o uso de temperos naturais em substituição ao excesso de sal.

Segundo a profissional de nutrição da AmorSaúde, uma dieta equilibrada na terceira idade não apenas supre as necessidades do corpo, mas também fortalece o sistema imunológico, tornando-o mais resistente a doenças comuns dessa fase da vida, além de fortalecer os laços afetivos por meio dos alimentos. “Quantas vezes comemos aquela comidinha de vó e nos lembramos da nossa infância ou de uma reunião no domingo com a família? Comida é muito mais do que apenas nutrientes, envolve sentimentos, significados e emoções”, pontua Lorena Ellen Da Silva Lima.

Última atualização da matéria foi há 10 meses


Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Facebook Comments

Espaço Publicitário:
* * * * * * * * * *
Voltar ao Topo
Skip to content
Verified by MonsterInsights