Anúncios
Sua Página
Fullscreen

A pornochanchada foi sustento do cinema BR

Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Nos anos 1970 e início dos anos 1980, o cinema brasileiro viveu um período peculiar e controverso marcado pelas chamadas pornochanchadas. Esse gênero, que misturava elementos de comédia, erotismo e crítica social, ganhou grande popularidade e se tornou uma das principais formas de entretenimento cinematográfico no país. As pornochanchadas não apenas atraíram milhões de espectadores aos cinemas, mas também desempenharam um papel crucial na sustentação da indústria cinematográfica brasileira em uma época de censura e dificuldades econômicas.

O contexto histórico

O surgimento das pornochanchadas deve ser entendido dentro do contexto político e cultural do Brasil da época. Na década de 1960, o país vivia sob uma ditadura militar que impôs severas restrições à liberdade de expressão. A censura oficial afetava profundamente a produção cultural, especialmente no cinema, onde temas políticos e sociais eram frequentemente barrados ou modificados. Para driblar essas restrições e atender à demanda por entretenimento, cineastas começaram a explorar temas menos políticos e mais ligados ao cotidiano e ao humor popular.

A fórmula do sucesso

As pornochanchadas combinavam situações cômicas com cenas de nudez e insinuações sexuais, muitas vezes abordando tabus e temas que escapavam à censura política por seu caráter aparentemente leve e despretensioso. Essa fórmula de sucesso encontrou um público ávido por diversão e escapismo, resultando em filmes que se tornaram grandes sucessos de bilheteria. Títulos como “A Dama do Lotação” (1978) e “Bonitinha, Mas Ordinária” (1981) não só atraíram milhões de espectadores, mas também se tornaram ícones culturais da época.

Anúncios

Os grandes nomes das pornochanchadas

Diversos atores e atrizes ganharam notoriedade e se tornaram estrelas nacionais graças às pornochanchadas. Nomes como Sônia Braga, Vera Fischer, e David Cardoso são indissociáveis desse período. Muitos desses artistas utilizavam as pornochanchadas como um trampolim para alcançar outros gêneros e formatos na televisão e no teatro, consolidando suas carreiras e expandindo seu reconhecimento junto ao público. As produtoras, como a Boca do Lixo em São Paulo, tornaram-se verdadeiros centros de criação e inovação no cinema popular brasileiro.

Críticas e controvérsias

Apesar de seu sucesso popular, as pornochanchadas enfrentaram críticas severas de diversos setores da sociedade. Intelectuais e críticos de cinema frequentemente desdenhavam o gênero, classificando-o como vulgar e desprovido de valor artístico. Além disso, o conteúdo erótico e a abordagem humorística de questões sociais levaram a acusações de que esses filmes perpetuavam estereótipos e uma visão simplista da realidade brasileira. No entanto, para muitos, as pornochanchadas ofereciam uma forma única de expressão e uma válvula de escape em um período de repressão e dificuldades econômicas.

O declínio do gênero

Com a abertura política no final dos anos 1970 e a gradual redemocratização do Brasil, a censura começou a afrouxar, e os cineastas tiveram mais liberdade para explorar uma variedade maior de temas. Além disso, a chegada do vídeo cassete e o aumento da concorrência com a televisão reduziram significativamente a audiência dos cinemas. Esses fatores, combinados com mudanças nos gostos do público e no panorama cultural do país, levaram ao declínio das pornochanchadas na década de 1980. Muitos dos artistas e diretores que se destacaram nesse gênero migraram para outras áreas, contribuindo para a diversificação da produção audiovisual brasileira.

Leia ou ouça também:  Adam & Eve: a semente da lenda Phil Harvey

O legado das pornochanchadas

Apesar de seu declínio, o impacto das pornochanchadas no cinema brasileiro é inegável. Esses filmes ajudaram a manter a indústria cinematográfica viva durante um período difícil, proporcionando emprego e oportunidades para uma geração de artistas e técnicos. Além disso, as pornochanchadas deixaram um legado cultural que continua a ser lembrado e estudado. Elas abriram caminho para discussões mais abertas sobre sexualidade e costumes no Brasil, e sua influência pode ser vista em produções posteriores que continuam a explorar temas populares com humor e ousadia.

A importância histórica das pornochanchadas

As pornochanchadas, com todas as suas contradições e controvérsias, desempenharam um papel crucial na história do cinema nacional. Elas não só sustentaram a indústria em um período de adversidade, mas também refletiram e influenciaram a cultura popular brasileira. Embora muitas vezes subestimadas, as pornochanchadas são um testemunho da resiliência e criatividade dos cineastas brasileiros, que souberam encontrar maneiras de sobreviver e prosperar mesmo nas condições mais desafiadoras. Hoje, a análise desse período permite uma compreensão mais rica e complexa da história do cinema e da sociedade brasileira.

Anúncios

Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Facebook Comments

Espaço Publicitário:
Anúncios
Voltar ao Topo
Skip to content
Verified by MonsterInsights