Coisas legais que você precisa saber do Natal

À medida que o ano chega ao final, milhões de pessoas ao redor do mundo esperam ansiosamente por decorações brilhantes, luzes coloridas, comidas deliciosas, músicas alegres e presentes de natal emocionantes. Sim… porque o Natal está chegando! Mas o quanto você sabe sobre esse feriado super divertido? É hora de descobrir em nossos dez fatos sobre o Natal…

Fatos sobre o Natal 1) O Natal é uma festa cristã que celebra o nascimento de Jesus Cristo, que os cristãos acreditam ser o filho de Deus. Para a maioria das pessoas, acontece todos os anos em 25 de dezembro – o dia que a Igreja Católica Romana escolheu para marcar o aniversário de Jesus. Mas, na verdade, ninguém sabe a data exata em que Jesus nasceu!

2) Você sabia que nem todos os cristãos celebram o Natal no mesmo dia? Em países com grandes populações de cristãos ortodoxos*, como Rússia, Ucrânia e Romênia, o dia de Natal cai em 7 de janeiro. Alguns cristãos ortodoxos gregos também celebram o Natal no dia 7 de janeiro.

3) O nome “Christmas” (Natal, em português) vem da antiga frase em inglês Cristes maesse, que significa “missa de Cristo”. Mas e ‘Xmas’? Muitas pessoas pensam que esta é apenas uma abreviação moderna – mas na verdade remonta ao século 16! Diz-se que o ‘X’ representa a letra grega ‘Chi’ – a primeira letra da palavra grega para Cristo, Χριστός (pronuncia-se ‘Christos’).

4) Chegado o Natal, pessoas de todo o mundo desfrutam de todo tipo de diversão! Muitas das tradições festivas que temos hoje no Reino Unido surgiram na era vitoriana – como cartões de Natal, presentes e biscoitos, bem como comidas tradicionais como tortas e peru assado! A rainha Victoria e seu marido, o príncipe Albert, eram grandes fãs do Natal, na verdade!

5) As árvores de Natal também se tornaram populares na Grã-Bretanha vitoriana. Mas estas foram vistas pela primeira vez na Alemanha no século XVI, onde, na época do Natal, as pessoas decoravam pinheiros com frutas e nozes – e depois doces, formas de papel e velas. Incrivelmente, os historiadores pensam que as origens desta tradição festiva podem remontar aos romanos e antigos egípcios, que usavam plantas perenes e guirlandas como símbolos da vida eterna. Uau!

6) Olhe só – todos os anos, a Noruega envia uma bela árvore de Natal caseira para Londres, onde ela é decorada com luzes na Trafalgar Square. Com 20 metros de altura, a árvore fantástica é um presente para agradecer a ajuda que o Reino Unido deu à Noruega durante a Segunda Guerra Mundial. Que presente tremendo!

7) Não podemos falar de Natal sem mencionar o grande homem barbudo e alegre de bochechas rosadas… Papai Noel! Mas você já se perguntou como ele conseguiu o nome de Papai Noel (Santa Claus)? É de Sinterklaas, que significa São Nicolau em holandês, a língua da Holanda. São Nicolau foi um bispo cristão que viveu no século IV – conhecido por ser gentil e generoso, mais tarde se tornou o santo padroeiro das crianças.

8) Mas o Papai Noel não é o único personagem do Natal – existem muitos outros ao redor do mundo! Na Itália, por exemplo, diz-se que uma bruxa gentil chamada La Befana voa em uma vassoura entregando brinquedos para crianças! E na Islândia, as crianças deixam sapatos debaixo da janela para 13 trolls travessos chamados Yule Lads. Se a criança foi boa, ela encontrará doces no sapato – mas se for ruim, os Yule Lads deixarão uma batata podre para ela!

9) Todos nós adoramos cantar Jingle Bells, mas você já reparou que a música não tem a palavra Natal? Ou Jesus ou Papai Noel? Isso porque não era originalmente uma música de Natal! Na verdade, o hino alegre foi escrito em 1850, intitulado One Horse Open Sleigh, para o feriado americano, Ação de Graças!

10) Agora, imagine se não houvesse Natal. Não parece muito estranho? Triste, talvez? Bem, acredite ou não, em 1644 as celebrações de Natal foram tornadas ilegais na Inglaterra, e logo depois, nas colônias inglesas na América também! Naquela época, os membros do governo sentiram que o significado religioso do Natal havia sido esquecido e, portanto, proibiu as festividades do feriado. Algumas pessoas ainda comemoravam em segredo, no entanto, até que o Natal voltou a ser legalizado… quase 20 anos depois!

Compartilhar:
Tags:
Voltar ao Topo
Skip to content