Sua Página
Fullscreen

Grandi continua como comissário da ACNUR

Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

O Alto Comissário da ONU para Refugiados, Filippo Grandi, congratulou a renovação de seu mandato pela Assembleia Geral da ONU, afirmando que estava honrado com a decisão.

Na segunda-feira (26/09), a Assembleia Geral da ONU renovou o mandato por mais dois anos e meio. Grandi disse que estava honrado em ter a confiança de todos os Estados membros da ONU e do Secretário-Geral.

“Estou honrado com esta decisão. Agradeço sinceramente aos Estados membros e ao nosso Secretário-Geral por sua confiança e apoio”, disse Grandi.

Ele se comprometeu em continuar trabalhando incansavelmente para as pessoas forçadas a se deslocar, e expressou gratidão a seus colegas da Agência da ONU para Refugiados (ACNUR).

“Estamos enfrentando enormes desafios, mas não consigo pensar em uma organização melhor para fazer parte”, disse Grandi. “Estou ansioso para continuar trabalhando com todos os parceiros para encontrarmos soluções para as pessoas refugiadas, deslocadas e apátridas do mundo e para as comunidades que as acolhem”.

Grandi, de nacionalidade italiana, é o 11º Alto Comissariado da ONU para Refugiados. Ele foi eleito pela primeira vez pela Assembleia Geral da ONU e tomou posse em 1º de janeiro de 2016, após 30 anos de carreira trabalhando em temas humanitários e relacionados às pessoas refugiadas para a ONU e organizações não-governamentais. Grandi completará seu mandato em 31 de dezembro de 2025.

Sobre a ACNUR:

Estabelecida em 1950, a Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) está no mandato das Nações Unidas para liderar e coordenar a ação internacional para a proteção mundial a pessoas refugiadas e a resolução de sua situação. O ACNUR recebeu o Prêmio Nobel da Paz em duas ocasiões por seu trabalho humanitário – em 1954 e em 1981. Atualmente, o ACNUR auxilia cerca de 67 milhões de pessoas no mundo e possui mais de 460 escritórios espalhados por 130 países. Sua estrutura funciona com um orçamento anual de mais de US$ 7,5 bilhões, que vem de doações feitas por países, indivíduos ou instituições privadas.

Leia ou ouça também:  Empreender e relacionar-se por Renatta Alarcon

*Com participação da redação.

Última atualização da matéria foi há 8 meses


Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Facebook Comments

Espaço Publicitário:
* * * * * * * * * *
Voltar ao Topo
Skip to content
Verified by MonsterInsights