Anúncios
Sua Página
Fullscreen

Sustentabilidade floresce na Minha Quitandinha

Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Com o intuito de tornar mais sustentáveis e rentáveis os negócios dos empreendedores que decidem investir na Minha Quitandinha, a rede de minimercados autônomos acaba de lançar a UniMQ. A universidade de treinamento para franqueados reúne em uma plataforma própria conteúdos de Vendas, Varejo e Experiência do Consumidor. Ao alinhar metodologia e prática, a iniciativa funciona como um suporte desde antes da abertura da loja até a gestão do dia a dia. Ao todo, a UniMQ contempla cinco módulos nos formatos de vídeos, textos e e-books, sendo eles: integração e boas-vindas, capacitação em vendas, implantação do minimercado autônomo, gestão e operações da loja, além de administração financeira. “As aulas, que sempre são atualizadas, foram preparadas por especialistas de cada setor, que foram contratados somente para essa ação. Acreditamos que a iniciativa auxilia o franqueado a se preparar melhor para o gerenciamento do comércio, já que incluímos temáticas como finanças e prospecção de lojas”, diz Guilherme Mauri, CEO da Minha Quitandinha. Os cursos são obrigatórios para todos os franqueados antes da abertura da primeira loja e, ao final do treinamento, os empreendedores ganham um certificado de conclusão. Além da plataforma, a Minha Quitandinha tem um canal exclusivo para os franqueados nas redes sociais para facilitar a comunicação com a marca.

Como a Minha Quitandinha se encontra atualmente em seu mercado de atuação?

Atualmente, estamos com 115 franqueados e 125 lojas em aberto em todo o território nacional. Até dezembro, pretendemos alcançar um faturamento de R$10,5 milhões e 155 lojas em funcionamento.

Anúncios

Quais são as características que podem ser descritas como únicas no setor dos minimercados autônomos?

Os minimercados autônomos vem conquistando os consumidores por conta da praticidade e segurança. Afinal, é possível adquirir um item essencial para o dia a dia a qualquer hora no próprio estabelecimento em que o cliente se encontra – seja em complexos residenciais ou comerciais. A proposta desse tipo de negócio é utilizar o conceito de honest market para disponibilizar uma loja com itens que vão desde congelados a produtos de limpeza e higiene pessoal ao longo de 24 horas por dia, sete dias por semana e sem a necessidade de um funcionário para a realização da compra. Para o consumidor, o processo é completamente intuitivo. Basta baixar o aplicativo da Minha Quitandinha, escanear o código de barras dos produtos que deseja adquirir e pagar diretamente pelo app, via cartão de crédito ou débito cadastrado.

Como a tecnologia tem ajudado o varejo em sua visão?

Hoje percebemos no mercado um consumidor que espera ter uma jornada de compra ágil, prática e personalizada. Por sua vez, a tecnologia é uma grande aliada do empreendedor no momento de implantar essas características em seu empreendimento, seja facilitando a compra e auxiliando em toda experiência de compra, ou na análise de dados e disponibilizando os produtos corretos em cada ponto de venda. O varejo ainda tem muito a crescer nesse sentido.

Empreender durante a pandemia foi um desafio?

Anúncios

Empreender é sempre um desafio porque precisamos lidar com riscos diariamente, e nesse período, outras dificuldades foram lançadas, como gerenciamento dos funcionários e controle de inflação e falta de produtos. No entanto, pudemos nos aproveitar da pandemia, porque o nosso modelo de negócio cresceu muito durante esse período. Em nosso entendimento, esse movimento do varejo iria ocorrer em algum momento, mas a pandemia acelerou esse processo.

Quais as maiores lições tiradas desse período?

Acho que a principal lição é sempre manter os pés no chão, ter uma estrutura enxuta sempre, não deixando de investir, claro e não fazendo a chamada “economia burra”, que seria economizar em itens que vão te custar mais no médio e longo prazo. Mas sim estar preparado para momentos como esse, crises econômicas ou políticas, enfim. Estamos no Brasil, então é bom estar sempre preparado e com uma estrutura que faça sentido, sem excessos e com caixa para passar pelo período de baixas.

Um minimercado inteligente é indicado para qual tipo de condomínio?

Para que o modelo de negócio seja efetivo também para o franqueado, o ideal é ter um mínimo fluxo de pessoas. Indicamos o serviço para condomínios acima de 100 apartamentos, ou áreas com um fluxo médio diário de 500 pessoas. Mas estamos elaborando uma loja mais enxuta para condomínios menores. Estamos olhando para esse mercado e devemos atacá-lo em breve. Mesmo assim, estaremos falando de condomínios com ao menos 60 ou 70 apartamentos. Fora isso, temos lojas também em empresas, condomínios logísticos, academias e hotéis.

Você já disse em uma certa ocasião, que a inteligência emocional e o gerenciamento de tempo são fundamentais para esse negócio. Fale mais sobre isso.

Anúncios

Acredito que inteligência emocional e gerenciamento de tempo é importante para todos, em qualquer negócio. Para empreendedores, sejam eles nós da matriz ou mesmo nossos franqueados, são fatores chave para o sucesso do negócio. Um negócio não começa a dar fluxo de caixa positivo logo depois de abrir. Tem um período de maturação, onde o empreendedor vai passar por dificuldades financeiras quase diariamente e a inteligência emocional e resiliência são importantes aqui. Na hora de tomar decisões importantes do dia a dia, essa inteligência também entra em cena e pode mudar o jogo a depender do quanto você a usa ou não. Além disso, sabemos que a vida e principalmente talvez, a vida de quem empreende, é uma montanha-russa, e se manter sempre estável e pronto para tomar sempre a melhor decisão é um fator chave para o sucesso.

Leia ou ouça também:  IAB Brasil defende publicidade digital

No caso do gerenciamento de tempo, a vida do empreendedor, de uma empresa que está em ampla expansão e pronta para escalar, pode se tornar bastante atribulada sem você perceber. E se você não tem controle sobre seu tempo, não consegue realizar as tarefas importantes que tem para fazer, além de certamente desalinhar sua vida profissional e a pessoal. Além disso, o empreendedor tem que ter tempo para parar, e pensar. Quem está sempre correndo não enxerga as coisas. Você tem que parar e andar, e olhar em volta para então entender para onde é o melhor caminho.

Em que momento do seu negócio esses dois pontos foram vitais?

Acho que em cada pequena crise financeira que toda startup passa, e nós não fomos diferentes, a inteligência emocional é importante. Em algumas ocasiões nos vimos “sem saída”, principalmente no início, mas tendo tempo para parar e pensar, conseguimos agir da maneira correta e resolver a situação. No caso do gerenciamento do tempo, eu linko um pouco com a resposta acima, onde falamos sobre manter um time enxuto. Se não tivéssemos um bom gerenciamento de tempo entre nós, individualmente, talvez não teríamos chegado aqui da mesma maneira.

Quando surgiu a ideia das franquias?

Após validarmos o modelo de negócios com as nossas lojas próprias, tínhamos que decidir como crescer e se queríamos ser uma empresa regional ou nacional. E como entendemos que não teríamos tempo para crescer com estrutura própria, mas tínhamos muita experiência com franchising, escolhemos franquear a marca. Além disso, essa estrutura permite crescer com menos caixa próprio, além de que entendemos que uma loja tocada pelo próprio dono, no caso o franqueado, tem muito mais chance de sucesso. E para finalizar, é um prazer enorme dar a oportunidade para pessoas que querem empreender, já entrarem em um modelo mais moldado. Nosso maior prazer aqui dentro é ver cada franqueado crescer como empreendedor dia após dia. E recentemente, entramos para a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o que acaba reforçando a autoridade da marca. Além disso, por conta dessa estrutura, o modelo de franquia está assegurado por leis específicas, que não existem no licenciamento. Dessa maneira, tanto nós quanto os empreendedores temos maior garantia de segurança nas operações.

O que é necessário para obter uma franquia da Minha Quitandinha?

O investimento inicial é a partir de R$ 42 mil. Neste valor, está incluso a taxa de franquia e instalação da primeira loja. Além disso, procuramos pessoas que querem empreender e que estão preparadas para mergulhar de cabeça no negócio.

A UniMQ tem operado da forma como vocês sempre ambicionavam?

Anúncios

Sim. Como abrimos a UniMQ há poucos meses (já tínhamos uma boa estrutura de cursos anteriormente, mas sem certificado e sem a mesma estrutura atual), nem todos franqueados finalizaram todos os cursos até o momento (eles têm um prazo para finalizar e novos franqueados só abrem loja após a conclusão dos cursos). E hoje analisando os resultados por loja, conseguimos ver claramente um link entre o resultado da loja e franqueados que finalizaram o curso.

Última atualização da matéria foi há 2 anos


Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Facebook Comments

Espaço Publicitário:
Voltar ao Topo
Skip to content
Verified by MonsterInsights