Healthtech Salux investe R$12 milhões em startup

A Salux Technology, healthtech especializada em gestão hospitalar, com cerca de 25 anos de mercado acaba de realizar mais uma aquisição. Os investimentos da ordem de 12 milhões de reais, na compra de 50% da healthtech Skymed, que desenvolveu uma solução de gestão clínica específica para anestesiologistas, fazem parte da sua estratégia de expansão e de transformar o setor de saúde através do uso da tecnologia. Esta é a segunda aquisição realizada pela empresa em menos de seis meses. Em dezembro passado, a Salux iniciou os movimentos de M&A, com a aquisição da Med.place, proprietária de uma solução inovadora de telerradiologia. A Skymed nasceu em 2019 visando desenvolver e entregar soluções digitais na área da saúde com usabilidade simples e intuitiva. A empresa está instalada no hub de inovação de Porto Alegre, o Instituto Caldeira. Segundo Jean Concílio, CEO da Skymed, os investimentos da Salux Technology são um grande marco na história da empresa e será crucial para acelerar o crescimento de forma estruturada, permitindo a consolidação da empresa no mercado. Além de fomentar inovações para tornar a solução que passa a ser chamada SX Anestesio ainda mais eficiente e completa. Murilo Fernandes, CEO da Salux, explica que desde 2021, após receber os investimentos do Grupo SBPar, que atua em diversas verticais, a Salux tem buscado olhar para outros mercados.

Murilo, o que é a Salux?

A Salux Technology é uma healthtech 100% brasileira, especializada em gestão hospitalar, que atua no mercado desde 1997. A nossa missão é democratizar a excelência em saúde e responder ao desafio de fazer mais com menos, apoiando os hospitais a aprimorarem a sua gestão administrativa e clínica. Desde 2021, a empresa faz parte do Grupo SBPar, que atua em diversas verticais de mercado.

Como ela está inserida em seu mercado de atuação?

A Salux tem mais de 250 clientes em todo o país, entre eles hospitais de diferentes portes. Devido ao grau de customização e flexibilidade das soluções da Salux, elas são aderentes a praticamente 90% dos hospitais. Porém, clínicas e hospitais especializados, com especificidades, rotinas e formulários próprios também estão no radar.

De forma geral, o nosso objetivo é cada vez mais entregar soluções completas, ou seja, tudo o que uma instituição precisa: softwares, hardware, infraestrutura, profissionais especializados e inúmeros serviços gerenciados. Afinal, nosso propósito é oferecer tecnologia e os meios para que os hospitais possam atingir melhores níveis de excelência e salvar vidas.

Quais os pilares da healthtech?

Nosso negócio é pautar-se em três pilares: sustentabilidade, tanto para garantir o legado já consolidado, pois, estamos falando de soluções estáveis, maduras, consolidadas e aprovadas pelo mercado, como a visão a longo prazo; segurança do paciente, dos seus dados, confiabilidade, entre outros aspectos que ajudem a garantir esse aspecto tão importante na saúde; e inovação, afinal é preciso estar aderente às novas tecnologias, aos novos hábitos da população e ao novo mercado, olhando para além das fronteiras da saúde. Especialmente porque o mercado de saúde absorve experiências de outros segmentos.

O que uma empresa que atua neste setor deve ambicionar ser?

A maior ambição é ser reconhecida como uma empresa que é capaz oferecer soluções que permitam aos seus clientes entregarem a excelência no cuidado aos pacientes com o auxílio da tecnologia. Qualidade, segurança, inovação, conforto/comodidade e vanguarda são palavras-chave para este reconhecimento.

Quais as principais soluções entregues pela Salux atualmente?

A Salux Technology tem um portfólio bastante completo, com soluções para área hospitalar, saúde pública, paperless e serviços, e tem buscado cada vez mais avançar no seu portfólio no conceito de hospital digital. Entre os destaques estão o SX Sigma, que é uma solução de gestão e de prontuário eletrônico. A empresa acaba de lançar 12 soluções – triplicando seu portfólio de tamanho. Entre elas está um novo prontuário eletrônico, 100% on-line e multiplataforma. O SX Horizon, por ter sido desenvolvido por especialistas da área assistencial, reúne os principais recursos da área clínica e assistencial interdisciplinar e atende as dores de quem realmente faz o uso da solução no dia a dia. Outra novidade importante é o visualizador de prontuários SX Confluence. Trata-se de uma solução que reúne e unifica todas as informações-chave de atendimentos, exames, documentos, prescrições, procedimentos entre outras informações que integram o prontuário eletrônico de um paciente, desenvolvida com os mais altos padrões de segurança e seguindo as legislações pertinentes vigentes.

Ao contrário da maior parte das soluções que existem no mercado, que armazenam os registros clínicos individualmente, onde o acesso é restrito a cada unidade, a solução SX Confluence pode ser conectada a qualquer instituição ou rede de saúde, promovendo a interoperabilidade, por toda a jornada do paciente. Além disso, cada paciente passa a ter acesso aos seus dados e informações clínicas a partir de um só local, de modo seguro e intuitivo.

Já unindo os conceitos de mobilidade e também centralidade no paciente, o SX Infinity possibilita a visualização de consultas e procedimentos agendados, preparos, recomendações, recursos para casos de urgência, a realização de check-in on-line à distância, com geolocalização e auto-triagem. A solução traz vantagens tanto para o paciente como para o hospital. Para o paciente, reflete em economia de tempo e a possibilidade de acesso às informações-chave e recursos de orientação de maneira mais fácil. Para a instituição de saúde, recursos como o SX Infinity significam redução de custo e tempo, com uma melhor organização de fluxos de recepção e acolhimento, diminuição das taxas de absenteísmo, além do diferencial competitivo proporcionado pela experiência tecnológica oferecida ao paciente, agregando valor.

Também merece destaque o SX Concierge, solução desenvolvida para qualificar a experiência de pacientes internados, através de recursos que permitem ao paciente solicitar de maneira centralizada, organizada e integrada todos os serviços e atendimentos disponibilizados pela instituição a partir de seu smartphone, durante toda sua internação, além de obter informações gerais sobre a instituição. Para a instituição de saúde, as solicitações direcionadas por cada paciente internado, proporcionam uma organização do fluxo, priorização de solicitações e redução no tempo de atendimento de cada chamada. Em síntese, a informação é direcionada para a área competente, no tempo certo.

No entanto, a empresa também apresenta as soluções que já fazem parte do seu portfólio e outras novidades como o SX Anesthesia (solução de gestão clínica específica para anestesiologistas); SX Signature e Signature Mobile (Soluções de Emissão e Gestão de Certificados Digitais); SX Pathway (Solução de Business Process Management para a criação, execução e gestão de fluxos de trabalho e controle personalizados); SX Content (Solução de ECM – Enterprise Content Managament / GED – Gerenciamento Eletrônico de Documentos); uma solução de Regulação de consultas, exames e internações de toda uma rede de saúde; Serviços de Teleradiologia e o SX Symphony (Solução PACS para gestão de qualquer tipo de imagem de forma robusta, segura, padronizada e eficiente).

Qual o papel da inovação para a Salux?

A inovação é a peça chave para entregar valor às novas demandas de mercado. Para empresas já consolidadas, com a expertise da governança e de processos, muito se discute de reengenharia ou aumento de aderência de soluções, mas estes processos acabam tendo um viés de redesenho de uma estrutura já consolidada. A inovação diferencia-se pela capacidade de permitir-se ser disruptiva, antecipar tendências, focar na experiência do usuário, sempre em alinhamento à nova velocidade de mudança.

Essa inovação deve ser contínua?

A inovação precisa estar no DNA da empresa, sendo assim, perene. É importante que ela não se restrinja aos times de produtos ou desenvolvimento. A inovação deve permear todas as áreas, para que realmente possa potencializar as mudanças, rompendo as barreiras do status quo. A empresa que verdadeiramente inova leva isso para muito além de suas soluções. Agrega o conceito de inovação em seu o dia a dia, em seus processos, nos relacionamentos institucionais e em suas entregas de valor à comunidade.

Fale um pouco sobre as últimas aquisições realizadas pela empresa.

A Med.place foi a primeira aquisição de uma série de movimentos de M&A previstos pela Salux nessa nova fase. Investimentos da ordem de 10 milhões de reais estão previstos para os próximos anos, tanto para aumentar a capilaridade, como para fomentar inovações para tornar a solução de telerradiologia ofertada pela empresa ainda mais eficiente e completa. Já em abril deste ano, a Salux anunciou investimentos da ordem de 12 milhões de reais na healthtech Skymed, que desenvolveu uma solução de gestão clínica específica para anestesiologistas.

O que essas aquisições trarão em um médio prazo?

Desde 2021, após receber os investimentos do Grupo SBPar, que atua em diversas verticais, a Salux tem buscado olhar para outros mercados. Para suportar essa estratégia, o portfólio vem sendo ampliado, tanto por meio do desenvolvimento de novas soluções, que ajudam a responder desafios importantes do setor, como por parcerias O&M e de aquisições de participações em empresas com soluções complementares, como é o caso da Skymed, capazes de agregar ainda mais valor a sua oferta. Além disso, nem sempre os desafios estão na parte de infraestrutura de tecnologia ou para aprimorar a gestão administrativa ou, às práticas clínicas, às vezes as questões são relacionadas à escassez de capital humano, por exemplo. E, como faz parte dos planos da empresa atuar como um provedor completo e único capaz de entregar tudo o que as intuições de saúde precisam: hardware, infraestrutura, profissionais especializados e inúmeros serviços gerenciados, caso da oferta da Med.place, a aquisição justifica essa estratégia.

As aspirações da Salux em 2022 passam por quais caminhos?

A Salux quer consolidar-se cada vez mais como uma referência em healthtech no Brasil e, da mesma forma, credenciar-se como um potencial player para a América Latina.

Compartilhar:
Tags:
Voltar ao Topo
Skip to content