Sua Página
Fullscreen

Márcia Sena fala sobre o cotidiano dos 50+

Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Márcia Sena é farmacêutica e bioquímica com MBA na Marquette University (EUA). É fundadora da Senior Concierge, empresa que cria condições para a terceira idade viver em suas próprias casas com conforto, autonomia e segurança. Ex-executiva de multinacionais, tem quatro filhos e pais que começaram a ter dificuldades pertinentes ao processo de envelhecimento. A seguir ela analisa com exclusividade para o portal Panorama Mercantil, os assuntos relacionados a velhice no século XXI: “Várias famosas já tiveram que lidar com isso. Recentemente a Xuxa mandou um recado aos seus haters dizendo que “sim está envelhecendo e não, não vai fazer plástica só porque eles estão pedindo e dizendo que ela está velha, flácida, com pés de galinha. Que é dona do seu corpo e seus cabelos (disse que está carequinha e não tem mais chuca) e que vai fazer plástica quando ela quiser”. Outra famosa que enfrentou etarismo e outros preconceitos recentemente foi a Cláudia Raia ao anunciar que estava grávida aos 56 anos. “Nossa que velha pra ter filho! Daqui a pouco vão pensar que ela é avó do menino”. Outra que sempre enfrenta discriminação é a Ana Maria Braga: quando arruma um novo namorado ou marido mais jovem, o povo fala: “Nossa, não tem vergonha? Já é avó! Nessa idade ainda querendo casar? Que horror, será que transam?” Como se as pessoas mais maduras não pudessem mais ter relações sexuais!”

Márcia, como o etarismo pode afetar a qualidade de vida das pessoas?

Acredito que o etarismo mexe diretamente com a autoestima das pessoas 50+. Dá uma sensação de menor valia, de que você está “por fora” dos assuntos do momento, que você não é capaz de fazer as coisas do mundo de hoje (o que não é absolutamente verdade).

Você poderia compartilhar exemplos de famosas que já sofreram com o julgamento por causa da idade?

Várias famosas já tiveram que lidar com isso. Recentemente a Xuxa mandou um recado aos seus haters dizendo que “sim está envelhecendo e não, não vai fazer plástica só porque eles estão pedindo e dizendo que ela está velha, flácida, com pés de galinha. Que é dona do seu corpo e seus cabelos (disse que está carequinha e não tem mais chuca) e que vai fazer plástica quando ela quiser”. Outra famosa que enfrentou etarismo e outros preconceitos recentemente foi a Cláudia Raia ao anunciar que estava grávida aos 56 anos. “Nossa que velha pra ter filho! Daqui a pouco vão pensar que ela é avó do menino”. Outra que sempre enfrenta discriminação é a Ana Maria Braga: quando arruma um novo namorado ou marido mais jovem, o povo fala: “Nossa, não tem vergonha? Já é avó! Nessa idade ainda querendo casar? Que horror, será que transam?” Como se as pessoas mais maduras não pudessem mais ter relações sexuais!

Como a Geração Sanduíche pode enfrentar o esgotamento físico e mental que essa tarefa atribuída às mulheres pode causar?

Quando esses Geração Sanduíche chegam na nossa empresa buscando auxilio para seus pais, em geral, já estão esgotados, estressados, nervosos porque já tentaram dar conta de tudo (e tudo mesmo: filhos, cachorros, a dinâmica da casa, esposos, trabalho e ainda por cima, dar mais suporte aos pais envelhecendo) e viram que não estavam dando conta.

· O primeiro passo é se dar conta que é ok não dar conta de tudo!

· O 2º, é avaliar se você não está querendo dar conta de tudo sozinha com relação a seus pais. Se tiver irmãos (ou até tios e primos disponíveis que queiram ajudar) envolva-os. Tenha conversas francas sobre a demanda de trabalho (afinal você tem que fazer a gestão de compra dos medicamentos, dos alimentos e produtos para a casa, das consultas e exames médicos, da fisioterapia, etc…). Divida essas tarefas com os outros.

· Busque serviços que facilitem a sua vida: existem empresas que podem acompanhar seus pais ao médico e aos exames e depois te passar um relatório sobre esses procedimentos. Busque facilitar o seu dia a dia, por exemplo, passe a fazer compras de farmácia, mercado e hortifruti online; busque ajuda com os seus filhos (uma babá que possa ficar algumas horas com eles para você realizar algumas tarefas importantes).

· E quase mais importante do que tudo isso, ache tempo para você. Cuide de você, do corpo, da mente e da alma. Não esqueça seus check-ups, tenha lazer e atividade física. Tenha momentos românticos com seu(sua) parceiro(a). Se você não estiver muito bem como vai cuidar dos outros?

A Senior Concierge promove a diversidade e a inclusão de gênero em sua empresa?

A empresa tem 100% de lideranças femininas e mulher trans no quadro de funcionários. Acredito que a única forma de diminuir desequilíbrios e efetivamente melhorar a vida das pessoas é tomando atitudes práticas. Na Senior Concierge, 100% das colaboradoras internas são mulheres, incluindo 3 pessoas em posição de liderança. No caso de profissionais externos, são 85% mulheres. E a inserção de mais pessoas do gênero feminino no mercado de trabalho e em quadros de liderança gera uma cascata de benefícios. Com ambientes mais proporcionais entre homens e mulheres diminui-se a diferença de tratamento de gênero, estimulando a perpetuação de culturas menos sexistas. Ter um time com mulheres gera bastante engajamento, comprometimento e principalmente segurança e acolhimento.

Sofremos tanto em alguns outros segmentos como a rua, que poder olhar para o lado e perceber que podemos contar com alguém semelhante é bastante forte e gera até uma afetividade maior. No fundo, temos colaboradores mais felizes, trabalhando melhor, com mais qualidade de vida e que se sentem contentes em participar deste ciclo virtuoso. A Senior Concierge possui no time tanto profissionais negras quanto uma mulher trans em posição de liderança (supervisão), fator que gera orgulho para mim. Enxergo que oferecer estas oportunidades é muito importante para educar não somente o mundo corporativo, mas também a comunidade sobre feridas muito abertas. Oferecemos também oportunidades para grávidas e mãe com bebês, como no caso de uma de nossas colaboradoras que estava grávida, era cuidadora e achava que seria “desligada” da empresa por isso. Trabalhar como cuidadora nos últimos meses de gestação é muito puxado e por essa colaboradora ser uma excelente profissional demos uma oportunidade dela trabalhar internamente e a promovemos então. Ela teve a bebê e seu retorno ao trabalho foi muito mais fácil e feliz devido ao nosso modelo hibrido, através do qual ela podia amamentar a bebê quando em home office e até trazer a bebê para as reuniões presenciais!

Como a Senior Concierge ajuda mulheres em situação de violência doméstica a conquistarem independência financeira?

No ano passado a Senior Concierge firmou uma parceria com o Ministério Público e com três casas que apoiam as mulheres vítimas de violência doméstica (as CDCMS). Nós fizemos um piloto e formamos duas turmas de mulheres que sofreram a violência doméstica. Oferecemos para elas um curso de capacitação de 62 horas, com certificado e estágio, para essas mulheres se tornarem cuidadoras de idosos. Além disso, dávamos o valor do transporte e a alimentação, pois, muitas delas não tinham condições financeiras para se manterem no curso.

As aulas eram presenciais?

As aulas eram presenciais e online, sendo assim elas saíram capacitadas para o mercado de trabalho de home care. Neste ano de 2023 continuaremos com esse projeto, pois, os resultados obtidos do ano passado foram bons, pois, conseguimos contratar 50% dessas mulheres para o nosso quadro de colaboradores. Então, não foi um projeto somente para dar independência financeira, mas também o resgate da autoestima, fazendo elas se sentirem capazes e dando oportunidades para se inserirem no mercado de trabalho.

Qual é a importância do relacionamento amoroso entre idosos para o bem-estar emocional dessa fase da vida?

Um relacionamento amoroso nessa fase da vida é maravilhoso para quem pode tê-lo. Melhora a autoestima das duas pessoas, a sensação de pertencimento, a companhia (socialização) que é tão importante para um envelhecimento saudável, além da ajuda física mesmo, quando um fica doente o outro pode dar suporte. Isso afasta a solidão e a depressão.

Como a relação entre avós e netos pode ser favorecida ou dificultada pela diferença entre gerações?

Sobre as relações de avôs e netos, elas podem ser favorecidas através do respeito, de amor e carinho para que os idosos possam passar suas experiências de vida. Sendo uma forma de ensinamento para os seus familiares. A convivência com os netos para os idosos traz muitos benefícios para saúde física e cognitiva, pois, ajudam na autoestima, independência e até para eles se modernizarem. Mas esse relacionamento pode trazer malefícios, quando o neto adolescente entra na fase de rebeldia, em que não há respeito, ou quando eles nunca foram tão próximos, e piora quando esse relacionamento é forçado por partes exteriores. Então isso pode ser muito prejudicial para o idoso, pois, faz com que ele sofra.

Qual é a importância da amizade e da vida social ativa para os idosos?

A amizade na fase mais madura da vida é fundamental, pois, não é importante só para os momentos prezerosos, mas sim para a vida afetiva e principalmente para a saúde mental. Infelizmente a pandemia foi a prova viva, pois, o isolamento social incapacitou que esse idosos saísse de seus lares e interagissem com os amigos. Portanto, o número de idosos com depressão, síndrome do pânico é alto. E o que todos declaram que não ver os amigos foi o que acarretou essas doenças. Então, ter uma rede de amigos e manter na terceira idade é fundamental para a saúde.

Como familiares e cuidadores podem lidar com o Alzheimer de forma mais leve?

Para os familiares é preciso adquirir conhecimento sobre a doença. Através disso será possível distinguir que certas ações desse idoso não apenas apontando birra ou frescura. Infelizmente a doença provoca esses tipos de atitudes, tirando o controle mental dos idosos. Na internet tem muitos estudos que podem ajudar no processo. Já os cuidadores são treinados e capacitados para lidar com essas situações.

Última atualização da matéria foi há 1 ano


Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Facebook Comments

Espaço Publicitário:
* * * * * * * * * *
Voltar ao Topo
Skip to content
Verified by MonsterInsights