Sua Página
Fullscreen

Medicina particular acessível ganha força

Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

A Clínica da Cidade, rede referência em medicina acessível com 20 anos de atuação no mercado brasileiro, pioneira neste setor, está há quatro anos no segmento de franquias. Em São Paulo, a rede inaugurou outra unidade na semana passada, no bairro da Lapa. É a quarta da rede na capital paulista. “Nosso modelo de negócio faz diferença para a vida das pessoas que não conseguem fazer o acompanhamento pelo SUS e entendem que o convênio médico é financeiramente inviável. E o foco principal da nossa expansão é esse. Queremos democratizar o acesso à saúde e impactar positivamente milhões de pessoas, de todas as capitais e cidades brasileiras”, disse Rafael Teixeira, CEO e cofundador da Clínica da Cidade. Em São Paulo, a Clínica da Cidade possui unidades na Bela Vista, na Vila Matilde e na Vila Mascote, além da recém-inaugurada na Lapa. Em todo o Brasil são 67 unidades, sendo 8 próprias e 59 clínicas franqueadas – entre as em operação e as que estão para abrir nos próximos meses -, todas com infraestrutura para sediar de 5 a 8 consultórios para os atendimentos de mais de 20 especialidades médicas, salas de exames e ponto laboratorial. “Atendemos tanto aqueles que, com a perda de renda, deixaram de pagar o plano de saúde, quanto quem teve um incremento no orçamento e agora tem condições de pagar uma consulta particular no conceito de medicina acessível, sem precisar aguardar na fila do SUS”, finaliza Teixeira.

Rafael, por que a Clínica da Cidade é um negócio certo no lugar certo em sua visão?

A Clínica da Cidade – fundada, em 2003, por mim e pelos meus pais José Carlos Teixeira e Cláudia Teixeira, em Campinas – segue com proposta inovadora de levar “medicina acessível” à toda a população brasileira, o que, é aderente ao cenário brasileiro, em especial, pela crescente demanda gerada pela pandemia e devido à carência do setor da saúde. Somos uma rede de clínicas médicas para quem não tem plano de saúde ou para todos que buscam atendimento particular de qualidade, com preço justo.

Quais os grandes pilares da empresa?

Acolhimento; Comprometimento; Excelência; Seriedade; Sucesso; Idealismo; Valores; Expertise e Liderança.

Acredita que esses pilares demonstram a face de um negócio que trabalha literalmente com vidas?

Nosso propósito é democratizar o acesso à saúde em todo o Brasil. Por aqui, somos mais que um negócio, levamos a sério a responsabilidade de transformar a medicina em nosso país, por meio de uma assistência médica com qualidade e acessibilidade.

Qual a principal vantagem competitiva da Clínica da Cidade?

Investir na Clínica da Cidade é estar sempre à frente da concorrência. Uma franquia em constante evolução, em busca de soluções inovadoras, melhoria de processos, tecnologia e treinamento. Somos diferentes de tudo o que é oferecido na área da saúde. E claro, não posso esquecer de mencionar que temos a melhor identidade visual do mercado, além de uma infraestrutura completa que promove bem-estar e conforto surpreendendo médicos e pacientes, o que traz uma excepcional vantagem competitiva frente aos concorrentes. Um serviço essencial, sem crise, sem sazonalidade e em constante crescimento.

Como a ética molda a operação da organização?

Nosso legado está pautado na tradição. Tradição de ser uma empresa que impacta gerações e que têm valores inegociáveis. Nosso comprometimento e ética nos transformaram em referência no conceito de medicina fee for service e hoje, orgulhosamente, somos a maior rede de clínicas particulares acessíveis do Brasil e um excelente modelo de negócio para quem quer investir em saúde.

Outra palavra muito usada por você é o humanismo. Qual o papel do humanismo quando se tem um negócio na área da saúde?

Leia ou ouça também:  Vodca, vermute e não alcoólicos estão em alta

Na área da saúde é essencial um atendimento humanizado, que valoriza a qualidade do relacionamento com o paciente, profissionais de saúde e todas as pessoas envolvidas nos serviços prestados.

Como se encontra a expansão da Clínica da Cidade?

O objetivo é ultrapassar as 100 unidades até o final de 2022, com um faturamento de R$ 99 milhões, e 300 unidades em operação em até cinco anos. Para atingir a meta, a rede aposta nos modelos tradicionais de franquias de 160 a 310 metros quadrados, com investimento a partir de R$ 636mil a R$ 973 mil. Também acreditamos no potencial de crescimento de um modelo mais recente, o Start, de 140 metros quadrados com quatro consultórios, que exige aporte necessário de cerca de R$ 490 mil. O novo formato é indicado para cidades menores, com menos de 150 mil habitantes.

O movimento de franquias é ideal para essa expansão?

Sim, o movimento atual do mercado de franquias tem colaborado para com o bom desempenho da rede. Prova disso são os números da entidade do setor, a ABF, que revelou que o faturamento do franchising tem variação positiva de mais de 48% no 2º trimestre de 2021 em comparação com igual período de 2020, porém, ainda está 4,6% abaixo de 2019, e que todos os segmentos do setor apresentaram recuperação, com destaque para a saúde, que cresceu quase 12% sobre a base de 2019.

Como ser um franqueado da Clínica?

Os candidatos a franqueados passam por uma avaliação criteriosa do time de expansão, afinal, a rede acredita que é preciso “ter perfil” para ter um negócio próprio. Para ser um franqueado da Clínica da Cidade é preciso ser “bem capitalizado”, mas, em especial, ser ético e ter o amor ao próximo como parte do seu DNA, assim como nós.

Quantas franquias da empresa estão espalhadas em nosso país?

Atualmente, conta com 62 unidades, sendo 7 próprias e 55 clínicas franqueadas. A rede tem presença em 11 estados brasileiros: Rio de Janeiro (RJ), São Luiz (MA), Fortaleza (CE), Lauro Freitas-Salvador (BA), Maringá (PR), Teresina (PI), Manaus (AM) Belo Horizonte (MG) e Palmas (TO), Porto Alegre (RS), além de São Paulo, capital e interior.

Quais os próximos passos da Clínica da Cidade em um médio prazo?

O objetivo é estar em todas as regiões do Brasil, disponibilizando uma medicina acessível e de muita qualidade, a fim de democratizar o acesso à saúde no país, para quem não tem convênio ou para aquele que busca atendimento particular a preço acessível, sem burocracia e sem espera.

Última atualização da matéria foi há 2 anos


Compartilhe este conteúdo com seus amigos. Desde já obrigado!

Facebook Comments

Espaço Publicitário:
* * * * * * * * * *
Tags:
Voltar ao Topo
Skip to content
Verified by MonsterInsights